Área do associado

Área do associado

Presidente da ACORS defende corporações militares na Alesc

30.5.2017

O presidente da ACORS, Cel Sérgio Luís Sell, compôs a mesa de honra do seminário “Unificação das Polícias Civil e Militar – Viabilidade e seus desdobramentos”, realizado no dia 29 de maio, na Assembleia Legislativa, por proposição do deputado federal Rogério Peninha Mendonça. Acompanhado pelo 2º Tesoureiro, Cel José Alfredo Estanislau, o presidente defendeu a permanência do perfil militar das corporações em Santa Catarina e no Brasil, a exemplo do que existe em vários países do mundo, e a implantação do Ciclo Completo de Polícia, como forma de melhorar a prestação de serviços à sociedade. Também participaram do debate os deputados federais Jorginho Mello e Esperidião Amin, o delegado Edson Moreira (deputado federal por Minas Gerais e presidente da Comissão de Unificação na Câmara Federal), e o presidente do Sinpol-SC, Anderson Amorim.

Para o presidente da ACORS, que concedeu entrevista à TVAL e RICTV após o evento, a PMSC é referência nacionais pela inovação e qualidade dos serviços, como a confecção do Termo Circunstanciado de Ocorrência e o PMSC Mobile, e a ocasião não é oportuna para implementar mudanças. “Em tempos de crise econômica e política, onde vemos a desfaçatez tomar conta do cenário nacional, não acreditamos ser o melhor momento para discutir esse assunto, sob pena de agravar ainda mais o estado caótico no qual que se encontra a Segurança Pública e a governabilidade em alguns Estados”, resume o Cel Sérgio Luís Sell.

 

Para assistir à reportagem da TVAL sobre o debate clique aqui: 

 

  • Publicado em 30.05.2017.