Área do associado

Área do associado

Ação Civil Pública: audiência em Lages favorece os policiais militares

4.7.2014

      A Ação Civil Pública pleiteando condições dignas de serviço para os policiais militares na delegacia de Lages, teve mais um capítulo no dia 3 de julho. O presidente da entidade, Cel Fred Harry Schauffert, acompanhado pelo assessor jurídico da ACORS, dr. Noel Baratieri, pelo presidente da Aprasc, Sgt PM Pedro Paulo Boff Sobrinho, e pelo advogado Gustavo Filipi Milis Cani, participaram de uma audiência no Fórum de Lages, com decisão favorável à Polícia Militar.

     Presidida pelo juiz Silvio Dagoberto Ornato, a audiência também contou com a presença do Representante do MPSC, dr. Néri Rafael Krahl, e do Procurador do Estado, dr. Leonardo Navarro Thomaz de Aquino, que por sua vez manifestou-se a favor da readequação do espaço atualmente cedido para a PM no térreo da Delegacia Regional, atendendo aos da liminar no prazo de 60 dias.

     Com os autores da Ação Civil e o Ministério Público de acordo, o juiz suspendeu o processo e a incidência de multa por 60 dias. O teor da decisão será oficiado à Secretaria de Estado da Segurança Pública e à Delegacia Regional, e se transcorrido o prazo sem a devida adequação do ambiente, caberá a aplicação de multa no valor de R$ 1 mil por dia. Na mesma data, colocando a ACORS a serviço dos pleitos dos Oficiais Militares, o presidente e o assessor jurídico da entidade estiveram no 6º Batalhão, onde foram recebidos pelo Comandante, Ten Cel Fonseca, e pelo Ten Cel Adilson Moreira (foto).

* Publicado em 04.07.2014.