Área do associado

Área do associado

Clipagem do dia 29 de outubro

29.10.2014

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA 29 DE OUTUBRO

 

COLUNISTA RAFAEL MARTINI – Diário Catarinense

CERCO FECHADO

NADA COMO TER POLÍCIA NA RUA. OU MELHOR, NA ESTRADA. BASTOU REFORÇAR A PRESENÇA NOS POSTOS DE FISCALIZAÇÃO PARA OS RESULTADOS APARECEREM. A POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL ACABA DE SUPERAR A MARCA DE UMA TONELADA DE DROGAS APREENDIDAS DESDE O DIA 10 DE OUTUBRO, QUANDO CHEGOU O APOIO DA GUARDA NACIONAL E NOVOS AGENTES. O EFETIVO AUMENTOU DE 600 PARA 900 POLICIAIS EM SANTA CATARINA.

 

ASSUNTO: Criança e adolescente

VEÍCULO: Diário Catarinense

Maioridade penal em debate em Chapecó

Delegacia de Proteção à Criança aponta que infrações com violência cresceram em 2013

A redução da maioridade penal foi um dos temas abordados no 4o Painel Viver SC, realizado ontem, no Centro Empresarial de Chapecó, que reúne a Associação Comercial e Industrial (Acic), a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e o Sindicato do Comércio Varejista de Chapecó (Sicom). O jornalista da RBS, Renato Igor, mediou o evento que contou com as palestrantes Andréia dos Santos Dornelles, delegada-chefe da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso, e de Rétijane Popelier, presidente da Comissão da Criança, do Adolescente da OAB /SC. Ambas afirmaram que a redução da maioridade não é a solução para o problema dos adolescentes infratores.
– Colocar adolescentes infratores em presídios é transferir o problema – disse Andréia.
A delegada informou que em 2012 foram registrados 371 atos infracionais de flagrante sem violência em Chapecó e em 2013 esse número saltou para 514. O número de atos infracionais com violência, como roubo e homicídio, saltou de 20 para 38 no período. Lembrou que o Brasil é o segundo lugar no mundo em número de ocorrências de exploração sexual infantil e que em Chapecó dois policiais atendem aos adolescentes e outras parcelas vulneráveis da população, como idosos e mulheres.
POLÍCIA DEFENDE CRIAÇÃO DE NÚCLEO
A delegada encaminhou à prefeitura e à Câmara de Vereadores um projeto para a implantação de um Núcleo de Atendimento Integrado em Chapecó, como já existem em São Paulo e no Distrito Federal, onde há presença do Judiciário, Polícia Civil, Ministério Público, OAB, CREA, Defensoria Pública e Ongs. Rétijane Popelier disse que a OAB está implantando o Núcleo da Criança e do Adolescente em 10 regiões do Estado, com o objetivo de preparar profissionais de Direito para que sejam protagonista e defensores da infância. Também quer criar o cargo de advogado da Criança e do Adolescente em todas as varas judiciais.
Defendemos uma mudança radical de conceito em relação à criança e ao adolescente. Estamos equivocados em atribuir ao adolescente infrator todos os males. Ele é vítima de uma sociedade falida, desigual. Há um fosso, um abismo de direitos e condições. Temos que pensar neles sem preconceito.

 

ASSUNTO: Prisão

VEÍCULO: Diário Catarinense

BATMAN FORA DAS RUAS: Os bastidores da prisão de um dos assaltantes mais procurados do país

Foragido e com cinco mandados de prisão, sendo quatro no Paraná por envolvimento em grandes assaltos a banco e a carros-fortes, Rogério Mattos da Luz foi detido após verificação de documentação em uma blitz

A prisão ontem em solo catarinense de um dos assaltantes mais procurados do Brasil, Rogério Mattos da Luz, o Batman, 37 anos, revelou mais uma vez que o Estado é rota de fuga de bandidos que buscam facilidades de esconderijo no litoral ou até mesmo de mobilidade em cidades de médio porte. Foragido com cinco mandados de prisão, sendo quatro do Paraná por envolvimento em grandes assaltos a bancos e a carros-fortes, o criminoso foi preso em uma abordagem graças à desconfiança e insistência de policiais do Núcleo de Operações Especiais da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Santa Catarina ao verificar a documentação apresentada pelo motorista.
Tanto a PRF quanto a Polícia Civil de Santa Catarina garantem que a prisão do assaltante não foi em razão de informações de inteligência como monitoramento pessoal ou grampo telefônico. Era por volta de 0h30min da madrugada desta terça-feira quando os policiais rodoviários escolhiam veículos suspeitos para abordar na praça de pedágio da BR-101.
Não era uma grande blitz como a que estava montada na mesma noite a alguns quilômetros dali, em frente ao posto da PRF em Pirabeiraba, em Joinville, com homens da Força Nacional de Segurança. Batman estava com outro homem num Golf com placas de Curitiba quando um policial fez a abordagem, no local de pagamento da tarifa. O motorista apresentou permissão para dirigir, documento antecede à habilitação definitiva.
Como a idade que constava era 37 anos, o policial estranhou o condutor ainda não ter a carteira de motorista definitiva, além de o documento ter sido emitido no Estado do Paraná - a carteira de identidade que portava havia sido expedida em Minas Gerais.
O nome que aparecia nos dois documentos era Rogério Mattos, sem o último sobrenome (Luz). Ao lançar no sistema, a equipe logo descobriu que se tratava do bandido procurado.
– Os policiais passaram a vasculhar os dados com a ajuda de computador e descobriram que se tratava do assaltante foragido. Ele (Batman) estava tranquilo porque achou que ia passar, mas foi alvo de policiais experientes – disse o inspetor-chefe de comunicação da PRF, Luiz Graziano. Batman estava com cinco telefones celulares e cartões de revenda de carros. Foi autuado em flagrante pelo uso de documentos falsos.
Ao delegado Anselmo Cruz, da Divisão de Furtos e Roubos, negou envolvimento em crimes no Estado e afirmou que iria para Joinville trabalhar com carros.
– Suspeitamos que ele ia começar a montar uma quadrilha aqui – afirmou o delegado.

 

ASSUNTO: ONDA DE ATENTADOS

VEÍCULO: Diário Catarinense

Mais um caso é listado pela PM

Ônibus queimado no Norte de SC entra para relatório da polícia como 115o registro em 2014

Um ônibus foi incendiado durante a noite de segunda-feira, na zona sul de Joinville. A ação ocorreu por volta das 23h30. O ataque aparece no relatório da Polícia Militar, divulgado na manhã de ontem, como sendo o 115o caso na lista de atentados da quarta onda no Estado, mas a corporação ainda trata esse tipo de ação com cautela.
Dois homens encapuzados e armados entraram no ônibus de transporte coletivo parado na rua, fizeram o motorista descer e colocaram fogo no veículo. Não havia passageiros dentro do ônibus no momento. O veículo ficou completamente destruído e ninguém foi detido.
Mesmo tendo as mesmas características dos ataques que aconteceram no Estado desde setembro, a polícia tem tratado com atenção esses casos, já que eles têm sido isolados.
– A Secretaria de Segurança Pública não tem informações de que haja determinação para novos atentados no Estado – informa a tenente-coronel Claudete Lehmkuhl, chefe de Comunicação da PM de Santa Catarina.

 

ASSUNTO: ACIDENTE

VEÍCULO: Diário Catarinense

Assustador, diz sobrevivente

Passeio acaba em tragédia com a colisão de um ônibus de estudantes e uma carreta

“Foi assustador”. Foi apenas o que o aluno Leandro Marques, 17 anos, sobrevivente do acidente na noite de segunda-feira, que deixou ao menos 11 mortos e outras 24 pessoas feridas – a 347 quilômetros de São Paulo –, conseguiu dizer. Em estado de choque, ele foi ontem com o pai, Manoel Marques Gonçalves, 38, no local do acidente para tentar recuperar os óculos que usava e que estavam na mochila que levara na viagem.
Uma testemunha disse à polícia que o motorista de uma carreta perdeu o controle da direção e invadiu a pista contrária. Na tentativa de evitar o acidente, o motorista do ônibus desviou para a pista contrária. A carreta bateu na lateral do coletivo, que foi completamente arrancada com o impacto.
Com a batida, houve vazamento de combustível da carreta, que pegou fogo. Segundo o Corpo de Bombeiros, o óleo vegetal transportado pela carreta também vazou na via, mas não incendiou. Morreram no acidente três professoras, uma diretora de escola municipal e sete alunos com idades entre 14 e 16 anos.

 

ASSUNTO: Incêndio

VEÍCULO: Notícias do Dia

Incêndio destrói carcaças

O que era para ser uma tarefa de rotina em um ferro-velho às margens da BR-101, em São José, se transformou em um incêndio de média proporção que destruiu dez carcaças de veículos, ontem. Ninguém ficou ferido. Dois caminhões do Corpo de Bombeiros e um da Autopista Litoral Sul ajudaram no combate às chamas, que arderam por 40 minutos, e levantaram uma nuvem de fumaça no bairro Fazenda Santo Antônio.

Segundo a proprietária da MD Comércio de Peças Novas e Usadas Grazi Martins, o incêndio começou quando funcionários cortavam a carcaça de um veículo com maçarico e o fogo se alastrou. Eles correram para pegar um extintor no interior do estabelecimento, mas quando voltaram, as chamas haviam atingido outras carcaças.

O Corpo de Bombeiros alerta que, ao se manusear carcaças de veículos usando maçarico, é necessário sempre ter o extintor de incêndio ao lado.

 

ASSUNTO: Viagem de Cadetes

VEÍCULO: Portal da PMSC

Cadetes do 4º período do CFO realizam viagem de estudo pelas unidades operacionais do estado

Os cadetes do 4º período do Curso de Formação de Oficiais (CFO) da Academia de Polícia Militar da Trindade (APMT), entre os dias 21 a 23 de outubro realizaram viagem de estudo a diversas unidades operacionais da Polícia Militar de Santa Catarina.O objetivo da viagem foi permitir aos cadetes, conhecer aspectos relacionados à estrutura, recursos humanos e dinâmicas de trabalho das unidades visitadas além de propiciar maior informação sobre Estado onde, a partir de dezembro, passam a desenvolver suas atividades.Coordenados pelo tenente Diego Rodrigues Machado, os cadetes iniciaram as atividades pela região Sul do estado, conhecendo o 5º Batalhão de Polícia Militar com sede na cidade de Tubarão, 9º Batalhão de Polícia Militar em Criciúma e 19º Batalhão de Polícia Militar sediado em Araranguá. Os cadetes foram recepcionados pelos comandantes e demais oficiais de cada batalhão inclusive pelo coronel Lênio Espíndola, comandante da 6ª Região de Polícia Militar.

No dia 22 foram visitadas as unidades operacionais da região Norte, 27º Batalhão de Polícia Militar localizado na cidade de São Francisco do Sul, 14º Batalhão de Polícia Militar situado em Jaraguá do Sul, 8º e 17º Batalhões de Polícia Militar,Companhia de Patrulhamento Tático e sede da 5ª Região de Polícia Militar onde ouviram palestra proferida pelo coronel Benevenuto Chaves Neto comandante da respectiva Região de Polícia Militar. Além das visitas aos batalhões, na cidade de Jaraguá do Sul foi oportunizada aos cadetes uma visita à empresa Weg onde foi servido um almoço e posteriormente, na sede do batalhão, receberam as boas-vindas do prefeito da cidade, Dieter Janssen, o qual foi presenteado pelos cadetes com uma singela lembrança.
No último dia de viagem os cadetes conheceram o 1º Batalhão de Polícia Militar em Itajaí, 12 º Batalhão de Polícia Militar sediado na cidade de Balneário Camboriú e 18º Batalhão de Polícia Militar situado em Brusque finalizando as atividades com um café servido na 3ª Companhia do 18º Batalhão de Polícia Militar localizada na cidade de Gaspar região do Vale do Itajaí.
Em todas as unidades visitadas os respectivos comandantes e demais oficiais apresentaram informações relevantes para os cadetes que estão em período próximo à formatura e tiveram oportunidade inigualável de aprendizado, o qual propiciou uma visão geral da Polícia Militar e possibilitou conhecer algumas peculiaridades de cada região facilitando o processo de escolha das vagas que serão oferecidas ao final do curso.

ASSUNTO: Loja Via Inox

VEÍCULO: Portal do CBMSC

1ºBBM: AÇÃO CONJUNTA DE COMBATE A INCÊNDIO EM FLORIANÓPOLIS

     

 

 

Um incêndio de grandes proporções numa edificação de aproximadamente mil metros quadrados em Florianópolis mobilizou guarnições de serviço do 1º e 10º Batalhões de Bombeiros Militar no domingo (26/10). Mais de 80 mil litros de água foram utilizados no combate às chamas, que graças a ação rápida dos envolvidos não atingiram imóveis vizinhos.

O socorro foi acionado por volta das 16h, quando a Central de Operações recebeu o aviso que chamas destruíam o segundo pavimento do imóvel, localizado na avenida Governador Ivo Silveira, na parte continental de Florianópolis. Pelo menos cinco viaturas de combate a incêndio (Auto Bomba Tanque Resgate e Auto Carreta Tanque) de quartéis da região foram mobilizados na operação conjunta, que reuniu guarnições dos municípios do entorno.

As chamas foram extintas horas depois, com o trabalho de confinamento resultando na preservação de boa parte do piso inferior da edificação. As causas do sinistro ainda são desconhecidas. Ninguém ficou ferido.