Área do associado

Área do associado

Clipping do dia 30 de janeiro

30.1.2012

 

Clipping 24 de janeiro

MÍDIAS DE SANTA CATARINA

 

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Visor

Assunto: Maconha na Lagoa

                 Delegada

 

FUMO NA LAGOA

Pessoal do 4º BPM apreendeu neste final de semana cerca de 20 pés de maconha em um condomínio de luxo na Lagoa da Conceição. Flagrantes da erva na região não chegam a ser nenhuma novidade, mas o que chamou a atenção da PM foi o cuidadoso cultivo da planta, mantida numa espécie de estufa com exemplares de vários tamanhos e espécies.

O produtor tem pouco mais de vinte anos, é estudante de Direito, classe média alta, e com várias passagens na polícia envolvendo o porte de drogas.

 

LINHA DURA

Sexta à tarde o secretário de Estado da Segurança César Grubba passava de carro próximo à Rio Branco quando teria ouvido os disparos efetuados pela delegada Ana Silvia Serrano para prender um advogado foragido na movimentada avenida de Floripa. Quem viu a perseguição diz que foi cena de cinema, exigindo seis homens para dominar o acusado. A operação, apesar do risco, foi um sucesso. A delegada, com apenas 26 aninhos, mostrou que não está para brincadeira em serviço.

____________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Geral

Assunto: Rodovias Estaduais

 

Recorde de mortes em 17 anos

Em 2011 foram mais de 11 mil acidentes com 357 vítimas fatais. A SC-401, na Capital, está entre as vias mais perigosa de SC

Homens, jovens e com pouca experiência no volante foram as principais vítimas dos acidentes nas rodovias estaduais no ano passado. Das 357 mortes, 293 eram do sexo masculino e tinham menos de 40 anos.

Conforme as estatísticas da Polícia Militar Rodoviária (PMRv), desde 1995, quando o órgão passou a ter dados mais detalhados das estradas estaduais, não eram registradas tantas mortes. Em 2011, foram 11.074 acidentes nas SCs. A média foi de 29 mortes por mês. Marca que já foi superada este ano no Estado.

Isso porque o mês de janeiro ainda nem terminou e já tem um saldo de 32 vítimas fatais e 829 acidentes. Em comum com as outras tragédias, a maioria aconteceu em dias de tempo bom.

Em 2011, mais de 70% foram registradas durante períodos claros e de boa visibilidade. É quando o motorista tem uma falsa sensação de segurança e perde o medo de ultrapassar os limites.

E essa falta de responsabilidade permite ainda o casamento perigoso entre o volante e o álcool. O que pode justificar que a maioria dos acidentes do ano passado tenha ocorrido aos sábados, quando as festas e reuniões entre amigos lotam as agendas dos motoristas.

No levantamento da PMRv, sobra espaço, também, para a falta de experiência e o excesso de autoconfiança.

Embora grande parte das pessoas acredite que o período mais crítico de direção é o primeiro ano após a emissão da carteira de motorista, quando a licença é provisória, os dados mostram que o cuidado precisa ser estendido. Tanto que 44% dos acidentes em 2011 envolveram pessoas com menos de 10 anos de habilitação. O que comprova que a prática ainda faz diferença na hora de pegar a estrada.

 

Carros estão entre os veículos mais envolvidos em acidentes

A junção de todos esses fatores resultou em um aumento de 3% dos acidentes nas SCs, em relação a 2010. Os automóveis são os maiores envolvidos, presentes em 58% das ocorrências. A maioria dos mortos, 66% do total, estava conduzindo o veículo.

A má condição das estradas não aparece como fator determinante nas causas dos acidentes listados pela PMRv.

Porém, em alguns casos, os buracos resultam em saídas de pista, que representam 19% das estatísticas de 2011. Algumas rodovias, embora com asfaltos conservados, figuram entre as que mais matam no Estado. Uma delas é a SC-401, em Florianópolis, considerada entre as SCs mais perigosas. Em apenas cinco quilômetros da via, 15 pessoas perderam a vida em 2010.

Na lista das rodovias mais severas em Santa Catarina, também estão a SC-411, entre Gaspar e Tijucas, no Vale, e a SC-474, em Blumenau, onde morreram 16 pessoas em 2010.

 

Números refletem a imprudência

Conforme Rudimar Nora, instrutor de uma autoescola em Joaçaba, no Meio-Oeste, a morte de homens jovens está ligada principalmente ao consumo de álcool e ao excesso de velocidade. Ele reitera que, no Brasil, 68% dos acidentes são resultado de imprudência ao volante.

O fato de os homens se envolverem em maior número de acidente, e também liderarem as estatísticas de mortes nas rodovias estaduais, estaria ligado também ao excesso de autoconfiança na hora de dirigir. Isso faz com que o motorista ultrapasse os limites.

A falta de respeito às regras de trânsito é outro fator, segundo os dados da PMRv, que ajuda a engrossar as estatísticas negativas no Estado. Muitos motoristas não sabem, por exemplo, que é proibido ultrapassar mais de um carro por vez.

– Ultrapassar é uma manobra muito perigosa, mas permitida em alguns locais. Só que muita gente esquece que deve superar a velocidade de um carro por vez, como prevê o Código Nacional de Trânsito – explica o instrutor.

Outra parte dos números está relacionada com os chamados motoristas de férias, que não têm o hábito de pegar a estrada. A falta de experiência em rodovias e o desrespeito às regras de segurança resultam em notícias tristes para as famílias. E as tragédias não estão relacionadas apenas à morte nas rodovias. Segundo Nora, entre 20 pessoas que sofrem acidentes no Brasil, apenas uma é vítima fatal. Porém, outras seis ficam com sequelas e têm partes do corpo paralisadas.

 

Faltam campanhas educativas

Assim como em outras áreas, o segredo para melhorar o trânsito nas rodovias estaduais estaria escondido em campanhas educativas consistentes. O trabalho é demorado, pela dificuldade em mudar velhos hábitos dos motoristas, e necessita investimentos.

O presidente do Movimento Nacional de Educação no Trânsito (Monatran), Roberto Bentes de Sá, salienta que parte do dinheiro arrecadado com as multas poderia suprir a demanda desta área. Ele relembra que, atualmente, apenas uma semana por ano é dedicada à conscientização nas estradas.

– Não adianta uma semana nacional do trânsito por ano, sendo que as pessoas circulam pelas estradas todos os dias – critica.

Outro fator que poderia diminuir as estatísticas negativas, segundo Sá, é o aumento de áreas vigiadas nas rodovias. Ele garante que, como além de poucos radares também há baixo efetivo policial, os motoristas se sentem livres para cometer infrações.

Outra sugestão dada pelo presidente do Monatran está ligada à formação dos motoristas, que reflete nos altos índices de acidentes nas rodovias. Isso porque a maioria aprende a dirigir apenas em vias urbanas e sai da autoescola sem nenhuma experiência em locais onde a atenção deve ser redobrada. Quanto ao fato de a maioria dos acidentes serem protagonizados por homens ao volante, ele diz que a mulher é mais cuidadosa e, por isso, quase não se envolve em batidas. Conforme Sá, a responsabilidade sempre anda de carona com as motoristas.

_____________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Geral

Assunto: Gerais

 

Sete morrem no final de semana

Pelo menos sete pessoas – todos homens entre 21 e 31 anos – morreram no trânsito catarinense neste final de semana. Um deles é Josue Vilmar Dresseno, 25, que morreu na BR-116, em Mafra, depois da batida entre o Palio, que dirigia, contra um caminhão.

O acidente foi por volta das 4h30min de sábado. Duas horas depois, Luciano May, 29, morreu na BR-470, em Gaspar. Ele dirigia um Clio. O carro saiu da pista e capotou. A passageira Juliana Daniele May, 29, teve lesões graves.

O outro acidente com morte no sábado foi em Correia Pinto, na BR-116. Por volta das 16h10min, um Fusca capotou no km 230. Fábio Moares, 31, era passageiro a morreu. O condutor, que não teve o nome confirmado pela Polícia Rodoviária Federal, teve ferimentos graves. Um segundo passageiro, Jaison Macedo, teve lesões leves.

Em São Bento do Sul, Diego Zierhut, 21, morreu depois de que o Gol, que dirigia, caiu em um barranco, na Avenida Prefeito Ornith Bollmann. O acidente foi por volta das 1h30min de sábado.

 

Ontem, em Florianópolis, o motociclista Gian da Silva, 21, morreu na Cachoeira do Bom Jesus, Norte da Ilha. De acordo com a Polícia Militar, ele vinha dos Ingleses em uma Yamaha na Rua Leonel Pereira às 12h15min, quando tentou ultrapassar um Ecosport.

O motorista do carro, porém, tentou cruzar a pista, próximo ao restaurante Bokas. Gian não teria percebido o sinal, acabou batendo no veículo e colidindo contra um poste. O homem chegou a ser socorrido pelos Bombeiros, mas morreu no local.

O outro acidente, ontem, com vítima fatal foi em Gaspar, na SC-411. Leandro Berns, 23 anos, dirigia um Voyage e bateu em uma construção. Ele não resistiu ao impacto e morreu no local.

No final da tarde de domingo um homem morreu na SC-493 no município de Bel Monte

 

Três casos registrados nas praias da Capital

As praias da Capital registraram três afogamentos no sábado. O primeiro foi no Campeche, Sul da Ilha. Paulo Cesar de Andrade, 54 anos, se afogou e foi atendido pelos socorristas do helicóptero Arcanjo dos bombeiros, por volta das 10h. Ele foi levado à Unidade de Pronto Atendimento. Às 15h, duas adolescentes de Foz do Iguaçu (PR), também se afogaram. Juliana Mendes, 26, e uma jovem de 17 anos, estavam mergulhando na Praia do Moçambique. Juliana foi levada ao Hospital Universitário e a adolescente a uma UPA.

 

 

Rompimento de adutora contamina a Meia Praia

O rompimento de uma adutora durante obras da Autopista Litoral Sul na Marginal Oeste, em Itapema, causou vazamento de esgoto nas areias da Meia Praia. O trecho entre as ruas 205 e 207 precisou ser interditado pela prefeitura.

A área está sendo monitorada, e ainda não há previsão exata de quando poderá ser liberada novamente aos banhistas.

As obras da Autopista Litoral Sul eram feitas por uma empresa terceirizada. A concessionária, que administra o trecho Norte da BR-101 no Estado, ainda não se manifestou oficialmente sobre o ocorrido, e não informou qual a empresa que executava o serviço.

Um relatório contendo a extensão dos danos à praia será finalizado hoje pelo município.

A empresa responsável pelo vazamento deverá ser multada por crime ambiental, segundo explicou o diretor do Departamento de Regulação e Controle de Itapema, Jacir Antônio Rambo.

____________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Moacir Pereira

Assunto: Desmonte do PSDB

 

O desmonte do PSDB

Dois fatos políticos marcaram o aniversário do deputado federal Marco Tebaldi, no fim de semana, em Itapema: 1. A presença expressiva de parlamentares e líderes do PMDB, em especial, de Joinville; 2. Os primeiros sinais de realinhamento no PSDB.

O tucanato catarinense está sem pai e nem mãe. Dividido em várias correntes, ficou sem comando. O presidente estadual, Leonel Pavan, não consegue realizar reunião da Executiva com um mínimo de parlamentares. Não tem, também, canal com o governador Raimundo Colombo. O senador Paulo Bauer, que se afastou ao se considerar desprestigiado na formação do atual governo, acompanha de camarote o esvaziamento partidário na atual gestão. A bancada estadual, que teve maior atuação nas indicações para o primeiro escalão, trabalha dividida há meses. Além disso, o líder Dado Cherem tenta uma audiência com o governador para saber da reforma do secretariado e não consegue agenda. A bancada federal está em conflito aberto com o comando partidário. O deputado federal Jorginho Mello pediu a destituição de Leonel Pavan da presidência do PSDB. E trabalha agora pelo cancelamento da filiação partidária. Os prefeitos declaram-se na orfandade. Os que têm como aliados deputados estaduais atuantes conseguem convênios. Os vereadores estão mais perdidos do que cegos em tiroteio, justamente pela ausência de porta-voz.

O líder Dado Cherem encontra-se em viagem particular em Londres. Tirou 10 dias de férias. O telefone no exterior não para. Correligionários de Santa Catarina querendo notícias sobre as mudanças no governo e a provável perda de espaço dos tucanos.

 

 

REALINHAMENTO

Os últimos acontecimentos políticos estão produzindo dois fatos novos no PSDB catarinense: de um lado, esforços de seus líderes de realinhamento para uma ação mais forte no governo estadual; de outro, oxigenação na proposta de começar a trabalhar sobre projeto próprio nas eleições municipais deste ano, com vistas à eleição governamental de 2014.

A festa de aniversário de Marco Tebaldi deu um indicativo do realinhamento. Lá estava, por exemplo, o presidente Leonel Pavan que, segundo testemunhas, fez um discurso forte de apoio ao secretário da Educação que está deixando o cargo. Impossível ignorar o significado político destes gestos, sabendo-se que Marco Tebaldi assinou com Jorginho Mello o pedido ao diretório nacional de substituição de Leonel Pavan na presidência do PSDB.

Compareceu, também, o senador Paulo Bauer. Declarou neste fim de semana que não apoiará candidatos do PSD nas próximas eleições. Problema à vista em Joinville. PSD é o partido do governador. Enfatizou que só tem um projeto político: eleger um tucano presidente da República. Para tal, não hesitaria em disputar o governo do Estado em 2014, se for para dar palanque à candidatura presidencial de seu partido.

O deputado Marcos Vieira segue na mesma linha. Circulando pelos municípios do Oeste durante todo o mês de janeiro, em reuniões com tucanos, mandou recados no Twitter, com críticas ao governador, sobre a fritura sofrida pelos secretários tucanos. Em Ipira, onde realizou encontro no sábado com mais de 100 lideranças de 16 municípios, confirmou que apoia candidatura de João Batista Nunes à prefeitura de Florianópolis. E anunciou a disposição de candidatar-se a vice-prefeito se for para executar um projeto estadual. A falta de comando e a desestruturação do PSDB são fatos. A saber como ficará depois da reforma do secretariado.

____________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Polícia

Assunto: Vara regional será instalada em São José

 

 

 

Vara regional será instalada em São José

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ/SC) instala hoje, em São José, na Grande Florianópolis, a vara regional de Execuções Penais com a expectativa de agilizar processos de detentos que cumprem pena na Grande Florianópolis. A nova estrutura receberá cerca de 5 mil processos de presos da Penitenciária de São Pedro de Alcântara e da Colônia Penal Agrícola de Palhoça, que tramitavam na vara de execução penal de Florianópolis. Está marcada uma solenidade para às 11h de hoje.

____________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Polícia

Assunto: Polícia mata jovem em confronto

 

Polícia mata jovem em confronto

Um jovem de 19 anos foi morto pela Polícia Militar, sábado de madrugada, na casa de campo do técnico Larri Passos, no Bairro Rio Pequeno, em Camboriú. De acordo com o boletim policial, ele foi flagrado no momento em que furtava equipamentos eletrônicos da residência e trocou tiros com os policiais. A família não estava no local no momento.

Segundo a polícia, o jovem estava na companhia de dois homens, que se embrenharam no mato durante a troca de tiros e conseguiram fugir. Com o morto foi encontrado um revólver calibre 38 com sinais de que havia sido disparado. A arma e os objetos que teriam sido retirados da casa foram recolhidos pelos policiais.

O corpo foi identificado como Maicon da Silva Borba. A reportagem tentou entrar em contato com a família, mas a Polícia Civil e o IML não souberam informar os contatos.

A casa de campo onde ocorreu a tentativa de furto fica na Rua Rio Guaíra, junto ao centro de treinamento que Larri mantém em Camboriú. Carla França, mulher do técnico, elogiou a rapidez com que a polícia chegou ao local, mas informou que a família não deve se manifestar sobre o ocorrido por enquanto.

____________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Polícia

Assunto: Turistas furtados na chegada

 

 

Turistas furtados na chegada

Ladrões levaram objetos de carro de casal argentino que pedia informações no portal turístico

Ao entrar em Florianópolis e ver a placa do portal turístico, nas margens da Via Expressa (BR-282) o casal de argentinos parou o carro em busca de informação. Na volta, menos de 10 minutos depois, a surpresa: ladrões estouraram o vidro e furtado os pertences dos turistas antes de entrarem na Ilha.

Os namorados estrangeiros saíram assustados ao ver o veículo arrombado e gritaram por ajuda. Guardas municipais, que ficam no portal, viram um Fiesta prata saindo em alta velocidade e foram atrás. Após perseguição, eles conseguiram parar o carro no Jardim Atlântico e prenderam em flagrante os arrombadores com os objetos. O furto aconteceu por volta das 16h30min. Os jovens argentinos estavam em uma Saveiro. É a primeira vez que passam a temporada em Santa Catarina. Na 4ª Delegacia de Polícia, em Coqueiros, onde fizeram o boletim de ocorrência, os dois mostravam o nervosismo com o episódio:

 

– Não conhecemos nada aqui. Vi o portal turístico e perguntei como fazia para chegar em Canasvieiras. Quando voltei, o carro estava arrombado – lamentou o turista, que preferiu não ter o nome identificado.

Os arrombadores levaram joias, máquinas fotográficas, dinheiro, roupas, o GPS dos argentinos e fugiram num Fiesta pelo Bairro Estreito. Graças à rápida ação da Guarda Municipal, eles recuperaram todos os pertences menos de uma hora depois.

– Vimos o carro em disparada e fomos atrás com quatro viaturas. Montamos um cerco com segurança e conseguimos pará-los. Dentro do carro estavam os objetos e uma mala de outro furto na Avenida Beira-Mar – disse Rodrigo Bassi Astromecas, chefe de operações da Guarda Municipal.

Os três presos foram encaminhados à Central de Polícia, onde seriam autuados em flagrante por furto. Douglas da Silveira, 27 anos, um dos presos, era o motorista do Fiesta. Ele confessou à reportagem que havia feito o arrombamento no portal turístico, mas negou outros crimes.

Os guardas municipais afirmaram que há uma onda de arrombamentos em veículos. Os ladrões agem com outro carro, escolhem o alvo e descem para arrombar. Geralmente, abrem as fechaduras com chave de fenda ou estouram o vidro. Ontem, um casal teve o Celta arrombado em frente ao trapiche da Beira-Mar Norte.

____________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Polícia

Assunto: Quatro fogem de unidade no Meio-Oeste

 

Quatro fogem de unidade no Meio-Oeste

Quatro adolescentes fugiram do Centro de Atendimento Socioeducativo Provisório (Casep) de Caçador, no Meio-Oeste catarinense, por volta das 12h30min de ontem. Um foi recapturado.

A fuga ocorreu depois que um dos internos utilizou uma faca para render o monitor, ordenando que a porta do Centro fosse aberta. Ele também furtou o celular do funcionário do Casep.

Conforme a Polícia Civil, dois menores que fugiram são de Florianópolis e haviam sido transferidos para o Meio-Oeste havia uma semana. Um deles responde por tentativa de homicídio contra dois policiais da Capital.

No Casep de Caçador, sete jovens estavam internados no momento da fuga. A polícia faz buscas na região para tentar recapturar os três internos que continuavam foragidos até as 16h30min de ontem.

____________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Polícia

Assunto: Prisão

 

 

Casa de luxo e uma BMW na garagem

Preso no sábado, em Campos do Jordão (a 181 km de São Paulo), o traficante Fabiano Atanazio da Silva, o FB, foi apresentado no início da tarde de ontem no prédio da chefia da Polícia Civil, no Centro do Rio de Janeiro.

O criminoso comandava o tráfico nas favelas do complexo da Penha, na zona norte do Rio. Além de FB, foram presos Luis Claudio Serrat, o Claudinho CL – que atualmente estava à frente do tráfico de drogas nos morros do Cajueiro e Congonhas, em Madureira – e um suposto traficante de São Paulo.

A prisão foi efetuada por oito policiais e não houve resistência.

Na casa onde FB foi encontrado, também estavam dois filhos dele e uma babá. A casa de luxo no Bairro de Alto Capivari, em Campos do Jordão, foi alugada por R$ 18 mil, por intermédio do suposto traficante de São Paulo também preso. Na garagem do imóvel havia uma BMW e uma moto R1. O bandido confessou, em conversa informal, ser o responsável pela fuga de criminosos do Complexo do Alemão, em novembro de 2010. Ex-chefe do tráfico na Vila Cruzeiro, no Complexo da Penha (zona norte), FB era um dos bandidos mais procurados pela polícia do Rio. Ele foi preso em 2002, mas fugiu três meses depois do Complexo de Bangu.

____________________________________________________________________

Veículo: Notícias do Dia

Editoria: Segurança

Assunto: Suspeito preso em São José é transferido para São Paulo

 

 

Suspeito preso em São José é transferido para São Paulo

Paraná tem passagens por tráfico de drogas, sequestro e cárcere privado, corrupção de menores, motim de presos, homicídio e tentativa

Preso em São José, Adelson não ofereceu resistência

O suspeito de matar um policial e ferir outro em frente à boate Love Story, no centro de São Paulo, foi transferido neste sábado para o 77º Distrito Policial, em Santa Cecília (zona oeste de SP).

Adelson Aparecido Tomaz, que havia sido preso na última sexta-feira (27) na cidade de São José (SC), chegou em São Paulo pela manhã e passou por exames de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal).

 

O crime aconteceu no dia 21 de novembro do ano passado.

Conhecido como Paraná, Adelson é suspeito de ter atirado contra o PM José de Jesus Soares, 42, que estava em frente à casa noturna e morreu. O PM Márcio Martins que também estava no local, foi baleado pelas costas e ficou paraplégico.

Segundo informações da SSP (Secretaria de Segurança Pública), o suspeito foi preso pela corregedoria da PM e tem passagens por tráfico de drogas, dano, sequestro e cárcere privado, corrupção de menores, motim de presos, homicídio e tentativa de homicídio.

De acordo com a SSP, o crime ocorreu depois que Paraná foi colocado para fora da boate e discutiu com seguranças do local.

Momentos depois da briga, quando os dois policias estavam fora do estabelecimento, ele disparou contra as vítimas e fugiu.

A polícia ainda não sabe o que motivou o crime, já que as imagens não mostram discussões entre os acusados. As investigações, no entanto, trabalham com a suspeita de que o autor dos disparos já sabia que Soares era policial. Ele não estava fardado no momento do crime.

 

Outros dois suspeitos

Na última segunda-feira (23), um segundo suspeito de ter participado da morte do PM se apresentou à polícia.

Segundo o delegado Antônio Luis Tukumantel, responsável pelo caso, ele dirigiu o veículo usado na fuga. Apesar de ter se entregado, a Justiça não concedeu a prisão temporária ao acusado, que vai responder em liberdade. Em depoimento, ele teria dito que não era amigo dos outros dois suspeitos.

O terceiro suspeito identificado, Thiago Narras Ribeiro, está foragido e teria furtado a arma do PM que ficou ferido.

____________________________________________________________________

Veículo: Notícias do Dia

Editoria: Hélio Costa

Assunto: Planejamento Orçamentário 2012 para a SSP

                 Policiais

 

Secretário César Grubba vai a Brasília apresentar orçamento 2012 para a SSP

Ele vai reivindicar mais recursos, que nos últimos anos não teve o tratamento que deveria, para dar continuidade aos programas de segurança

Planejamento orçamentário

O secretário da Segurança Pública, o promotor de justiça César Grubba, Pública, estará em Brasília amanhã onde participa da primeira reunião do ano, convocada pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Em pauta, o planejamento orçamentário de 2012 para a Segurança Pública. Grubba vai reivindicar mais recursos para Santa Catarina que nos últimos anos não teve o tratamento que deveria.  A intenção é captar  aportes financeiros  para dar continuidade ao programas de videomonitoramento,  construir mais delegacias, quartéis, adquirir armamento, colete balísticos, equipamentos eletrônicos, enfim, aparelhar a segurança pública. Vamos torcer para que o secretário consiga convencer o ministro da Justiça. Participam da reunião todos os secretários estaduais de segurança do país e a Secretária Nacional da Segurança Pública, Regina Miki.

 

Secretaria da Segurança Pública está com uma boa safra de policiais

Delegado Jóca está mandando bem na 8ªDP.Marcus Frailer e Luís Felipe são revelações na Delegacia de Roubos,isto sem falar dos oficiais PMs

Boa safra de policiais

A Secretaria de Segurança Pública está com uma boa safra de policiais. São delegados, oficiais e agentes que tem têm mostrado por que vieram. Em minhas rondas diárias à caça de notícia tenho percebido a movimentação destes novos tiras. O delegado carioca Antônio Cláudio Seixas Jóca, que trouxe o know how do Rio de Janeiro, onde era agente, está mandando bem como delegado chefe da equipe de investigação da 8ª DP  com uma média de três flagrantes por semana. Na 2ª DP de José, o brasiliense Manoel José é delegado de uma simplicidade gigante e um feeling apurado. Marcus Frailer e Luis Felipe Rosado, da Delegacia de Repressão a Roubos, e o quieto Thiago da 2ª DP do Saco dos Limões, além de Atílio Guaspari da DP de Palhoça completam a relação da boa safra de tiras, isto sem falar dos novos oficiais PMs que fazem o patrulhamento ostensivo e preventivo na cidade.

 

 

 

 

BLOGS

 

 

Moacir Pereira

 

Promoções de oficiais na PM-SC

A Comissão de Promoção de Oficiais (CPO) divulgou a lista dos oficiais que serão promovidos a partir de 31 de janeiro de 2012:

A Coronel, por Merecimento, os tenentes coronéis Calixto Antonio Fachini e Reinaldo Boldori.

A Coronel, requerida, Carlos Roberto Scariot

A Tenente-Coronel, por merecimento, os majores Osvaldir José Kassburg, Emerson Neri Emerin e Jorge Nelson de Carli.