Área do associado

Área do associado

Clipagem do dia 17 de janeiro

17.1.2014

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA 17 DE JANEIRO

 

COLUNISTA RAFAEL MARTINI – Diário Catarinense

Suspeita de abuso

O advogado criminalista Cláudio Gastão da Rosa Filho entrou com pedido de abertura de inquérito policial para investigar denúncia de abuso de autoridade por policiais militares contra uma professora em uma casa de lanches, em São José, na Grande Florianópolis. Segundo o advogado, a professora Geise de Castro Inácio teria sido maltratada e ofendida no dia 2 porque um atendente queria cobrar dela uma conta da noite anterior, que ela garantia não estar devendo ao estabelecimento.
A PM foi acionada e a professora, afirma Gastão, teria sido presa e levada algemada na parte traseira de uma viatura para a Central de Polícia de Barreiros e depois para a 3ª Delegacia de São José. O advogado acusa os policiais de agirem de forma violenta e arbitrária e diz que não é função da polícia cobrar contas. O advogado quer que a casa de lanches forneça as imagens gravadas na noite do ocorrido para a investigação.

Mão de obra prisional

Cerca de 90 presos trabalharam na limpeza e consertos em mais de 700 quilômetros de rodovias estaduais em 2013. Eles integram o programa Caminhos da Cidadania, das secretarias de Infraestrutura e Justiça e Cidadania. O governo afirma que o projeto tem aval do Tribunal de Justiça e vai continuar em 2014.

 

COLUNISTA CACAU MENEZES – Diário Catarinense

Ponticelli renuncia

Presidente da Assembleia Legislativa, Joares Ponticelli (PP), anunciou na sua conta no Facebook que renunciará ao cargo no dia 3 de fevereiro. Assumirá em seu lugar o vice-presidente, Romildo Titon (PMDB). Ponticelli tem direito a dois anos de mandato, mas renuncia para cumprir acordo de divisão de comando com Titon. Negociatas comuns na política.
A notícia exclusiva publicada por Cacau, em 2012, de que Romildo Titon tinha em mãos um documento assinado por todos os deputados da base aliada do governo se comprometendo a elegê-lo presidente do Legislativo precipitou o acordo que agora está sendo cumprido.

 

COLUNISTA MOACIR PEREIRA – Diário Catarinense

Presidência

Deputado Romildo Titon (PMDB) tem reiterado a amigos e correligionários a determinação de assumir a presidência da Assembleia, apesar da denúncia do Ministério Público na Operação Fundo do Poço. Diz que vai provar sua inocência. Esteve ontem acertando detalhes da posse com o deputado Joares Ponticelli (PP), que reiterou a decisão de renunciar à presidência na sessão solene do dia 3 de fevereiro.

 

COLUNISTA ROBERTO AZEVEDO – Notícias do Dia

Vizinho incômodo

Durante a inauguração de uma nova ala da Penitenciária Sul, em Criciúma, a secretária de Estado da Justiça e Cidadania, Ada De Luca, apelou ao prefeito Márcio Búrigo (PP ) para que ele ajude a encontrar um terreno para a construção de um Case (Centro de Atendimento Socioeducativo) no município. Todas as áreas mapeadas provocaram protestos dos vizinhos. O desafio é o mesmo para a construção de uma nova penitenciária no Estado. Dinheiro não é o problema, R$ 57 milhões estão garantidos para a obra. Mas, com o espaço de Imaruí sendo discutido na Justiça, uma opção em Chapecó também já enfrenta barreiras.

 

COLUNISTA YULA JORGE – Notícias do Dia

Palhocense sortudo

O bombeiro militar Fernando da Silva, 43, foi o vencedor da campanha “Natal Encantado” do shopping ViaCatarina. Fernando concorreu com 15 cupons, que estavam em meio a outros 50 mil, e levou para casa o imponente Lifan X60. Na hora do sorteio, o casal estava em casa, na Barra do Aririú, e foi correndo para o shopping ao receber a notícia dada pelo gerente de marketing, Seller Fernandes.

 

COLUNISTA CARLOS DAMIÃO – Notícias do Dia

Pouco caso

Vinte moradores de rua dormiam, às 8h30 da manhã de ontem, sob as marquises laterais do Edifício das Diretorias, na rua Deodoro. Se essa não é uma tragédia social, não sei mais o que é tragédia social. O problema é grave e exige intervenção imediata da prefeitura. A Polícia Militar só pode agir caso algum dos andarilhos cometa algum crime.

Sexo nada frágil

Duas policiais civis – uma de Criciúma e outra de Ituporanga – que estão no Litoral participando da operação Veraneio foram recrutadas para realizar uma série de exercícios junto à COPE (Coordenadoria de Operações Policiais Especiais), em Florianópolis. Hoje as policiais participam de um treinamento de “tiro embarcado de helicóptero”, ou seja, os instrutores querem ver se do alto elas são tão certeiras quanto na terra.

 

COLUNISTA HÉLIO COSTA – Notícias do Dia

Futebol seguro

Para evitar o que ocorreu na Arena Joinville, onde torcidas organizadas se enfrentaram com porretes e barra de ferro, a PM promove a partir desta segunda-feira o seminário “Futebol Seguro”. O comandante-geral da PM, coronel Nazareno Marcineiro, explicou que as atividades de policiamento em praças desportivas, voltadas aos eventos futebolísticos, devem obedecer a uma série de normas para que a corporação atue de forma padronizada em todo o Estado. O evento acontece no auditório do Centro de Ensino da Polícia Militar, na avenida Madre Benvenuta, 265, Trindade das 9h às 19hs.

 

ASSUNTO: Viatura policial incendiada

VEÍCULO: Notícias do Dia

Suspeitos atearam fogo na Blazer preta da 1ª Delegacia de Polícia Civil de São José, estacionada em frente à DP, na rua Rodolfo Pedro Gomes, por volta das 4h30 de ontem. As chamas não consumiram a camionete porque um taxista bateu na porta da delegacia avisando que a Blazer estava pegando fogo. Os dois plantonistas agiram rápido e apagaram o incêndio. O carro ficou chamuscado no teto, farol direito, no reservatório de plástico da água e em outros acessórios.

No início da madrugada, os dois únicos plantonistas fecharam a delegacia, por volta da 1h, e foram ao Cadeião do Estreito, em Florianópolis, levar Edson Luiz de Oliveira Rebelo, 19, e Matheus Felipe da Silva Lopes, 21, autuados em flagrante por roubo naquela noite. Eles retornaram às 2h. Duas horas e meia depois ocorreu o ataque. O prédio é monitorado por 12 câmeras de vigilância, que não estavam funcionando.

Para o delegado Rodolfo Serafim Cabral pode se tratar de um ato de vandalismo, ou represália ao flagrante. “Algum parente ou conhecido dos presos pode ter feito isso como vingança”.

 

ASSUNTO: COPE

VEÍCULO: Notícias do Dia

Grupo de elite terá agentes femininas

A Polícia Civil vai incluir mulheres na cobiçada Cope (Coordenadoria de Operações Policiais Especiais). A sede do grupo especializado para agir em sequestros com refém, rebeliões e outros gerenciamentos de crise policial fica localizada em Florianópolis, com atuação em todo o Estado. São 24 policiais treinados para atuar em ocorrências de risco. A inclusão de mulheres é uma exigência da portaria que criou o grupo de elite.

Duas policiais, uma de Criciúma e outra de Ituporanga, aproveitaram o momento em que estão trabalhando na operação Veraneio, em Florianópolis, e participaram de um ensaio de tiro tático, rapel e outros exercícios rigorosos. “O treinamento exige disciplina, concentração e preparo”, alertou o delegado. O delegado ressaltou que durante o curso de formação de policial civil na academia da Instituição, em Canasvieiras, os instrutores observaram quem tem perfil para se juntar ao grupo do Cope. “Estas policiais ainda vão ser chamadas para fazer testes. Ontem foi apenas um ensaio.”

 

ASSUNTO: Rolê no shopping

VEÍCULO: Notícias do Dia

Liminar suspende “rolezão”

O shopping Campo Limpo, na zona sul de São Paulo, conseguiu na Justiça uma liminar (decisão provisória) contra um “rolezinho”, que estava programado para ontem. O evento foi programado por movimentos de sem-teto. Mesmo após a concessão da liminar, o centro comercial fechou as portas incluindo a entrada principal. A segurança também foi reforçada.

Vigias guardaram as entradas e foram colocados comunicados sobre a decisão da Justiça. A liminar aponta que “embora [os shoppings] sejam locais abertos ao público, são empreendimentos privados (…) Não se trata de “via pública”, não se constituindo em local próprio e apropriado ao exercício do direito de liberdade de reunião e manifestação”. O juiz Alexandre David Malfatti, da 7ª Vara Cível, determina que sejam comunicados da decisão com urgência, ao comando da Polícia Militar do Estado e ao Corpo de Bombeiros e determinou multa diária de R$ 5 mil caso a decisão seja descumprida.

Apesar disso, grande número de pessoas foram à estação Campo Limpo, de onde os participantes do “rolezinho” saíram para marchar até o shopping. O MTST manteve as mobilizações previstas para os shoppings Jardim Sul e Campo Limpo, que foram transformadas em uma marcha entre os dois locais.

 

ASSUNTO: Cel Martinez

VEÍCULO: Diário Catarinense

CAIU NA REDE: Foto no Facebook leva jovem à prisão

Aplicativo ajuda polícia a localizar rapaz que publicou imagem com arma

A tecnologia, que tem sido aliada da segurança em Camboriú, levou para prisão um jovem de 21 anos na quarta-feira. Geison Marlon de Oliveira Palhano postou uma foto no Facebook com uma arma calibre 38. A imagem foi vista por um policial, virou assunto em aplicativo usado por integrantes da corporação e em 39 minutos o rapaz foi preso por porte ilegal de arma.
De acordo com o comando da Polícia Militar em Camboriú, um policial civil viu a foto postada no perfil. Em seguida, às 17h06min, avisou outros policiais por meio de um grupo criado no WhatsApp, um aplicativo de mensagens para smartphones.
A PM então mandou a informação para o setor de inteligência. Policiais à paisana localizaram a casa do jovem, no bairro Monte Alegre, e armaram uma campana. Ele foi avistado e abordado na Rua Monte Castelo, às 17h45min, 39 minutos após a foto ser divulgada entre os policiais. Geison estava com o revólver calibre 38 que aparece na foto e usava as mesmas roupas, segundo a PM.
Tecnologia é utilizada como suporte pela Segurança
Palhano foi levado para a delegacia do Monte Alegre. Lá a delegada Daniela Oliveira definiu em dois salários mínimos a fiança pelo porte ilegal e o fez assinar um termo circunstanciado por porte de uma pequena quantidade de maconha e por ter resistido à prisão.
Como a fiança não foi paga, o jovem foi encaminhado ontem para o presídio da Canhanduba. Ele informou à delegada que só iria se manifestar em juízo e nenhum advogado apareceu.
Na manhã de ontem a foto que a polícia divulgou após a prisão de Palhano não constava no perfil do jovem. Ele já havia sido detido por porte de droga, conforme a polícia.
A prisão do jovem em 39 minutos, período entre a troca de informações e a efetiva abordagem, é atribuída pela polícia à forma como as autoridades da Segurança têm usado a tecnologia como suporte.
– Essa tecnologia está auxiliando e nos obriga a monitorar as redes sociais – diz o comandante do 12o Batalhão da PM, coronel Marcello Hipólito.
Camboriú não é a única cidade onde os policiais criam grupos e compartilham informações via WhatsApp. Em Itajaí o aplicativo e redes sociais são usados há algum tempo. Neste mês, por exemplo, a polícia prendeu suspeitos de furto e recuperou uma bolsa com a ajuda do Facebook.

 

ASSUNTO: RONDA

VEÍCULO: Diário Catarinense

PM apreende três jovens após agressão

Três adolescentes foram apreendidos após agredirem jovem de 19 anos por volta do meio-dia de ontem em Jaraguá do Sul. Com o grupo foi encontrado uma faca de cozinha, 11 gramas de maconha, além de alimentos, furtados de estabelecimento comercial. Eles tentaram se livrar dos objetos antes da abordagem, mas acabaram confessando o furto.

Homens assaltam clientes de carrinho

Quatro clientes de um carrinho de cachorro-quente foram assaltados quarta-feira à noite. O crime foi na Rua Doutor Pedro Zimmermann, em Blumenau, e cometido por dois homens. Foram roubados cinco celulares, cerca de R$ 150, documentos pessoais e de um carro e cartões de banco. Os assaltantes fugiram a pé e não foram localizados pela Polícia Militar.

Baixada Fluminense vive onda de violência

Cinco pessoas foram assassinadas na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, entre a noite de quarta-feira, e a madrugada desta quinta-feira. Os crimes foram praticados nos municípios de São João de Meriti, Nilópolis e Magé. Desde a última sexta-feira, 10, pelo menos 16 pessoas foram mortas na região. Os policiais buscam testemunhas para identificar autores.