DEU NO DIÁRIO CATARINENSE de Domingo – 18/10/2009 – Chapa quente

Chapa quente


A pressão dos delegados de polícia por reajuste salarial vai enfrentar mais um obstáculo, além da falta de recursos nos cofres do governo do Estado. Os oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros não aceitam que seja concedido aumento sem que eles também sejam beneficiados. A decisão já foi tomada na Associação dos Oficiais. Se a relação das duas instituições era ruim entre agentes e praças na área operacional, agora a temperatura pode esquentar também dentro dos gabinetes.

Notícias Recentes:

Entidades representativas da Segurança Pública se reúnem para discutir projeto 
ACORS avança em proposta de valorização institucional dos integrantes da Segurança Pública
Presidente da ACORS, reeleito por aclamação, é empossado em cerimônia na Capital
Diretoria Executiva realiza reunião de alinhamento na sede da ACORS