Presidente da APRASC participa de reunião da diretoria da ACORS

A reunião da diretoria da ACORS desta quarta-feira (09) contou com a participação do Deputado Estadual Sargento PM Amauri Soares, presidente da APRASC. O encontro teve como objetivo discutir formas de atuação conjunta entre as duas entidades, buscando, entre outros, a melhoria das condições salariais de todos os militares estaduais catarinenses.
Os membros da ACORS falaram sobre a importância de os praças e os oficiais atuarem juntos como uma só força para alcançar os interesses e dar prosseguimento a encaminhamentos articulados juntos às autoridades. Eles lembraram que, até o dia 16 deste mês, o Vice-Governador Eduardo Pinho Moreira irá decidir a questão salarial da polícia civil para ser aprovada na Assembleia Geral daquela classe.  “Também temos uma proposta apresentada pelo comando da PM, mas precisamos de um discurso coeso para que a categoria da segurança pública militar não fique a mercê da vontade do governo”. Neste sentido, é importante frisar que está sendo agendada uma audiência com o Vice-Governador para tratar do assunto.
 

Após a reunião, o presidente da APRASC recebeu da diretoria a Revista Ordem Pública.
 
Além disso, a Diretoria da ACORS deliberou sobre a instalação de outdoors, em princípio na Capital do Estado, visando alertar ao Governo do Estado sobre a importância de tratar todos os segmentos da Segurança Pública, Militares e Civis com equidade e não discriminação. 
Agradecendo o convite para participar da reunião, o presidente da APRASC concordou com as opiniões expostas e também ressaltou a importância da união nos interesses em comum. Ele irá consultar sua diretoria a fim de serem agendadas possíveis reuniões de trabalhos conjuntas entre as duas associações.

Notícias Recentes:

ACORS se reúne com a presidência do IPREV para tratar do SPSM
Diretoria Executiva da ACORS se reúne para deliberação de ações da associação
Comissão divulga cartilha para composição de chapas para as eleições da ACORS
Prestação de contas da ACORS é aprovada por unanimidade