Área do associado

Área do associado

Militares estaduais ampliam mobilização contrária à tramitação do Projeto de Lei Complementar 257/16 em regime de urgência

31.3.2016

     A ACORS está liderando, em Santa Catarina, a mobilização em torno do PLP 257/16, que compromete direitos assegurados dos servidores públicos, incluindo os militares estaduais. Nesta quinta-feira, o presidente da ACORS, Cel Fred Harry Schauffert, a 1ª Secretária, Cap Clarissa Dias Soares, o 2º Secretário, Cel Abelardo Bridi, e o 1º Tesoureiro, Maj Renato Abreu, estiveram na Assembleia Legislativa, onde representantes de mais de 10 entidades de classe buscaram medidas para reagir, de forma consensual, à informação de que o Projeto de Lei Complementar estaria tramitando em regime de urgência na Câmara dos Deputados, em Brasília.

     A mobilização segue nesta sexta-feira, 1º de abril, com mais entidades somando esforços na negociação com os parlamentares federais, no que deve render uma coesão sem precedentes dos servidores públicos em prol de objetivos comuns. Em Brasília, a Feneme lidera o processo, tendo inclusive proposto emendas ao PLC que já originou a apresentação de 103 emendas até o momento. Entre as definições da reunião desta quinta-feira, serão empreendidas medidas para retirar o regime de urgência da tramitação, para defesa da militarização e do serviço público de qualidade.

     Além da ACORS, a ABVO e Feneme também estiveram representadas na Alesc.

 

 

* Publicado em 31.03.2016.