Área do associado

Área do associado

Clipagem do dia 30 de maio

30.5.2014

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DE 30 DE MAIO

 

COLUNISTA RAFAEL MARTINI – Diário Catarinense

Solução em 2015

Assessoria da Secretaria de Justiça e Cidadania envia e-mail para informar que a construção de uma nova unidade prisional em Araranguá para atender aos presos provisórios, com capacidade para 300 detentos, já possui recursos assegurados pelo Pacto por Santa Catarina e deve iniciar em 2015. Durante vistoria-surpresa do TJ, as condições precárias do presídio no município do Sul do Estado impressionaram a equipe técnica.

 

COLUNISTA HÉLIO COSTA – Notícias do Dia

Joinville

A cidade mais populosa do Estado de Santa Catarina, Joinville, com 456 mil habitantes, tem um efetivo da Polícia Civil baixíssimo em relação à Capital. Tem apenas 148 policiais civis, entre delegados e agentes, enquanto em Florianópolis trabalham 550 policiais. Isso é uma aberração que estão fazendo com Joinville. A cidade do Norte tem 73% menos policiais que a Capital, onde está concentrada a administração da instituição. A mancha criminal no Estado.

Segurança

Até que enfim vai sair o Complexo de Segurança do Norte da Ilha, composto pela 7ª DP , Delegacia do Turista e Central de Plantão Policial. A assinatura dos contratos para a construção do complexo já foi sacramentada, na Academia da Polícia Civil. No mesmo evento ocorreu a formatura de mais 28 policiais civis que reforçarão o efetivo e a distribuição de kits policial para as especializadas da Capital: Cope, Deic, DH, Decod e para todas as DI Cs do Estado.

 

ASSUNTO: CRIME FINANCEIRO

VEÍCULO: Diário Catarinense

Operação da PF sequestra imóveis no Litoral Norte

Ações dão prosseguimento a investigação que desarticulou quadrilha há duas semanas na região

Policiais federais da Delegacia de Polícia Federal em Itajaí cumpriram ontem a determinação de sequestro de quatro imóveis de um morador de Balneário Camboriú, dando prosseguimento à Operação Radar. Iniciada em 14 de maio, a ação desarticulou uma quadrilha que agia contra o sistema financeiro nacional e prendeu oito pessoas temporariamente em Itajaí e Balneário.
O dono dos bens sequestrados ontem, que não teve nome e idade divulgados, seria operador do esquema e teria adquirido os imóveis com dinheiro do crime. Também ontem, integrando a mesma operação, policiais federais em Dionísio Cerqueira localizaram uma caixa, escondida em imóvel comercial em Barracão (PR), próximo ao endereço de um dos investigados. Dentro, havia R$ 1,83 milhão e US$ 61.504 em dinheiro. No total, já foram arrecadados mais de R$ 2 milhões em moeda nacional e estrangeira relacionados aos crimes em apuração.
Ontem foram cumpridos mandados de busca e apreensão em imóveis residenciais e empresas investigadas em Balneário Camboriú e Dionísio Cerqueira. As ações resultaram no recolhimento de documentos e nos valores de R$ 70 mil e U$ 10 mil, escondidos no armário de um apartamento em Balneário. Outros R$ 93 mil foram apreendidos em uma empresa na cidade do Oeste catarinense.
A Operação Radar foi deflagrada pela Polícia Federal no dia 14 de maio e deteve oito suspeitos de comprar e vender moeda estrangeira sem registro. Eles ainda enviariam remessas de dinheiro para o exterior, com uma movimentação de R$ 86 milhões.

 

ASSUNTO: HOMICÍDIO

VEÍCULO: Diário Catarinense

Polícia acha os suspeitos: Ciúme teria sido a causa da morte de um homem, cujo corpo foi encontrado sem cabeça na Capital

A Delegacia de Homicídios de Florianópolis solucionou ontem o crime do homem sem cabeça. O delegado Enio de Oliveira Matos aguarda o laudo da perícia para pedir as prisões dos suspeitos.
O corpo do servente de pedreiro José Gabriel Silva Machado, 30 anos, foi encontrado carbonizado e sem a cabeça, enterrado no Morro do Caju, no Bairro Saco Grande, no último dia 12. As investigações começaram quando a família da vítima procurou a polícia, há duas semanas. José estava desaparecido desde 2013.
De acordo com a polícia, o ciúme teria sido o verdadeiro motivo do homicídio. José estava morando na casa de uma mãe de santo na Caieira do Saco dos Limões. O servente sem passagem policial ganhou a confiança da dona da casa e ajudava com as despesas, o que teria provocado ciúme em uma das filhas de santo.
A mulher enciumada teria inventado que José estava tendo um caso com uma das filhas biológicas da mãe de santo. Furioso com a história, o genro da mãe de santo teria procurado um amigo com passagens por tráfico de drogas para que ele desse um “susto” em Machado. O amigo teria aproveitado uma festa na casa da mãe de santo, numa noite de agosto de 2013, e convencido Machado a ir até o Morro do Caju. O servente foi morto, queimado e enterrado.
A polícia acredita que a arma do crime tenha sido um facão, ainda não encontrado. Depoimentos e a filmagem da festa fazem parte do inquérito. O suspeito está preso por assalto numa unidade da Grande Florianópolis.

 

ASSUNTO: ARTIGO

VEÍCULO: Diário Catarinense

Vida alheia, riquezas a salvar, Por Flávio Rogério Pereira Graff*

É com esse lema que o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, através do seu 1o Batalhão em Florianópolis, exerce as atividades junto à sociedade. Em 30 de maio de 1983, quando de sua ativação, o Batalhão Segundo-Tenente Waldomiro Ferraz de Jesus (homenagem ao primeiro comandante) possuía a responsabilidade de atender todo o Estado. Em consequência envolveu-se nos principais episódios em que houve a necessidade de socorro na vida catarinense, destacando-se as enchentes de 1983 e 1984 e as mais recentes, em 2008, em que pelo menos 60 cidades foram afetadas.
Em 1994 teve atuação direta no grande incêndio que destruiu parte do Hospital de Caridade; em 1998 no que arrasou um comércio de tecidos, no centro de Florianópolis; em 2004 no “apagão” ocorrido na Capital, em função de uma explosão havida na Ponte Colombo Salles; em 2005 no incêndio que destruiu a ala norte do Mercado; e recentemente numa outra loja de tecidos.
Combate a incêndios urbanos e florestais, atendimentos pré-hospitalares, resgates veiculares, salvamento aquático e em altura, entre outras atividades operacionais – além da diversidade de atividades técnicas preventivas e a força-tarefa para atuação em desastres extremos –, são algumas das incumbências da corporação que juntamente com outras se dedica diuturnamente à comunidade a fim de afiançar que as pessoas possam desenvolver suas atividades de maneira segura e tranquila.
Hoje o 1o Batalhão conta com mais de 200 bombeiros militares e comunitários distribuídos em seis quartéis e atendeu só em 2014 mais de 6,9 mil ocorrências. Isso implica dizer que no mínimo este mesmo número de pessoas foi socorrido: são 31 anos salvando vidas e construindo comunidades mais seguras.
Combate a incêndios urbanos e florestais, atendimentos pré-hospitalares e resgates veiculares são algumas das incumbências da corporação.

* TENENTE-CORONEL, COMANDANTE DO 1O BATALHÃO DE BOMBEIROS MILITAR. MORADOR DE FLORIANÓPOLIS

 

ASSUNTO: Comando PM São José

VEÍCULO: Portal da PMSC

11ª Região tem novo comandante

Na manhã de hoje (29), o comando geral realizou a passagem de comando da 11ª Região de Polícia Militar (RPM), com sede no município de São José.

Desde sua criação, em 05 de maio de 1835, a Polícia Militar sempre dispensou uma atenção toda especial aos atos de passagem de comando por acreditar, que este ato, em especial, simboliza mais que uma simples norma, pois perpetua no tempo nossos conceitos e tradições, os quais têm participação efetiva no fato de nossa história ser mais que sesquicentenária.

Assim sendo, os atos realizados, representam mais que o cumprimento de uma norma regulamentar, expressam uma tradição alicerçada ao longo do tempo, que se representa no reconhecimento ao oficial que deixa o comando, ao mesmo tempo que, as boas vindas ao oficial que assume.

Após a leitura da exoneração do então comandante da 11ª RPM, coronel Silvio Hernani Fernandes, ocorreu o ato da passagem do comando, que foi presidido pelo subcomandante-geral, Paulo Henrique Hemm. Em seguida, os comandantes, substituto e substituído, passaram em revista a tropa, e após se apresentaram ao comandante-geral, coronel Valdemir Cabral. O comando da 11ªRPM passa a ser do coronel James Amaral.

O oficial fez o uso da palavra, agradeceu o apoio que recebeu dos policiais militares, da sociedade e da família, e também prestou homenagens em retribuição.

Em seu discurso, o comandante-geral, desejou sucesso ao coronel no comando e colocou-se à disposição para auxiliar nas ações que a 11ª região irá desenvolver.

O coronel Cabral, demais oficiais e suas respectivas esposas acompanharam o descerramento do retrato do ex-comandante, o qual posteriormente será postado na galeria dos ex-comandantes da região. Além do comandante-geral e do subcomandante-geral, estavam presentes o chefe de Estado Maior-Geral, coronel João Ricardo Busi da Silva, o secretário adjunto de Segurança Pública, coronel RR Roberto Rodrigues de Menezes, o prefeito de Governador Celso Ramos, Juliano Duarte Campos, além de demais oficiais, praças, vice-prefeitos, demais autoridades e familiares.

 

ASSUNTO: Novo quartel CBM

VEÍCULO: Portal do CBMSC

INAUGURADO O QUARTEL DE FAXINAL DOS GUEDES, NO OESTE CATARINENSE

     

 

Ocorreu nesta quinta-feira (29/10) a inauguração do quartel do Corpo de Bombeiros Militar na cidade de Faxinal dos Guedes. O aquartelamento tem área de 301,80 m2, com custo estimado total de R$ 230.000,00. As obras foram executadas pelo Governo Municipal de Faxinal dos Guedes através de convênio com o Governo do Estado e com parceria do CBMSC.

Foram entregues uma viatura ASU (ambulância Auto Socorro de Urgência) 0km adquirida com recursos do Pacto por Santa Catarina, equipada com materiais básicos pra atendimento pŕe-hospitalar com custo total de R$ 155.000,00, uma viatura ABT (caminhão Auto Bomba Tanque) com capacidade de 4.000 litros de água e uma viatura administrativa.

A recém criada OBM de Faxinal dos Guedes atenderá uma população de aproximadamente 25.000 pessoas, dos municípios de Faxinal dos Guedes e Vargeão. Contará com efetivo de 07 bombeiros militares e 05 servidores públicos municipais de Faxinal dos Guedes.

O evento contou com a presença do Governador do Estado em exercício, Desembargador Nelson Juliano Schaefer Martins; do Secretário do Estado de Segurança Pública, César Augusto Grubba; do Secretário de Desenvolvimento de Xanxerê Carlos Augustinho Colatto; do Prefeito de Faxinal dos Guedes Sr. Edgar Giordani; do Presidente da Camara de Vereadores de Faxinal dos Guedes Sr. Iluir José Wilmsen; do Comandante-Geral do CBMSC, Coronel BM Marcos de Oliveira; do Comandante da 2° Região Militar do CBMSC, Coronel BM Egon Carlos Heizen; do Comandante do 6° BBM de Chapecó, Tenente Coronel BM Júlio César da Silva; demais autoridades municipais e da região e a mídia regional.

 

ASSUNTO: Resgate com cães

VEÍCULO: Portal do CBMSC

 

OFICIAIS DO CBMSC PARTICIPAM DE EVENTO INTERNACIONAL DE RESGATE COM CÃES

     
         

 

Oficiais do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina participaram no dia 24/10 (sábado) de uma assembléia extraordinária da Organização Internacional de Cães de Resgate (International Rescue Dog Organisation – IRO – em tradução livre) em Munique, na Alemanha. A pauta principal foi o planejamento futuro e a eleição da nova diretoria.

O Major BM Walter Parizotto, Coordenador do serviço de cães da Corporação e o 2° Tenente BM  Clemente S. Michels representaram o CBMSC na oportunidade.

Desde o ano de 2012 o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina faz parte da Organização Internacional de Cães de Resgate (IRO), uma instituição que tem outros 117  membros em 40 países diferentes, com sede na Áustria.
A IRO coordena equipe de árbitros internacionais que anualmente realizam a avaliação dos cães do CBMSC.

 

ASSUNTO: Copa do Mundo

VEÍCULO: Clic RBS

Contra os mascarados

“Tem que baixar o cacete neles”, diz Ronaldo sobre vândalos

Em evento da Folha de São Paulo, ex-jogador e membro do COL defendeu forte repressão a manifestantes da Copa

Em uma sabatina promovida pelo jornal Folha de São Paulo nesta quinta-feira, o ex-jogador Ronaldo, integrante do Comitê Organizador Local (COL), defendeu a forte repressão da polícia aos manifestantes mascarados.
Ao ser questionado sobre as manifestações que podem ocorrer durante o Mundial no Brasil, Ronaldo apoiou as reivindicações do povo. No entanto, desvinculou os grupos mascarados, a quem chamou de “vândalos”. E, a eles, pediu rigor na atuação da segurança pública.

— Os protestos são sempre válidos. Agora, a partir do momento que se tem vândalos no meio, mascarados, a segurança pública tem que conter. Minha opinião é que tem que baixar o cacete neles, tem que tirar da rua e prender todos — afirmou. — A população se manifestar é muito válido. Com educação, sem violência. A população está cansada de ouvir que é o país do futuro. A gente quer tocar nesse futuro, sentir isso tudo.

O ex-camisa 9 da Seleção sugeriu que os protestos cheguem às urnas nas próximas eleições, em outubro. Porém, fez questão de afirmar que não possui ligação política com nenhum candidato ou partido, e que decidiu ingressar no COL por acreditar no projeto do Brasil para ser sede da Copa do Mundo.

— Não tenho nenhuma ligação política com nenhum partido, com ninguém. Não tenho nenhuma ambição política. Eu quero ver meu país bem. Sempre acreditei nesse projeto e, se não estamos aproveitando, é uma pena. A população esperava esse legado, e não vai ter — concluiu.