Clipagem DC: 22Dez09 – Visor (Rafael Martini)


AGORA VAI?


A reunião entre os dois comandantes-gerais da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros e o governador Luiz Henrique da Silveira, ontem pela manhã, no Centro Administrativo, teve momentos de tensão. A pressão para o pagamento da gratificação de R$ 2 mil aos oficiais e de um abono aos praças foi quase uma exigência para evitar polêmica maior, exatamente durante a temporada. O governador bateu o martelo: vai pagar tanto para o oficialato quanto uma gratificação de R$ 250 para os praças. Só que ficou tudo para o ano que vem. Até março.



* * *


O detalhe é que Luiz Henrique adiou a reunião, marcada para a última quinta-feira, pois queria contar com a presença do seu sucessor, o vice Leonel Pavan. Só que ontem, exatamente no dia D, o vice não pôde comparecer.

Notícias Recentes:

Entidades realizam reunião para definir ajuste final da proposta de valorização institucional
Presidente da ACORS apresenta entidade aos novos integrantes do CFO da PMSC
Entidades representativas da Segurança Pública se reúnem para apoiar projeto de valorização institucional
ACORS lança segunda edição do Programa de T&D em Liderança