Vice-governador de Rondônia defende lavratura do TC por policiais militares

QG 2

O vice-governador de Rondônia, Daniel Pereira, o Comandante-geral da PMSC, Cel Paulo Henrique Hemm, o Secretário de Estado da Agricultura de Rondônia, o presidente da ACORS, Cel Sérgio Luís Sell, e o Cap Marcelo, assessor do vice-governador

O presidente da ACORS, Cel Sérgio Luís Sell, e o 1º Secretário da entidade, Cap Thiago Augusto Vieira, acompanharam nesta quarta-feira, 29 de junho, a visita do vice-governador de Rondônia, Daniel Pereira, ao Quartel do Comando-geral da PMSC. Na audiência com o Comandante-geral, Cel Paulo Henrique Hemm, o Subcomandante-geral, Cel João Henrique da Silva, e o Chefe do Estado-Maior-geral, João Ricardo Busi da Silva, o vice-governador fez questão de conhecer o processo para lavratura de um termo circunstanciado por policiais militares e as novas tecnologias utilizadas pela PM em Santa Catarina.

Graduado em Direito e com longa trajetória no sindicalismo, o vice-governador se disse convicto dos benefícios que a lavratura de um Termo Circunstanciado pelo próprio policial militar que atendeu a ocorrência traz para a sociedade, dando celeridade aos processos, evitando despesas e a duplicidade de trabalho. Na ocasião, o vice-governador também fez questão de reconhecer a relevância do diálogo com Oficiais catarinenses, em especial o presidente do Conselho Fiscal da ACORS e presidente da Feneme, Cel Marlon Jorge Teza, que prestou a Daniel Pereira os primeiros esclarecimentos acerca dos avanços que a lavratura do TC por policiais militares representa.

 

QG 29.06 5

QG 29.06 6

QG 29.06 016

QG 1

  • Publicado em 29.06.2016.

 

Notícias Recentes:

ACORS se reúne com a presidência do IPREV para tratar do SPSM
Diretoria Executiva da ACORS se reúne para deliberação de ações da associação
Comissão divulga cartilha para composição de chapas para as eleições da ACORS
Prestação de contas da ACORS é aprovada por unanimidade