NOVO MINISTRO DA JUSTIÇA E A FORÇA NACIONAL

Tarso se diz favorável a Força Nacional permanente


O novo ministro da Justiça, Tarso Genro, disse hoje que é favorável à criação de uma Força Nacional de Segurança (FNS) permanente, que não precise ser convocada apenas em momentos de crise. “Eu defendo isso, se vai ser possível ou não, veremos administrativamente ao longo do tempo. Sei que o presidente Lula também simpatiza com a idéia e isso está na nossa agenda.”


Tarso defendeu ainda que o Ministério da Justiça passe por uma reforma administrativa que possa acomodar órgãos que ajudem no combate ao crime organizado como o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf.). “Queremos dotar o Ministério de organismos mais fortes para combater o crime organizado”, afirmou.

O ministro disse que tem pelo menos três meses para indicar o novo diretor da Polícia Federal e que pretende ampliar os quadros da PF.

Tarso demonstrou também muito preocupado com os atos criminosos no Rio de Janeiro. “No momento em que o crime organizado ousa para matar policiais esse é um fato muito grave e nos faremos o possível para impedir”.

 

Redação Terra
16/03/2007

 

Notícias Recentes:

Diretoria Executiva da ACORS convoca Assembleia Geral Extraordinária
ACORS se reúne com secretário estadual da Administração para tratar sobre o SPSM
ACORS realiza alinhamento com entidades parceiras para o Projeto de Integração Regional em Blumenau
Entidades realizam reunião para definir ajuste final da proposta de valorização institucional