Área do associado

Área do associado

Clipagem do dia 10 de janeiro

10.1.2014

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA 10 DE JANEIRO

 

COLUNISTA RAFAEL MARTINI – Diário Catarinense

Zumbis do crack

A cidade de São José, na Grande Florianópolis, está finalizando um projeto para internar compulsoriamente usuários de crack. A mobilização atingirá na primeira etapa 10 dependentes químicos que moram nas ruas e foram acompanhados em abordagens por equipes da prefeitura, inclusive por um médico.
O projeto mobiliza secretarias municipais da Segurança, Saúde e Assistência Social. Serão disponibilizadas vagas no Instituto de Psiquiatria de Santa Catarina (IPQ). Depois, a ação prevê internamento em comunidade terapêutica. Ao final, há expectativa de inseri-los no mercado de trabalho. Os pedidos de internações serão encaminhados ao Ministério Público, que então os fará à Justiça local.
– São pessoas que vivem como zumbis, sem condições de discernimento. Não há mais saída que não internar – diz Andréa Pacheco, secretária de Segurança, que coordena a iniciativa. Estima-se que existam dezenas de craqueiros, no limite entre São José e Florianópolis, perto da Avenida Josué di Bernardi e Via Expressa. Para sustentar o vício, eles praticam furtos e roubos, além de prostituição, e perambulam em viadutos, áreas de esgoto e lixo.

Faro

Cão da Polícia Federal levou à apreensão de 93 quilos de maconha ontem na Rodoviária de Balneário Camboriú. A droga estava dentro de balanços infantis levados na bagagem.

A caminho

Ainda não está concluído o novo centro para adolescentes infratores na Grande Florianópolis, em São José. A estimativa é que as obras sejam entregues até o final de março.

 

COLUNISTA CACAU MENEZES – Diário Catarinense

Loira, bonita e ladra

Serviço Secreto do Cacau apurou que na badalada Jurerê a polícia prendeu uma loira dessas grandonas e espetaculares, bombadas, com mais de 20 celulares roubados na cintura. Foi pega e desmascarada por policiais à paisana. Teve segurança que sentiu náusea ao ver o perfil estético da ladra, um mulherão de cinema que poderia estar casada ou namorando alguns destes milionários otários que gostam de se exibir com a fruta.
Moral da história: fique de olho e desconfie de todos, sem discriminação, pois beleza e estilo de se vestir hoje não é mais parâmetro. Os disfarces estão cada vez mais profissionais, acima de qualquer suspeita. E esse povo geralmente não age sozinho, um passa o radar e o outro faz o serviço.
O roubo de celulares nas baladas de Jurerê beira o absurdo. E, verdade seja dita, com a vítimas dando sopa.

 

COLUNISTA ROBERTO AZEVEDO – Notícias do Dia

O impacto da reforma salarial dos servidores, aprovada no fim de 2013 pelo governo do Estado, não preocupa para 2014. “Parcelamos esse reajuste para agosto dos próximos três anos, o que vai impactar pouco no ano”, estimou o secretário da Fazenda Antonio Gavazzoni.

 

ASSUNTO: BAPM

VEÍCULO: Notícias do Dia

Batalhão de Aviação divulga relatório de 2013

A 2ª Companhia Bapm (Batalhão de Aviação da Polícia Militar) voou 631 horas, participou de 625 missões, socorreu 287 pessoas e prendeu outras 45 em 2013. Somente durante 32 dos 365 dias do ano o helicóptero Águia não esteve em operação. O perfil das ocorrências seguiu o mesmo dos anos anteriores, com predominância de atuação em apoio aos órgãos de saúde e segurança pública. Dentre os órgãos que mais utilizaram os serviços aéreos da Polícia Militar o sistema de saúde dos municípios representou 46,24% das solicitações. Duas ocorrências foram consideradas peculiares e complexas do ano pelo capitão Yagã Cota. “Uma foi o incêndio químico em São Francisco do Sul, em setembro, e outra a queda de um trabalhador na manutenção num poço durante a operação Veraneio”, detalha

 

ASSUNTO: POLÍCIA CIVIL

VEÍCULO: Notícias do Dia

Mais 40 viaturas

A SSP (Secretaria de Estado da Segurança Pública) entregou ontem mais 40 viaturas para a Polícia Civil, que serão distribuídas entre as Delegacias do Estado. São 30 viaturas distribuídas entre as Delegacias Regionais, e mais 10 veículos divididos entre Corregedoria Geral, Acadepol, Diretoria e Delegacia Geral.

 

ASSUNTO: Incêndio em Penha

VEÍCULO: Diário Catarinense

Bombeiros investigam incêndio em abrigo

Um incêndio atingiu o Abrigo Anjo Gabriel, instituição de acolhimento às crianças em situação de risco social mantida pela prefeitura de Penha. A instituição, que fica na Praia de Armação, foi tomada pelas chamas. No momento do incêndio estavam no local uma monitora e duas crianças, que nada sofreram. O berçário, o quarto das meninas e parte da sala, além de toda estrutura da cobertura e telhado foram totalmente destruídos. As causas do incêndio ainda estão sendo apuradas.

 

ASSUNTO: Resgate pelo Arcanjo

VEÍCULO: Diário Catarinense

Helicóptero resgata criança de 2 anos

A equipe do Helicóptero Arcanjo, do Corpo de Bombeiros, prestou socorro a um menino de 2 anos na tarde de ontem na Ilha de Anhatomirim, pertencente ao município de Governador Celso Ramos. O menino estaria correndo perto das construções da ilha quando sofreu uma queda de uma altura de aproximadamente três metros. Ele não sofreu ferimentos graves e foi encaminhado ao Hospital Infantil Joana de Gusmão para atendimento. O acidente aconteceu por volta das 13h.

 

ASSUNTO: COMBATE DE GUERRA

VEÍCULO: Diário Catarinense

Marines ensinam técnicas no Estado

Americanos compartilham o conhecimento adquirido no Afeganistão

Treze fuzileiros navais americanos avançam por uma aldeia no Afeganistão. Ao passarem por uma espécie de corredor, uma criança aparentando ter 10 anos cruza o caminho e lança uma mochila. Uma bomba. A explosão fere gravemente três fuzileiros que iam na dianteira do grupo. O médico Christopher Mesnard entra em ação. Em segundos ele identifica quem está mais ferido.
O pior deles teve o braço dilacerado, com rompimento da artéria braquial. Em dois minutos, Chris faz o torniquete, coloca gaze, um curativo com produtos químicos especiais para estancar o ferimento, aplica 20 miligramas de morfina para que o sujeito suporte a dor e o retira da área. O rapaz não só sobreviveu, como manteve o movimento do braço. No último Natal, Chris recebeu uma lembrança da avó do soldado.
A habilidade em salvar vidas em situação de combate e a experiência de 16 meses no Afeganistão – entre 2012 e 2013 – trouxe o americano até São José, na Grande Florianópolis, onde ministrou esta semana o curso Combat Trauma para profissionais da área de segurança pública e especialistas em primeiros socorros, no Clube e Escola de Tiro .38. Depois da troca de experiências com os profissionais brasileiros, o veterano de guerra traçou um paralelo com a realidade deste país.
– Os cenários são muito parecidos. A diferença está nos tipos de ferimento, pois aqui são poucos casos de explosão. São mais comuns ferimentos a bala. O princípio é o mesmo: salvar a vida do companheiro, o mais rápido possível, sem se abalar com a situação de tensão ao redor – disse Mesnard.
O delegado da Diretoria Especial de Investigação Criminal (Deic) de Santa Catarina, Rodrigo Green, um dos alunos no curso, destacou a agilidade e a qualidade dos recursos que os americanos contam.
– Tivemos contato com o que há de melhor em termos de ferramentas e ações em situação de combate e muita coisa a gente pode trazer para o nosso trabalho aqui – destacou Green, um dos quatro delegados na capacitação.

 

ASSUNTO: Concurso público

VEÍCULO: Diário Catarinense

Secretaria da Justiça abre concurso

A Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania de SC abriu concurso público para 220 vagas, nos níveis fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 972 a R$ 1.907,91. As vagas de nível superior são para assistente social, médico, entre outros. As de nível médio/técnico são para instrutor de informática, técnico em atividades administrativas e técnico de enfermagem. Os postos de nível fundamental são para motorista. As inscrições gratuitas vão até o dia 24 de janeiro pelo site www.sjc.sc.gov.br.

 

ASSUNTO: PRESÍDIOS NO MARANHÃO

VEÍCULO: Diário Catarinense

Procurador defende intervenção

Aurélio Veiga Rios afirma que há pelo menos cinco anos são feitos relatos de violência no sistema prisional do Estado

O subprocurador-geral da República Aurélio Veiga Rios afirmou ontem que é favorável à intervenção federal no sistema penitenciário do Maranhão. Ele, que também atua como procurador federal dos direitos dos cidadãos, disse que há pelo menos cinco anos são recebidos relatos de situações de descalabro e violência em presídios do Estado. As informações são da Agência Brasil.
Veiga Rios confirmou que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, recebeu em outubro de 2013 um pedido feito pelo Ministério Público para intervenção no Maranhão por causa dos problemas no sistema prisional. Cabe a Janot fazer o pedido, ressaltou Veiga Rios. Mas a solicitação de intervenção federal no Maranhão, após a morte de 62 detentos no presídio de Pedrinhas, está praticamente pronta no Ministério Público Federal, informou a Agência Estado. Janot qual melhor momento para encaminhar ao Supremo Tribunal Federal.
O subprocurador e a ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário, participaram de reunião do Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (CDDPH) ontem. O encontro foi focada nos problemas verificados no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, no Maranhão.
O subprocurador defendeu que os problemas nos presídios do Maranhão sejam analisados com isenção, mesmo lembrando que há eleições em 2014. Maria do Rosário concordou com o subprocurador e destacou que o governo tomará uma posição institucional. Ela disse, no entanto, que quem falará oficialmente pelo governo federal é o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que está no Maranhão.
Vítima de ataque receberá tratamento em Brasília
Vítima do ônibus incendiado em São Luís (MA), na última sexta-feira, Juliane Carvalho Santos, 22 anos, seria transferida para Brasília ontem. Ela é mãe das meninas Ana Clara Santos Sousa, 6 anos, e Lorane Beatriz Santos, 1 ano e 5 meses. Ana Clara teve 95% do corpo queimado e morreu segunda-feira. Lorane teve 20% do corpo queimado, passa bem e deve receber alta em breve.
De acordo com a secretaria estadual, Juliane, que teve 40% do corpo queimado, não necessitaria ser transferida para Brasília, pois o quadro clínico é estabilizado. A transferência, segundo a secretaria, foi pedida pela família da paciente, pois ela tem parentes na capital federal.

 

ASSUNTO: Pousos e decolagens

VEÍCULO: Diário Catarinense

Azul quer 30% a mais de horários

Após anunciar a criação do teto de R$ 999 por trecho para voos durante a Copa, a Azul entregou ao governo ontem pedido para aumentar em 30% o número de horários para realizar pousos e decolagens.
A ideia é priorizar, neste ano, o programa de aviação regional do governo federal, ainda em fase de elaboração. A iniciativa coincide com o interesse do governo, de coibir abusos sem indexar preços. Na semana passada, a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann , ameaçou abrir o mercado doméstico para estrangeiras como forma de pressionar as empresas a não abusar dos preços.
A medida da Azul, no entanto, causou mal-estar no setor. Teme-se que a ação abra precedente para o governo tentar impor um teto para todas as empresas, política defendida pelo presidente da Embratur, Flávio Dino, mas que já foi descartada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).
De acordo com a Azul, a adoção do teto vai custar R$ 20 milhões em perda de receita. Mas o investimento se justifica pela imagem para a empresa.