Área do associado

Área do associado

Clipagem do dia 27 de abril

27.4.2015

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA 26 DE ABRIL

 

COLUNISTA RAFAEL MARTINI – Diário Catarinense

Uma nova ONDA vem aí?

Cachorro mordido por cobra tem medo de linguiça. Em uma semana já são dois ônibus incendiados na Grande Florianópolis, mas a Polícia Militar insiste em dizer que são fatos isolados sem relação com uma eventual onda de novos ataques. O último foi na madrugada de sexta-feira em Palhoça (foto). No mesmo dia, um posto da PM em Campo Alegre foi fuzilado por ladrões, enquanto a outra parte da quadrilha explodia o caixa eletrônico do banco naquele pequeno município do Planalto Norte, bem ao lado do posto policial.

COBERTOR CURTO
Não precisa ser especialista em segurança para apontar a falta de efetivo como o maior problema da área em Santa Catarina. A Polícia Militar até tem formado novos soldados, só que o número de baixas segue quase na mesma proporção. Mais desesperador está o quadro da Polícia Civil. A instituição ruma para o colapso por falta de pessoal, com menos de 40% do número ideal. A investigação, prerrogativa da PC, desapareceu, salvo uma ou outra equipe das DPs especializadas. Sem falar na desmotivação generalizada.

 

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA 27 DE ABRIL

 

COLUNISTA RAFAEL MARTINI – Diário Catarinense

LIBERDADE DE ESCOLHA

Ulisses Gabriel assumiu a presidência da Associação dos Delegados de Polícia Civil de Santa Catarina (Adepol) com o compromisso de trabalhar pela despolitização da escolha do delegado-geral da PC catarinense.

 

COLUNISTA MOACIR PEREIRA – Diário Catarinense

DELEGADOS

Delegado Ulisses Gabriel (E), 32 anos, catarinense de Turvo há oito anos na carreira, assumiu a presidência da Associação dos Delegados de Santa Catarina´(Adepol). Na posse, Gabriel defendeu a despolitização na escolha do delegado-geral de Polícia da Secretaria de Segurança Pública.

 

ASSUNTO: Novo aeroporto

VEÍCULO: Diário Catarinense

Aeroporto de Jaguaruna será aberto hoje

OS 144 PASSAGEIROS de uma linha da TAM para São Paulo farão hoje o voo inaugural do empreendimento, que deve beneficiar 900 mil pessoas de 48 municípios do Sul do Estado. Acesso à BR-101 é considerado diferencial do novo terminal

O primeiro voo do Aeroporto Regional Sul Humberto Ghizzo Bortoluzzi, de Jaguaruna, decola hoje. A linha JJ3819 sai do Sul do Estado, às 15h05min, levando 144 passageiros com destino ao Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. O voo é da TAM, primeira companhia a operar em Jaguaruna. Outro, que sai de São Paulo às 13h10min, pousa às 14h30min em Jaguaruna. Voos diários de ida e volta, entre São Paulo e Jaguaruna, estarão disponíveis de segunda a sexta.
A expectativa da RDL, empresa que administra o aeroporto, é de movimentar 6,5 mil passageiros ao mês no primeiro ano de linhas comerciais. A proposta é embarcar um milhão de pessoas nos oito primeiros anos de atuação. Como a demanda de passageiros é grande na região, existe uma expectativa de que, em um curto prazo, outras linhas sejam ofertadas. Segundo o gerente de operações da RDL, Fernando Castro, a Gol já demonstrou interesse em Jaguaruna. A companhia aérea informou, por meio de assessoria, que por enquanto não há novidade sobre o assunto.
As conversas entre lideranças e estudos para viabilizar o aeroporto começaram em 2000. Um estudo técnico decidiu pela instalação em Jaguaruna, cidade de 18 mil habitantes localizada a 20 quilômetros de Tubarão, no Sul do Estado. Apesar da definição, a primeira parte da obra só ficou pronta em 2006, com a conclusão da pista. Pronto para operar desde 2013, o empreendimento aguardou quase um ano pela homologação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), quando foi inaugurado, no dia 1o de abril de 2014, e mais um ano por licenças obrigatórias para operar comercialmente, paralelas a negociações com a TAM.

R$ 60 MILHÕES EM INVESTIMENTO
Foram cerca de R$ 60 milhões em investimentos. O 22o aeroporto de Santa Catarina e o sétimo a entrar para a lista dos que operam voos comerciais no Estado, o Aeroporto de Jaguaruna deve beneficiar cerca de 900 mil pessoas de 48 municípios do Sul de SC, de acordo com o governo do Estado. Uma das grandes vantagens do terminal é o acesso via BR-101, diferencial sobre o Aeroporto Diomício Freitas, de Forquilhinha, que opera no Sul do Estado desde 1979 e hoje dispõe de voos diários da Azul.
Uma das obras de infraestrutura mais aguardadas e importantes da região Sul, ao lado da Ponte Anita Garibaldi, em Laguna, a duplicação da BR-101 e a via rápida, em Criciúma, o aeroporto promete facilitar o acesso a São Paulo. Juntas, as obras abrem caminho para empresas e indústrias explorarem o potencial do Sul de SC.

 

ASSUNTO: Troca de Comando

VEÍCULO: Portal da PMSC

Polícia Militar realiza passagem de comando da 7ª RPM em Blumenau

Na tarde da última quarta-feira (22), a Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) realizou a passagem de comando da 7ª Região de Polícia Militar (RPM), em Blumenau.
O comandante-geral da PMSC, coronel Paulo Henrique Hemm, prestigiou e presidiu a cerimônia de passagem de comando do coronel Ilon Joni de Souza, comandante substituído, para a tenente-coronel Claudete Lehmkuhl, que assume o comando.
A PMSC desde sua criação, em 05 de maio de 1835, sempre dispensou uma atenção especial aos atos de passagem de comando, por acreditar que este ato, em especial, simboliza mais que uma simples norma, pois perpetua no tempo seus conceitos e tradições, oportunizando expressar o reconhecimento ao oficial que deixa o comando, além de apresentar e desejar as boas-vindas ao oficial que assume o comando, neste caso, a 1ª oficial feminina que assume uma RPM, sendo um marco histórico de grande relevância para a Polícia Militar.
A nova comandante da 7ª RPM, tenente-coronel Claudete, é a primeira mulher no Estado a assumir a função de comandante de uma região de polícia, tendo exercido sua última missão como chefe do Centro de Comunicação Social (CCS). Já o coronel Ilon foi comandante da 7ª RPM por um ano e sete meses, agora assume a corregedoria da PMSC, em Florianópolis.
As unidades da PMSC, tradicionalmente, como forma de valorizar os comandantes que passam a fazer parte da história das respectivas unidades, costumam manter uma galeria de fotos de seus ex-comandantes, assim sendo, na solenidade aconteceu o ato de descerramento do retrato do comandante substituído, para fazer parte da referida galeria.
O Comando Geral da Polícia Militar agradeceu as autoridades, convidados, imprensa, familiares, policiais civis e militares e a banda de música do 23º Batalhão de Infantaria do Exército, que com suas presenças proporcionaram a este evento, indelével e solene significado.

 

ASSUNTO: Troca de Comando

VEÍCULO: Portal da PMSC

Região PM do extremo oeste tem novo comandante

Ocorreu na tarde de sexta-feira (17) a solenidade de assunção de comando da 9ª Região de Polícia Militar de Fronteira (RPM/Fron) pelo coronel Aldo Antônio dos Santos Júnior.

A solenidade ocorreu no quartel do 11º Batalhão de Polícia Militar de Fronteira (BPM/Fron), em São Miguel do Oeste, tendo sido presidida pelo comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Paulo Henrique Hemm.

Antes da solenidade, o comandante-geral foi recepcionado pelos oficiais que servem na 9ª RPM/Fron. Ele falou sobre as diretrizes de seu comando e também sobre alguns dos planos e programas que estão sendo implementados na corporação.

Na sequência teve início a solenidade militar, que contou com a presença de inúmeras autoridades civis e militares de toda a região, além da presença de alunos de escolas que foram especialmente convidados para o ato.

Os atos realizados revestiram-se de excepcional importância para a região ao reafirmarem o compromisso com a segurança pública no extremo oeste catarinense, além de valorizar o oficial que assumiu a função de comandante da 9ª RPM/Fron.

Ao fazer o uso da palavra, o comandante-geral enalteceu a relevância da 9ª RPM/Fron no contexto da Polícia Militar e desejou boa sorte ao novo comandante da Região Policial Militar, que faz fronteira com um país estrangeiro e, simultaneamente, com mais dois estados da federação brasileira: o Rio Grande do Sul e Paraná.

O coronel Aldo anteriormente exercia a função de chefe da Controladoria da Polícia Militar em Florianópolis, tendo sido promovido ao posto de coronel em 05 de maio de 2014. O oficial já havia servido no extremo oeste, tendo sido subcomandante do 11º Batalhão de Polícia Militar, em 2006, quando então era major.

 

ASSUNTO: Caso Ricardinho

VEÍCULO: Notícias do Dia

Policial que matou surfista será interrogado

A juíza da 1a Vara Criminal de Palhoça, Carolina Ranzolin Nerbass Fretta, vai interrogar, na tarde de hoje, o policial militar Luis Paulo Mota Brentano, 25, da Agência de Inteligência do 8o BPM de Joinville, acusado de matar o surfista profissional Ricardo do Santos, 24. Ricardinho foi atingido por dois tiros em 19 de janeiro, no acesso à praia da Guarda do Embaú. O surfista, morador da Guarda, não resistiu aos ferimentos e morreu no dia seguinte.

A motivação seria uma discussão fútil entre o surfista e o PM, que estava no carro com o irmão de 17 anos, justamente num local onde a família do surfista pretendia construir uma drenagem para escoar a água da chuva. Em depoimento à Polícia Civil, o policial admitiu que havia bebido vodca com energético na noite anterior e “perdeu o caminho da casa”. Naquela manhã,  Ricardinho estava acompanhado do avô Nicolau dos Santos, 74, e o do tio Mauro da Silva, 34. Desde o início das investigações, a família acusa o PM de ter atirado pelas costas e pede a exclusão do soldado da corporação.

No Ministério Público, Brentano foi denunciado por homicídio duplamente qualificado. O advogado de defesa, Rafael Luis Siwert, diz que o PM atirou em legítima defesa porque o surfista tentou agredi-lo com um facão. A família refuta a alegação do advogado e diz que o surfista, jovem, calmo e envolvido em movimentos sociais contra a violência na Guarda do Embaú, não tinha a arma.

ASSUNTO: Estado Maior-geral

VEÍCULO: Portal do CBMSC

INICIADA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTRATÉGICO DO CBMSC

     

 

Sob determinação do Comandante-Geral do CBMSC, Coronel BM Onir Mocellin, foram iniciadas as ações para a definição do Plano Estratégico da Corporação para os próximos anos. A elaboração do documento é coordenada pelo Tenente-Coronel BM Carlos Charlie Campos Maia, do Estado-Maior Geral.

O planejamento considera as condições atuais e previsões futuras para a definição de ações estratégicas a serem tomadas no âmbito da gestão institucional de forma a garantir melhores resultados.

Em busca de uma melhor avaliação da situação atual e de sugestões que contribuam para o planejamento, reuniões com representantes Oficiais e Praças Bombeiro Militar de quartéis do Litoral e Interior foram realizadas na segunda quinzena do mês de abril. No dia 16, em Joaçaba, estiveram reunidos com a coordenação de elaboração do Planejamento Estratégico membros dos Batalhões BM do Interior e no dia 23, em São José, ocorreu o encontro com os membros dos BBM do Litoral.

Nas oitivas foi apresentada a sistemática adotada para a elaboração do novo plano estatégico, construído de forma compartilhada com o apoio de Oficiais e Praças de diferentes regiões, bem como sua importância para a Corporação como ferramenta gerencial.

 

 

ASSUNTO: Morte em Arrancadão

VEÍCULO: Portal Globo.com

Segurança de 'arrancadão' morre atropelado por carro durante evento

Motorista de automóvel perdeu controle do veículo e atingiu vítima.
Homem chegou a ser levado para hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

O segurança de um campeonato de arrancada morreu neste domingo (26) após ser atropelado por um dos automóveis em Balneário Camboriú, no Litoral Norte. Ele chegou a ser elevado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Conforme o Corpo de Bombeiros, o acidente ocorreu por volta das 16h. O motorista do carro disse aos socorristas que errou uma marcha e acabou perdendo o controle do veículo. Após atropelar o segurança, o automóvel bateu em uma pedra.

O segurança, Flávio Duarte Silveira, de 34 anos, foi atendido pela ambulância do evento e levado ao Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, mas não resistiu. Segundo os bombeiros, o motorista do carro ficou abalado e teve escoriações. Ele foi conduzido ao mesmo hospital.

A Federação de Automobilismo do Estado de Santa Catarina (Fauesc) emitiu nota oficial informando que o acidente interrompeu a a realização da 2ª etapa do Campeonato Catarinense. A organização também afirmou que lançará nova nota sobre o caso nesta segunda (27).