Área do associado

Área do associado

Às vésperas dos 180 anos da Polícia Militar em Santa Catarina, a ACORS compartilha um poema da Ten Cel Edenice Fraga, que presta uma homenagem aos policiais militares

1.5.2015

A VOZ DA POLÍCIA MILITAR

Um sábio poeta da mitologia

diz que Zeus desceu do altar      

abriu o oráculo que a tudo via,

olhou à Terra e viu Ares reinar,

este deus da guerra só destruía

e só a violência vinha espalhar.

 

No Olimpo, Zeus então reunia

Os seus bravos titãs para lutar

Atena, a  deusa da sabedoria

disse: paz, sem justiça, não há.

Themis, com a espada, bramia:

Vou à Terra ocupar o meu lugar.

 

A deusa da justiça então descia

dos céus para no mundo habitar,

Foi quando Zeus disse que faria

uma outra deusa para lhe guardar.

Politeia  assim então se chamaria,

Porém na Terra será Polícia Militar.

 

No orbe terrestre, a luz aponta,

como se fosse um astro a brilhar

luzindo a Terra de ponta a ponta

assim aparece a Polícia Militar,

Instituição que já nasceu pronta,

para junto com a justiça ombrear.

Eis aqui,  ser abstrato e carnal.

Nas veias o meu sangue corre,

pulsado de cada herói policial,

que no perigo a vítima socorre.

Tal qual o guerreiro na luta final

na defesa do bem.... até morre !

 

A cada policial militar agradeço

a dedicação à missão, o apreço

 e  amor que transcende o dever.

A todos faço  minha continência,

o respeitoso sinal de reverência

A quem já é ... policial ao nascer.

 

Esta farda meu corpo emoldura.

Na luta do bem o mal  não dura,

esta certeza me impele a lutar!

Segurança Pública:meu destino.

Eu sou da lei, um  fiel paladino,

Que fez do quartel o sagrado lar.

 

Agora faço posição de sentido.

Pois o pelotão marcha a cantar.

De longe até pensei ter ouvido

Um coro de anjos a me chamar,

porque tal qual um coral divino,

A tropa entoava no  belo hino:

...Salve, salve a Polícia Militar!

 

Ten Cel PMSC Edenice Fraga

ACADEMIA DE LETRAS DOS MILITARES ESTADUAIS