Área do associado

Área do associado

O PIONEIRO

5.2.2012

 

O PIONEIRO

 

Esta história começou há tempo. Quem a viveu sabe contá-la muito bem. Certo dia, ela tomou a forma ideal. Foi forjada a seis mãos no interior do gabinete do Diretor de Instrução e Ensino. Este magnífico encontro reuniu o Cel PM Fernando Rodrigues de Menezes, Presidente do CBVO, o Cel PM Marlon Jorge Teza, Presidente da FENEME e o Cel PM Fred Harry Schauffert, Presidente da ACORS para juntos, lavrarem os vocábulos que deram forma à Lei da Promoção Merecida por Tempo de Serviço ou Requerida. Inúmeras foram as pressões sofridas para apressar a tramitação de tal matéria, principalmente por parte dos diversos Oficiais interessados. Muitas idas e vindas aos órgãos estatais em que tramitava o processo. Dias, meses e anos passaram. Conversas, tratativas, promessas, acordos, arquivamento, desarquivamento, resgate e novo périplo na busca de um direito. Inúmeras foram as planilhas elaboradas pelo Ten Cel PM Sérgio Luiz Sell e sua equipe para demonstrar o impacto financeiro. Incompreensão de muitos que ávidos por usufruir deste direito, lançavam anátemas contra os Diretores e Assessores da ACORS. Após longa e penosa tratativa de resgate, os candidatos receberam um precioso maná. Foi consolidado o direito, basta agora usufruí-lo, pois no dizer de Charles Chaplin: “Todos somos figurantes. A vida é tão curta que não dá para mais”. Já Ernesto Sábato reforça afirmando que: “A vida é tão curta e o ofício de viver tão difícil, que quando alguém começa a aprender, já está na hora de morrer”.

 

Aproveitando este momento sublime, a ACORS enaltece a maneira tranqüila com que procedeu o Ten Cel PM Carlos Roberto Scariot, na busca do seu direito adquirido. Sem alardes, foi o pioneiro no exercício da “Promoção Merecida por tempo de Serviço”. A ele, extensivo a sua esposa e filhas, desejamos pleno sucesso, agora retirado das lides policiais militares. Agradecemos todo o seu empenho na jornada laborativa que empreendeu ao longo dos anos, desde meados da década de oitenta, quando chegou jovem Aspirante-a-Oficial no 8° BPM de Joinville. Sua trajetória profissional permitiu que chegasse a galgar o último Posto da Corporação, objetivo inatingível para muitos, até dias atrás.

 

Coragem! Aproveite o dia!

 

 A Diretoria da ACORS