Deu no Cacau Menezes (Domingo, 08Nov09)

Segue clipagem de nota publicada na coluna do Cacau Menezes, no Diário Catarinense, edição do dia 08 de novembro de 2009.

Diferenças


Duas polícias, tratamentos bem diferentes. Os delegados de polícia do Estado vão ganhar um abono de cerca de R$ 2 mil a partir deste mês, bancado com 23% de tudo que entra no Fundo da Secretaria de Segurança Pública. Esses 23% vão, também, para a manutenção de viaturas, equipamentos e materiais para aproximadamente 3 mil policiais civis.

Enquanto isso, a Polícia Militar, que exerce sua atividade nas ruas com mais de 13 mil homens, 24 horas por dia, sete dias por semana, combustível, viaturas, rádios, armamento, munição, equipamentos de proteção, entre outros, só tem direito a 33% do fundo. Aliás, fundo mesmo tem o gabinete do secretário da Segurança Pública, que fica com 23% de sua receita.

Por isso que há o clima de levante entre o oficialato da PM, que há 10 anos quer a equiparação com os delegados.

Notícias Recentes:

Entidades representativas da Segurança Pública se reúnem para discutir projeto 
ACORS avança em proposta de valorização institucional dos integrantes da Segurança Pública
Presidente da ACORS, reeleito por aclamação, é empossado em cerimônia na Capital
Diretoria Executiva realiza reunião de alinhamento na sede da ACORS