Área do associado

Área do associado

Deputados federais catarinenses acolhem argumentos contrários ao PLP 257/16 e se comprometem a defender os militares estaduais

5.4.2016

     O deputado federal Capitão Augusto manifestou-se publicamente nesta terça-feira, 5 de abril, sobre o PLP 257/16, que gerou uma coesão de policiais e bombeiros militares jamais vista em Brasília. Entoando a frase “se a 257 passar a PM vai parar”, os representantes de associações militares que lotaram o plenário da Câmara dos Deputados expressaram publicamente sua força e união, pressionando o adiamento da votação do Projeto de Lei. Os deputados de Santa Catarina Jorginho Melo, Mauro Mariani, Décio Lima, Rogério “Peninha” Mendonça, Marco Tebaldi e Carmem Zanotto receberam a comitiva da ACORS e, demonstrando grande sensibilidade aos pleitos dos militares estaduais, se comprometeram a colaborar.

 

Deputada federal Carmem Zanotto promete apoio aos pleitos da ACORS

 

Deputado federal Mauro Mariani recebendo o Ten Cel Tonet

 

Deputado federal Marco Tebaldi se comprometeu a acompanhar as emendas propostas pela Frente Parlamentar da Segurança Pública

 

Deputado federal Jorginho Melo vai apoiar a emenda que barra as perdas com o PLP 257/16 para os servidores da Segurança, Saúde e Educação

 

Deputado federal Décio Lima se manifestou no plenário contra a PLP 257/16

 

Deputado federal Peninha com o Ten Cel Tonet, no plenário da Câmara dos Deputados

 

Comitiva da ACORS permanece mobilizada em Brasília nesta quarta-feira, 6 de abril

 

* Publicado em 05.04.2016.