Área do associado

Área do associado

Assembleia Extraordinária discute descontentamento salarial

8.12.2011
 
Motivados pela insatisfação da proposta salarial diferenciada apresentada pelo governo, os Oficiais Militares catarinenses estiveram reunidos na ACORS, na noite de quarta-feira (07). Além dos associados – vindos da Capital, do interior, da ativa e da reserva -, o encontro contou com a participação do Cel BM José Luiz Masnik, Comandante-Geral do CBMSC, e do Cel PM Nazareno Marcineiro, Comandante-Geral da PMSC.
 
Inicialmente, os integrantes da diretoria da ACORS explicaram as tratativas realizadas com o governo até o momento por melhores condições salariais, destacando o descontentamento pelo tratamento diferenciado dado aos segmentos da Segurança Pública. O Coronel Masnik destacou o papel da associação, parabenizando a atuação da diretoria nas ações que visam ao engrandecimento dos militares.
 
Dando sequência ao encontro, o Coronel Nazanero Marcineiro enfatizou que “a polícia militar de SC está unida na busca por propósitos comuns. Entendo que não podemos ficar passivos e devemos buscar o que for necessário dentro dos princípios legais e éticos que nos norteiam permanentemente”.  Depois de ouvir as manifestações de alguns associados, o presidente da ACORS finalizou a Assembleia ratificando o descontentamento.
 
O Coronel também reforçou os próximos passos da associação em busca dos interesses da classe.  “Em janeiro de 2012, iremos apresentar estudos sobre o Subsídio, o nivelamento de Soldo com vencimentos e o projeto de incorporação de Estímulo Operacional. Além disso, trabalharemos pela aprovação da Lei de Fixação do Efetivo do CBMSC”, elencou. O presidente enalteceu o encaminhamento por parte do Governador Raimundo Colombo da promoção merecida por tempo de serviço que irá melhorar sobremaneira o fluxo na carreira dos Oficiais.
 
Confira as fotos no https://www.acors.org.br/?mod=fotos&id=47