Área do associado

Área do associado

Clipagem do dia 11 de julho

11.7.2014

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA 11 DE JULHO

 

COLUNISTA RAFAEL MARTINI – Diário Catarinense

Festival de inverno abre hoje

São Joaquim, na Serra catarinense, abre oficialmente hoje o Festival de Inverno. Em meio aos últimos preparativos, a prefeitura precisou correr para conseguir a liberação do Centro de Eventos Paroquiais, onde ocorrerá o evento. O Corpo de Bombeiros chegou a interditar o local e fez uma série de exigências de segurança para autorizar a programação como sinalização de saída de emergência, mudanças nas portas e extintores de incêndio.
Agnelo de Oliveira Pinto, secretário municipal de Turismo, garante que todas as solicitações foram atendidas e a festa está garantida. Em 2013, o Centro de Eventos do município já havia sido interditado por problemas na estrutura depois que muitas rachaduras começaram a aparecer. Apesar dos contratempos, existe a perspectiva de lotação quase esgotada para os cerca de 700 leitos do setor hoteleiro nos próximos dias.

Lá e cá

De Leandro Lima, diretor do Deap, que estava ontem no Maranhão participando de seminário a convite do Ministério da Justiça: “A conclusão que chego é que o sistema prisional de Santa Catarina está muito bom, principalmente o conceito sobre procedimentos, trabalho, educação e ressocialização com os presos. Ainda temos que resolver problemas como os presídios de Blumenau e Araranguá e a Central de Triagem da Grande Florianópolis”. No Maranhão, o presídio de Pedrinhas ainda está com a Força Nacional de Segurança e há grande presença de PMs no local.

 

COLUNISTA HÉLIO COSTA – Notícias do Dia

Segurança em Xeque

Passamos da metade do ano e o governo ainda não apresentou uma solução salarial convincente para os servidores da segurança pública. Agora com o subsídio, no qual as horas extras vão incorporar o salário, os agentes vão trabalhar apenas 48 horas por semana. Este cálculo equivale a um plantão e meio na atual escala de 24 horas trabalhadas por 72 horas de descanso. Ultrapassando este período, o policial não recebe hora extra. As horas excedentes vão para o banco de horas, acumulando folgas. O planejamento não agradou os servidores. Os que têm tempo de serviço devem ir para casa a partir do próximo mês. Somente na Civil cerca de 500 policiais devem jogar a toalha. São tiras experientes que começaram na instituição com 18 ou 19 anos e que agora estão na idade produtiva, entre 48 e 50 anos. Não é somente construindo obras e comprando viaturas que se faz segurança pública. É preciso investir no homem, no policial que está na linha de frente protegendo a sociedade. Mas, infelizmente, isso não ocorre e o reflexo pode ser uma debandada sem precedente.

 

COLUNISTA CARLOS DAMIÃO – Notícias do Dia

Cadetes

Trinta cadetes do curso de formação de oficiais da Academia da Polícia Militar da Trindade participaram na quarta-feira da reunião do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) Centro de Florianópolis na sede da CDL, parceira do projeto. A visita faz parte da disciplina de Polícia Comunitária, ministrada pelo coronel Duarte, e tem como objetivo familiarizar os futuros oficiais com um conselho e com as discussões propostas pelos participantes.

 

ASSUNTO: COPA DO MUNDO

VEÍCULO: Notícias do Dia 10 de julho

Ingresso para a cadeia

O delegado Fabio Barucke, da Polícia Civil do Rio, indiciou 12 pessoas identificadas na investigação Jules Rimet, que desbaratou um grupo que vendia, irregularmente, ingressos para jogos da Copa do Mundo. Dentre os suspeitos, 11 são por cambismo e associação criminosa.

Raymond Whelan, 64, CEO da empresa Match, única autorizada pela Fifa a comercializar ingressos do Mundial, foi indiciado por associação criminosa e por facilitar o recebimento de ingresso a cambistas, artigo 41-G do Estatuto do Torcedor.

Acusado de liderar a quadrilha internacional de venda ilegal de ingressos da Copa do Mundo, Whelan, deve ser afastado, ao menos provisoriamente, das suas atividades na Match Services.

Diretor-executivo da empresa, o britânico gerencia o braço de acomodações do conglomerado dos irmãos Byrom e trabalha no credenciamento de hotéis oficiais nos torneios da Fifa.

A ideia de afastamento de Whelan do cargo partiu da federação internacional, que está preocupada com os danos de imagem provocados pelo escândalo.

Vanessa Parreira, filha e sócia do coordenador técnico da Seleção, Carlos Alberto Parreira, é uma das principais executivas de vendas no Brasil da Match Systems, empresa cujo CEO, Raymond Whelan, foi detido por suposto envolvimento na máfia de ingressos. Os pacotes que Vanessa vendeu comumente superavam R$ 1 milhão. Apesar de atuar no Brasil, também vendia pacotes para estrangeiros. Por ora, Vanessa, uma das organizadoras do Footecon, não está entre os suspeitos.

Whelan e o advogado José Massih, apontado pela polícia como cambista, são os únicos, atualmente, em liberdade. Os outros permanecem detidos no complexo penitenciário de Gericino, na zona oeste do Rio.

Agora, o promotor Marcos Kac tem cinco dias para decidir se denuncia ou não os 12 indiciados. A quadrilha foi presa no dia 1º de julho, após três meses de investigação da polícia carioca.

De acordo com policiais, o grupo pretendia arrecadar até R$ 200 milhões até o fim da Copa. Para a final um ingresso estava custando até R$ 35 mil. As investigações mostraram aos policiais que o grupo desviaria ingressos dos pacotes de hospitalidade, de federações nacionais como a CBF, além de ingressos individuais ou bilhetes adquirido com operários dos estádios utilizados no Mundial.

 

ASSUNTO: SISTEMA PRISIONAL

VEÍCULO: Diário Catarinense

Justiça cobra erradicação rápida de surto de sarna

Juiz listou irregularidades em visita ao presídio de Joinville e deu prazo de 48 horas para solução

Pouco mais de um ano após determinar que o Estado tomasse providências para resolver os problemas no Presídio Regional de Joinville, sob pena de interdição da unidade, o juiz titular da Vara de Execução Penal, João Marcos Buch, voltou ontem à unidade e constatou que a situação continua muito grave.
A decisão de visitar o presídio foi motivada por uma carta assinada por cerca de cem detentos e seus familiares. No local, o juiz voltou a se deparar com velhos dramas, um deles, perigoso para a saúde dos detentos: surto de sarna. Também verificou problemas quanto à higiene, número de funcionários, condições do vestuário, dos colchões e do ambulatório.
– Uma interdição obviamente é muito grave e implica em impacto social e comunitário forte, especialmente no caso do Presídio de Joinville. Porém, exatamente para preservação da segurança pública, pode ser este o caminho que resta para exigir do Estado atitudes concretas e política séria para o sistema prisional – afirmou o juiz, em um dos trechos do relatório feito após a visita.
Em vez de interdição, o juiz determina que seja adotada uma série de medidas, com prazos que vão de 48 horas a 15 dias. No ano passado, depois de vistoriar a unidade, Buch já havia determinado 90 dias para que o Estado providenciasse 13 encaminhamentos relativos à saúde e à reforma do prédio. O prazo foi prorrogado para março deste ano. Até ontem, segundo o relatório, poucas medidas foram efetivamente adotadas.
A Secretaria de Justiça e Cidadania, deve se manifestar hoje, ao receber o ofício do juiz. No início deste ano, o secretário em exercício Sady Beck Júnior disse que duas situações demonstravam que havia avanços na administração do presídio com redução de presos e de fugas.
Em fevereiro de 2012, eram 1.051 detentos. Desde o fim do ano passado, o número não passa de 700. Em 2001 houve 46 fugas, número reduzido a oito por ano em 2012 e 2013.
Ontem o diretor do Departamento Estadual de Administração Prisional (Deap), Leandro Lima, estava no Maranhão, participando de um evento sobre o sistema prisional. A reportagem tentou contato pelo telefone celular, mas não obteve retorno.

 

ASSUNTO: Mais PMs no Oeste

VEÍCULO: Diário Catarinense

PMs passam a atuar por regiões

A Polícia Militar começou um projeto específico de atuação para tentar reduzir a criminalidade em Chapecó, no Oeste do Estado: a atuação dos policiais por setores na cidade.
A ação também contou com o remanejamento de PMs da área administrativa para atuarem no policiamento ostensivo, iniciativa desencadeada há dois meses no Estado, desde a posse do novo comandante geral da corporação, coronel Valdemir Cabral.
A descentralização dos PMs em Chapecó foi implementada pelo comandante da 4a Região, coronel Edivar Antônio Bedin, e teve a aprovação do comando-geral em Florianópolis em caráter de experiência, conforme a chefe de Comunicação Social da PM, tenente-coronel Claudete Lehmkuhl.
– Na prática, é como se a cidade tivesse sido dividida em cinco partes para onde os policiais existentes foram distribuídos. Está havendo também intensificação dos policiais nas ruas com a redução dos que estavam no administrativo. Cada comandante tem a liberdade de propor as ações e o comando geral acompanha os dados – disse a tenente-coronel Claudete.
Oficiais ouvidos pelo DC disseram que a medida já existe em outras regiões como a Grande Florianópolis. Por exemplo, os policiais de cada companhia atuam por setor ou bairro, além da existência da polícia comunitária.
A região de Chapecó recebeu na semana passada 70 dos 852 novos policiais militares formados em Santa Catarina, ganhou o reforço de um helicóptero e de uma equipe da Polícia Civil para operações aéreas na vigilância da fronteira com a Argentina.
Em fevereiro deste ano, Chapecó recebeu uma força-tarefa de policiais civis e militares de Florianópolis, por determinação da Secretaria de Segurança Pública para frear o índice de assassinatos. Os comandos regionais das polícias disseram que a operação resultou em redução de roubos e mortes.

 

ASSUNTO: SISTEMA PRISIONAL

VEÍCULO: Diário Catarinense

Preso é encontrado morto

Um preso morreu na Penitenciária de São Pedro de Alcântara, na Grande Florianópolis, na tarde de ontem. A causa está sendo apurada pelo Departamento de Administração Prisional (Deap).
Segundo as autoridades, Fernando Ferreira, 26 anos, condenado a 27 anos por latrocínio (roubo seguido de morte) teria cometido suicídio. O Deap afirma que Ferreira havia solicitado atendimento e logo após tentou fugir. Então, foi colocado numa cela de adaptação, onde tentou tirar a própria vida. O Deap ainda informa que o detento chegou a ser socorrido, mas não resistiu.
O DC apurou que antes da confusão ele estava em uma cela ocupada por outros dois detentos. O diretor do Deap, Leandro Lima, disse que o preso estava no pavilhão 2 e foi isolado porque tentou a fuga.
– Nessa cela ele fica sozinho e também é entrevistado para saber os motivos da tentativa de fuga e da situação em que estava. Ele tentou o suicídio, foi socorrido pelo helicóptero, mas acabou indo a óbito. Todas as providências de perícia e sindicância foram tomadas para saber o que houve – afirmou o diretor.
Segundo nota divulgada pelo Deap todas as medidas legais, periciais, correcionais e de assistência social foram tomadas.

 

ASSUNTO: ASSALTO EM SÃO JOSÉ

VEÍCULO: Diário Catarinense

Agência dos correios é assaltada à tarde

Uma agência dos Correios de São José, na Grande Florianópolis, foi assaltada por dois homens armados na tarde de ontem. A ação durou aproximadamente três minutos. Havia cerca de 16 pessoas no local. Segundo uma testemunha, os bandidos entraram na área restrita do estabelecimento e levaram dinheiro dos caixas. Até o fechamento desta edição a polícia não havia encontrado os assaltantes.

 

ASSUNTO: CONSELHO DE SEGURANÇA

VEÍCULO: Notícias do Dia

Costa do sol poente: Comunidade pode reativar o Conseg

Desativado desde abril, o Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) da Costa do Sol Poente, que integra os bairros Cacupé, Santo Antônio de Lisboa e Sambaqui, no Norte da Ilha, será reativado. A condição imposta pela Diretoria de Integração e Segurança Cidadã, setor da SSP (Secretaria de Estado de Segurança Pública), que gerencia os Consegs, é a composição de uma diretoria provisória para que seja realizada nova eleição, prevista para 2015.

O movimento está sendo organizado pelo morador da Barra do Sambaqui, Adriano Ribeiro, que deverá concorrer à presidência do Conseg com outros quatro candidatos. “Queremos uma boa representatividade em todos os bairros do distrito de Santo Antônio de Lisboa, inclusive quem mora na entrada do Cacupé”, disse o ex-presidente do Conseg, Ben Kraijnbrink, que apóia Ribeiro na presidência da nova diretoria.

Ribeiro tem planos para melhorar a segurança na região. Um dos pontos é reeditar o projeto Vizinho Solidário, que na gestão passada não decolou. “Teremos uma linha direta com a Polícia Militar para informar qualquer alteração nos bairros”, disse.

 

ASSUNTO: NA MÍDIA

VEÍCULO: Portal da PMSC

Polícia Militar de Santa Catarina no Polícia 24H

Desde o início do mês de junho uma equipe do programa Polícia 24H, da Band, está no Estado acompanhando guarnições da Polícia Militar no atendimento de ocorrências. As gravações tiveram início após a produção do Polícia 24H apresentar a proposta do programa ao Centro de Comunicação Social da Corporação, que considerou uma ótima oportunidade de mostrar a sociedade o trabalho realizado pela PM Catarinense.

Em seguida, as unidades selecionadas para participar das gravações participaram de reunião com a chefia do Centro de Comunicação e a equipe do Polícia 24H, a fim de conhecer o programa e sanar dúvidas a respeito das gravações.
Na última semana, a PMSC estreou no programa, com gravações realizadas na região central da Capital, com guarnições da área do 4º Batalhão de Polícia Militar. Três ocorrências foram ao ar.
Além do 4º BPM, também participam das gravações, que seguem até o final do mês, o 21º BPM – Norte da Ilha, 7º BPM – São José, 16º BPM – Palhoça, 1º BPM – Itajaí, 12º BPM – Balneário Camboriu, 25º BPM – Navegantes, 8º e 17º BPM – Joinville e 2º BPM – Chapecó.
O programa vai ao ar todas as quintas-feiras, às 22h30, na Band.

ASSUNTO: BOMBEIROS DE BRUSQUE

VEÍCULO: Portal do CBMSC

FORMATURA DE BOMBEIROS MIRINS, ENTREGA DE VIATURAS E HOMENAGENS

     

 

Na manhã da última quarta-feira, dia 09/07, em Brusque, ocorreu a formatura de 26 alunos do Curso de Formação de Bombeiro Mirins, iniciado em 2013 e encerrado na última semana. A solenidade ocorreu na Praça Sesquicentenário, no Centro da cidade, e contou com a presença de várias autoridades.

Para o 1º Tenente BM Hugo Manfrin Dallossi, este curso acaba por suprir a falta de valores éticos, tão evidente nos dias de hoje. “As crianças estão sujeitas a muitas influências ruins, então esse projeto visa transmitir esses valores desde cedo, para que essas crianças se tornem melhores cidadãos no futuro”, conta.

Foi realizada também a entrega de viaturas: um caminhão Auto Tanque (AT), uma viatura administrativa, estes adquiridos com recursos locais, e uma nova viatura Auto Socorro de Urgência (ambulância – ASU), adquirida com recursos estaduais. Foi anunciada ainda a aquisição de uma nova viatura Auto Bomba Tanque Resgate (ABTR), com previsão de entrega no início de 2015.

Foram homenageados os Subtenentes BM Roselito Pacheco e Geraldo Gonçalves Pontes, que recentemente foram transferidos para Reserva Remunerada. Ambos receberam como recordação uma réplica do machado de arrombamento (ferramenta tradicional dos bombeiros) das mãos do Major BM José Gamba Júnior, Comandante Interino do 3º BBM (Blumenau) e do 1° Tenente BM Manfrin, Comandante Interino da 3ª/3ºBBM (Brusque).

Por fim, ocorreu o repasse de um cheque no valor de R$600.086,35, referente a recursos destinados ao Funrebom arrecadados pela prefeitura. Esses recursos já têm previsão de emprego na aquisição de viaturas e equipamentos para a OBM de Brusque.