Área do associado

Área do associado

CLIPAGEM DO DIÁRIO CATARINENSE: Governo muda mais uma vez data e novos PMs, delegados e agentes civis serão nomeados em junho

29.1.2016

Governo muda mais uma vez data e novos PMs, delegados e agentes civis serão nomeados em junho

A data para a convocação dos aprovados nos concursos para aPolícia Militar, Polícia Civil e Instituto Geral de Perícias (IGP) foi alterada mais uma vez. Todos os novos servidores - 658 soldados da Polícia Militar, 66 delegados, 420 agentes da Polícia Civil e 150 auxiliares criminalísticos - serão convocados no dia 1º de junho de 2016.

Segundo o governador Raimundo Colombo, a intenção era chamar metade dos aprovados em março e a outra metade em novembro, mas a SCPrev, novo plano de previdência dos servidores estaduais, entra em vigor em maio, o que resultaria em problemas jurídicos. 

– No mesmo concurso, haveria dois sistemas de previdência, o que seria um erro e é uma injustiça – afirmou Colombo, que está em Lages para a primeira reunião do ano com o secretariado.

Defesa Civil de SC não sofrerá corte de gastos em 2016, afirma secretário

O objetivo, também, é respeitar a capacidade financeira do Estado, com o acréscimo deR$ 8 milhões em salários dos novos policiais. O Executivo defende que unificar as nomeações permite uma melhor gestão operacional e otimiza os recursos públicos. 

O prazo inicial para a chamada dos novos servidores era metade em março de 2016e o restante em novembro. Esse foi o quarto adiamento para a nomeação dos novos soldados militares aprovados em concurso em 2015, que deveriam começar o treinamento de nove meses em outubro do ano passado. A Polícia Civil aguarda há ainda mais tempo para tentar diminuir o déficit de servidores: os aprovados fizeram concurso em 2014. 

A nova alteração foi decidida em reunião na manhã desta quinta-feira entre a cúpula de segurança do Estado e o governador Raimundo Colombo, em Lages. O Executivo está na cidade para rodadas de negociações e decisões sobre como será o ano de 2016 para Santa Catarina. 

 

Clipagem do jornal Diário Catarinense de 29.01.2016.