Área do associado

Área do associado

Clipagem do dia 10 de abril

10.4.2014

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DE 10.04.2014

 

COLUNISTA RAFAEL MARTINI – Diário Catarinense

Cumpra-se o acordo

Apesar da movimentação de ontem com o fechamento da SC-401 (foto) pelos integrantes da ocupação Amarildo pedindo a renegociação do prazo para a saída, o juiz agrário Rafael Sandi não abre mão do que foi acordado com as lideranças do movimento. Na segunda-feira, dia 14, pretende fazer a última vistoria no terreno para que na terça, dia 15, cumpra-se a saída.

Mais ainda…

Para garantir a desocupação, foi agendada para amanhã uma reunião com o comando geral da Polícia Militar. Na pauta, o planejamento da operação para eventual intervenção.

 

COLUNISTA MOACIR PEREIRA – Diário Catarinense

Reforma do quartel

O quartel do 4o Batalhão da Policia Militar vai sofrer uma profunda reforma, a primeira de sua história. As obras custarão R$ 2,7 milhões e começam dentro de duas semanas. A unidade vai usar, provisoriamente, uma área alugada. O prédio foi o primeiro quartel da Polícia Militar. O comandante, tenente-coronel Araújo Gomes, comunicou a decisão governamental à tropa.

 

ASSUNTO: REGRAS PARA APOSENTADORIA

VEÍCULO: Diário Catarinense

Benefício especial será aplicado a servidores

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu ontem criar norma para obrigar a administração pública a aplicar as regras de aposentadoria especial dos funcionários privados aos servidores públicos. Com a decisão, os servidores terão direito à análise dos pedidos de benefício, de acordo com os critérios do setor privado até o Congresso aprovar lei específica.

 

ASSUNTO: Violência em Braço do Norte

VEÍCULO: Diário Catarinense

INVADIU LOJA: Ex-marido atira em mulher

Um homem atirou contra a ex-mulher dentro da loja onde ela trabalha, no Centro de Orleans, Sul de SC. Segundo a Polícia Civil, o homem disparou dois tiros contra a gerente do estabelecimento, na presença de quatro funcionários, por volta de 16h30min de ontem.
Em seguida, o agressor foi para os fundos da loja e colocou fogo em alguns tecidos. Em seguida, atirou contra a própria cabeça.
Atingida no braço e no crânio, a mulher, identificada apenas como Solange, foi levada pelo Corpo de Bombeiros para a Fundação Hospitalar Santa Otília. Após a chegada da Polícia Militar, o ex-marido foi socorrido e levado para a mesma unidade de saúde. O fogo não provocou grandes danos ao local, segundo a PM. De acordo com informações da Fundação, até as 20h, os dois permaneciam internados em estado grave.
De acordo com informações da Polícia Civil, o casal estaria separado há pouco tempo e morava em Braço do Norte, a 24 quilômetros de Orleans.

 

ASSUNTO: NOVOS ATENTADOS

VEÍCULO: Diário Catarinense

Menores voltam à linha de frente

Dos quatro suspeitos em envolvimento no ataque a um ônibus em Criciúma, três têm menos de 18 anos e foram soltos

A suspeita de envolvimento de adolescentes nos ataques a ônibus volta a se repetir em Santa Catarina. Assim como nas ondas de criminalidade de 2012 e 2013, a presença de menores de 18 anos nos crimes é novamente constatada nas investigações policiais que apuram os últimos atentados registrados desde sexta-feira passada.
Em Criciúma, onde ocorreram três dos nove atentados dos últimos dias, a Divisão de Investigações Criminais (DIC) da Polícia Civil deteve na terça-feira três adolescentes suspeitos de participação no incêndio a um ônibus no bairro Vila Manaus, na sexta-feira à noite. Dois deles têm 14 anos e um 16. Um jovem de 18 anos também é procurado pelo crime.
O delegado responsável pelo caso, André Milanese, pediu a internação do trio menor de idade, mas, segundo ele, a Vara da Infância e Juventude do município negou a solicitação. Por isso, eles foram liberados. Na onda de atentados do ano passado, Milanese foi o responsável que identificou os suspeitos de atuarem nos ataques registrados em Criciúma. Da mesma forma, adolescentes estavam entre os executores dos crimes.
Trio nega participação em facção criminosa
– A motivação (da atuação de adolescentes) é a inimputabilidade (que não tem responsabilidade). Eles sabem que nada será feito contra eles.
Em depoimento, o trio negou que faça parte do Primeiro Grupo Catarinense (PGC), como ocorreu com os envolvidos nos ataques em Criciúma ano passado. Porém, de acordo com o delegado, os três detidos teriam confessado participação. Apesar da alegação dada pelos suspeitos, o delegado acredita que o ato está ligado à insatisfação do presos com a greve dos agentes prisionais no Estado:
– Eles disseram que viram que tinha queimado um ônibus antes e quiseram também colocar fogo para não ficar para trás. Mas provavelmente veio uma ordem em represália à greve que estava ocorrendo naquele dia, já que os presos estavam com benefícios suprimidos.
Na série A Máfia das Cadeias, publicada em abril de 2013, o DC mostrou que há um cartilha para divulgar as diretrizes a serem seguidas para que os adolescentes possam ascender dentro da organização criminosa.

 

ASSUNTO: EMBRIAGUEZ

VEÍCULO: Diário Catarinense

Diretor de trânsito é preso

O diretor de trânsito da prefeitura de Jaraguá do Sul, Rogério Kumlehn, foi preso em flagrante pela Polícia Militar, acusado de dirigir sob o efeito de álcool. O diretor recusou-se a fazer o teste do bafômetro e foi levado à delegacia, onde assinou o auto de prisão. Ele pagou a fiança no valor de R$ 3.620 e foi liberado.
Kumlehn, ex-comandante da PM de Jaraguá do Sul, afirma que não estava embriagado. Ele foi detido na noite de terça-feira e contou que voltava de uma partida de futebol às 20h quando foi abordado por uma guarnição.
– Os policiais pediram que eu apresentasse meus documentos e saísse do carro. Então disseram que eu estava embriagado. Não vi necessidade do bafômetro, preferi ir direto para a delegacia, pois não confiei no procedimento destes policiais. Tenho como provar que sai do futebol e fui direto para casa – informou Kumlehn.
Segundo o diretor, a ação seria uma tentativa de desabonar sua imagem, relacionada ao caso que resultou no afastamento do comando do 14o Batalhão da Polícia Militar, de Jaraguá do Sul. Em 2011, Kumlehn era comandante da instituição na cidade. Uma gravação foi divulgada na qual ele teria feito críticas a policiais civis e a um promotor de Jaraguá do Sul. O episódio fez com que fosse exonerado do cargo e transferido para Florianópolis. Ele aposentou-se e hoje está na reserva remunerada da PM. Em 2013, Kumlehn assumiu o cargo de diretor de trânsito da prefeitura de Jaraguá do Sul, depois de um pedido do prefeito Dieter Janssen.
Um oficial do 14o Batalhão foi chamado ao local da ocorrência para realizar a condução de Kumlehn à delegacia. Esse é um procedimento padrão na instituição, já que a condução de policiais militares só pode ser feita por oficiais de patente igual ou superior.
O diretor de trânsito afirmou que irá abrir um processo administrativo junto à 5a região da PM, em Joinville.
A comunicação do 14o Batalhão reafirmou as informações da ocorrência, de que, na leitura da guarnição, Kumlehn estaria sob o efeito de álcool.

 

ASSUNTO: ROUBO DURANTE ENTREVISTA

VEÍCULO: Diário Catarinense

Mulher é atacada no Rio

Durante entrevista para uma equipe da TV Globo, uma mulher foi alvo de uma tentativa de roubo no Rio de Janeiro. A gravação estava sendo feita na Avenida Presidente Vargas, no Centro do Rio, na tarde de ontem.
Na entrevista, a mulher falava sobre a incidência de roubos naquele trecho, quando um jovem tentou roubar o colar usado por ela. A cena, registrada pelo cinegrafista, mostra o momento em que o rapaz leva a mão ao pescoço da vítima. Na sequência, o repórter chega a correr atrás do jovem por alguns metros.
– Chegou a arranhar o meu pescoço. Fiquei até nervosa – disse a mulher ao repórter.
A reportagem exibida no RJ TV, ontem à noite, mostrou uma série de outros roubos cometidos por adolescentes na mesma avenida, no trecho próximo à estação Central do Brasil, um dos pontos mais movimentados do Centro do Rio. A tentativa de roubo foi mostrada pelo Jornal Nacional.
O responsável conseguiu escapar sem levar a corrente da vítima