Área do associado

Área do associado

Clipping do dia 28 de dezembro

28.12.2012

 

Clipping do dia 24 de dezembro

 

MÍDIAS DE SANTA CATARINA

 

 

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Geral

Assunto: Gerais

                  

Temporais cortam energia

Os meses de dezembro, janeiro e fevereiro são aqueles em que mais a população sofre com a falta de energia elétrica. Além do aumento no consumo, a frequência de temporais e vendavais pelo Estado tornam o período crítico para a Celesc. Foi o que aconteceu na quarta-feira em cidades catarinenses. Cerca de 56 mil unidades consumidoras ficaram sem luz depois que fortes ventos varreram as regiões com descargas elétricas e rajadas de até 90 quilômetros por hora.

Para reduzir os impactos das condições climáticas sobre a rede elétrica, a Celesc realiza a Operação Verão, contratando pessoal extra. Nesse ano, foram chamadas 30 equipes com 105 eletricistas. Além disso, a Celesc dobrou, nos últimos dois anos, os investimentos com poda e roçada.

– Nessa época do ano, a maioria dos problemas com a rede está associada ao lançamento de objetos como árvores, galhos e placas sobre a rede – diz o diretor de Distribuição, Cleverson Siewert.

Pelos cálculos da Celesc, no final da tarde de ontem todas as unidades estavam com a energia restabelecida. O problema começou depois que o mau tempo atingiu Tubarão, deixando 2.085 unidades consumidoras sem luz a partir das 14h21min.

Nas praias de Jaguaruna e Campo Bom no Sul do Estado foram mais de cinco mil unidades sem energia elátrica no período entre 20h e 22h46min, após o temporal. Na Grande Florianópolis, os problemas no sistema elétrico começaram em torno das 15h30min.

 

Defesa Civil lança alerta de chuva

Previsão é de precipitação acima da média hoje e amanhã em SC, com risco de alagamentos e deslizamentos de terra

A Defesa Civil informa que os moradores devem ficar em alerta a partir de hoje. Os acumulados de chuva nos próximos dias estarão entre 80 e 160 milímetros, com potencial para causar enxurradas, deslizamentos e alagamentos especialmente no Litoral e Vale do Itajaí.

A previsão indica que pode chover a qualquer hora do dia hoje e manhã. Os ventos hoje podem chegar a 70 km/h em alto-mar, o que desfavorece a navegação.

Segundo a Defesa Civil, o vento sul persistente e forte pode deixar o mar alterado, com ondas entre um, e um metro e meio picos mais altos, entre 3 e 4 metros. No decorrer da tarde, a chuva deve persistir no Litoral Sul.

A recomendação da Defesa Civil é de que, no caso de ventos fortes ou tempestades, as pessoas devem procurar abrigo em locais seguros e não transitarem em áreas abertas, próximo de árvores, placas ou objetos que possam ser arremessados.

No caso de alagamentos, é indicado evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados.

Se houver granizo, é aconselhável que as pessoas busquem proteção em lugares com boas coberturas, fechar janelas e portas e não manusear nenhum equipamento elétrico ou telefone devido aos raios e relâmpagos.

 

Pessoas devem deixar as casas se houver risco

Em áreas com deslizamentos, deve ser observado qualquer movimento de terra ou rochas próximas e a inclinação de postes e árvores. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil ou o Corpo de Bombeiros.

O tempo só deve mudar amanhã, devido a uma massa de ar seco que avança pelo Uruguai e Rio Grande do Sul. O fenômeno favorece a abertura de sol, mas ainda pode chover.

No domingo, o sol deve aparecer em boa parte do dia, com pancadas de chuva. Para o Ano-Novo, a previsão indica tempo firme, sem chuva significativa.

 

Prédio de academia vem ao chão

O vendaval que atingiu o Estado na quarta-feira continua trazendo prejuízos. Em Camboriú, as paredes de uma academia, que ficava em cima de uma casa, vieram abaixo por volta das 16h30min.

– Por ser período de férias, não havia ninguém no local – contou Zuleima da Silva, mãe do proprietário.

No Bairro Santa Regina, a parede de uma construção caiu sobre uma residência. Cerca de 60 casas na cidade sofreram com destelhamentos.

Uma das seis pessoas que ficaram feridas com a queda de tenda no Sky Beach Club, em Balneário Camboriú, permanecia internada ontem. Em Barra Velha, um adolescente de 17 anos morreu ao ser atingido por uma árvore na noite de quarta-feira.

_____________________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Reportagem Especial

Assunto:  BR 101

 

Escolha a hora de pegar a BR-101

Antes de encarar a estrada para curtir as festas de Ano-Novo é importante seguir as dicas da PRF sobre o melhor horário para viajar. Evitar filas diminui o cansaço, o estresse e, como consequência, o risco de acidentes

O primeiro exercício que os turistas farão neste feriadão de Ano-Novo será o da paciência. E a calma que se pede no trajeto de ida esta semana tem de ser ainda maior no da volta. Em 1º de janeiro é esperado o dia de maior movimento nas rodovias que cortam o Estado, principalmente na BR-101, principal via de acesso ao litoral catarinense.

A previsão se justifica porque os motoristas chegam em horários e dias diferentes, mas saem todos na mesma data. Pista livre, somente na madrugada de 2 de janeiro.

O superintendente da Polícia Rodoviária Federal em SC, Silvinei Vasques, informa que o trânsito só será mais tranquilo entre a meia-noite e às 6h.

Fora deste período, já não existem mais horários em que a BR-101 esteja livre. Os motivos variam de região para região. Pode ser falta de duplicação, obras e até pouca infraestrutura nas cidades, que fazem a rodovia se transformar numa via urbana.

O professor e doutor em engenharia de trânsito José Lélis explica que rodar de madrugada é uma alternativa para quem vive perto dos locais de veraneio. Ele ressalta a necessidade de conscientização dos motoristas e lembra que nesta época do ano há filas em todos os lugares:

– É importante manter a calma e evitar manobras ilegais, como trafegar pelo acostamento ou forçar ultrapassagens. Os viajantes que pegarem a estrada precisam estar conscientes de que não devem tentar descontar no acelerador o tempo parado – adverte.

 

Grande Florianópolis é campeã de tráfego

O campeão de tráfego é São José, na Grande Florianópolis, onde chegam a circular 220 mil veículos diariamente, informa o superintendente da PRF. Vasques conta que deve haver pista livre somente em pequenos trechos, como o de Tijucas a Porto Belo e o de Barra Velha a Araquari.

O policial reforça a importância de não beber antes de dirigir. Foram presas 70 pessoas foram presas no feriadão de Natal pela nova lei de combate ao álcool, sancionada em 20 de dezembro pela presidente Dilma Rousseff.

 

Planejamento é importante para viajante

Silvinei Vasques/Superintendente da PRF

O superintendente da PRF, inspetor Silvinei Vasques, dá sugestões para deixar a viagem de Ano-Novo menos complicada.

 

Diário Catarinense – Como deve ser a preparação para viagem?

Silvinei Vasques – Antes de pegar a estrada é preciso planejar. Saber as condições das rodovias e programar os horários para transitar.

 

DC – Depois das festas, acabam as filas?

Vasques – Não, vamos ter problemas durante toda a temporada.

 

DC – Onde se informar?

Vasques – Pelo Twitter da PRF (@PRF191SC), que está em constante atualização, e pelos veículos de comunicação.

 

DC– Mais alguma dica?

Vasques – Não beba, e saia de casa com bastante paciência.

_____________________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Segurança

Assunto: Morte de estrangeiro

 

Burocracia atrasa traslado do corpo de norte-americano

Falta de documento impede a liberação de Shane Gaspard para enterro nos Estados Unidos

A burocracia impediu o traslado, nesta quinta-feira, do corpo do norte-americano Shane Gaspard, 43 anos, de Santa Catarina para os Estados Unidos. O engenheiro foi encontrado morto com uma facada no coração em uma festa na noite de Natal, em Penha, Litoral Norte.
A mulher de Gaspard e familiares dela passaram boa parte do dia em busca dos papéis necessários para a liberação. O processo é feito com a funerária Bom Pastor e é acompanhado pelo Consulado dos Estados Unidos em São Paulo.

Até o começo da noite, o corpo continuava sob responsabilidade da funerária. A ausência de um documento impedia o traslado ao Aeroporto de Guarulhos, em SP, onde seguirá para a cidade de Cut Off, na Louisiana, e será enterrado por seus familiares norte-americanos.
Gaspard morava com a mulher brasileira e os dois filhos dela em uma casa no Centro de Navegantes. Nos EUA, tinha um filho do primeiro casamento. A mulher, de 39 anos, natural de Santos (SP), e os familiares dela, não quiseram dar entrevistas.

Um deles, um homem de 32 anos, prestou depoimento à tarde ao delegado Rodolfo Farah, responsável pela investigação, na delegacia de Piçarras. Assim como a viúva, ele também estava na festa de Natal, numa casa que fica no Bairro Praia Alegre, em Penha.

Segundo o delegado, as sete pessoas que estavam na residência, além de outras, serão ouvidas. Farah afirma ainda ter dúvidas se o estrangeiro foi vítima de homicídio ou se houve suicídio. Ele aguarda os laudos do Instituto Médico Legal. Em conversa com um perito, o policial foi informado que a morte não foi instantânea.

Um ponto que intriga a polícia é o fato de a faca suja com sangue apreendida pela polícia ter sido localizada dentro da caminhonete de Gaspard – quando a polícia chegou à casa o corpo estava caído do lado de fora do carro, na casa em que havia a festa. O delegado comentou também que não havia sinais no local que indicassem suposta ação de defesa de Gaspard.
Uma das informações obtidas pela polícia e confirmada pela reportagem com vizinhos na Rua Comandante Francisco Dias, onde Gaspard morava com a mulher, é de que o casal brigava muito em casa. Consta na investigação o registro de uma recente agressão física do norte-americano contra a mulher. O DC apurou que o casal teria discutido durante a festa de Natal, mas a polícia não confirma.

Em Penha e Navegantes, Shane Gaspard era conhecido por ser reservado. O casal morava havia cerca de cinco meses na casa com muro alto e sem campainha, em Navegantes.
A polícia apurou que ele estaria desempregado há alguns meses e tenta descobrir a quais empresas do mercado naval ele prestaria serviços atualmente. O estrangeiro morava há menos de três anos no Brasil e falava mal a língua portuguesa.

_____________________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Segurancá

Assunto: Vereador eleito acaba preso na Serra

 

 

Vereador eleito acaba preso na Serra

Um vereador eleito em Ponte Alta, município da Serra Catarinense com aproximadamente 5 mil habitantes e distante 45 quilômetros de Lages, foi preso por suspeita de participação em furtos de gado em fazendas da região.

 

Cleber Miranda de Souza (PP), de 36 anos, foi um dos nove vereadores de Ponte Alta eleitos em 7 de outubro e diplomados no último dia 18. Agora ele está no Presídio Regional de Lages junto com o pai e outro homem, que teriam participação no esquema.

O delegado Fabiano Henrique Schmitt conta que o caso chegou ao conhecimento da Polícia Civil após o furto de 15 animais, no início deste mês, no interior de Ponte Alta. As investigações apontaram para o suposto envolvimento de Cleber e do pai dele, ambos proprietários de um açougue em Ponte Alta e outro na cidade vizinha de Correia Pinto, e de um terceiro homem, morador de Otacílio Costa, também na Serra.

Mediante os indícios, entre eles brincos de identificação de alguns animais furtados que foram localizados pela polícia e reconhecidos pela Cidasc, a Justiça expediu mandados de busca e apreensão, cumpridos na manhã de quarta-feira numa operação entre a Polícia Civil e a Vigilância Sanitária nas residências, propriedades rurais e açougues dos suspeitos.

Sete animais foram recuperados no interior de Rio do Sul, no Alto Vale do Itajaí. Os demais, segundo o delegado, provavelmente foram abatidos para comercialização da carne nos açougues de Cleber e seu pai.

Os dois foram presos em flagrante por crime contra as relações de consumo pelo fato de a carne apreendida nos açougues, num total de 800 quilos, não ter registro de procedência, carimbo de inspeção e não estar acondicionada de maneira adequada.

Os dois açougues foram temporariamente interditados. O outro homem foi preso em Otacílio Costa por posse ilegal de arma. Os três suspeitos estão no Presídio Regional de Lages e, além dos crimes pelos quais foram presos em flagrante, serão processados por furto de gado, conhecido como abigeato, que prevê pena de dois a oito anos de cadeia.

Ao ser informada do caso na tarde desta quinta-feira pela Polícia Civil, a reportagem do DC tentou contato com algum representante de Cleber, mas o nome dele não obteve êxito.

_____________________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Segurança

Assunto: Crimes e ocorrências

 

Homem é preso por estupro de enteada

Um homem de 43 anos foi preso pela Polícia Militar suspeito de ter estuprado a enteada, de 13 anos. A adolescente contou que acordou com o suspeito em cima dela. Ao tentar reagir, a garota foi agredida com um tapa no rosto. O caso foi registrado no fim da manhã de quarta-feira, em Itajaí.

 

Jovem é morto a tiros na frente da ex

Um jovem de 20 anos foi morto na quarta-feira no Bairro São Vicente, em Itajaí. A ex-mulher da vítima presenciou o assassinato. De acordo com o Polícia Militar, ele levou quatro tiros. A mulher contou que por volta das 22h30min avistou o ex e três carros perto dele. Logo em seguida, ela ouviu os disparos e os carros fugiram, deixando a vítima caída no chão.

 

Menor é apreendido com moto furtada

A Polícia Militar apreendeu na tarde de quarta-feira um adolescente de 16 anos, que conduzia uma moto furtada. Ele foi abordado por volta das 14h, na Rua Francisco Marcelino Dias, no Bairro Itoupavazinha, em Blumenau. O jovem dirigia uma motocicleta da marca Honda, modelo Twister. A moto havia sido furtada na última terça-feira.

 

Mais de 50 quilos de droga com menino

Membros do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar apreenderam um adolescente de 15 anos com 55 quilos de maconha, na quarta-feira, em São José. Depois de receber denúncias, os policiais foram até o Bairro Real Parque, nas proximidades da residência do jovem, onde efetuaram a apreensão. Na casa do menor a polícia acabou localizando a droga.

 

Tentativa de furto a caixa eletrônico

Por volta da 1h30min de ontem, ladrões tentaram furtar um caixa eletrônico de agência do Banco do Brasil, em Ibirama. Os criminosos usaram um maçarico para conseguir romper o compartimento do dinheiro, mas o alarme disparou e os bandidos acabaram fugindo antes de conseguir acessar as cédulas. Os suspeitos ainda não foram identificados.

 

._____________________________________________________________________________

Veículo: Notícias do Dia

Editoria: Geral

Assunto: Mero gigante encontrado na Beira-Mar

 

 

Mero gigante encontrado na Beira-Mar será usado em pesquisas para evitar extinção da espécie

Peixe de 2,5 metros e cerca de 400 quilos foi retirado da água por uma retroescavadeira

Cedinho da manhã, o telefone toca. O soldado da Polícia Militar Ambiental anota a ocorrência: “tem uma garoupa gigante na Beira-Mar Norte”. A viatura se desloca para lá. Era um mero. O peixe gigante do Atlântico. Ameaçado de extinção sua pesca é proibida. Motivados pela conservação da espécie, três pesquisadores patrocinados pela Petrobras foram recolher amostras do bicho – o maior encontrado pela equipe em 10 anos.O mero foi retirado da Beira-Mar Norte com apoio da Comcap às 15h

Estudos irão precisar a dimensão do animal, mas estima-se que tenha 2,5 metros e 400 kg. O mero é encontrado nas águas da Flórida a Santa Catarina. Numa das línguas indígenas do Brasil, o tupi-guarani, foi batizado de Senhor das Pedras – Itajara – pois abriga- se na escuridão do mar, próximo aos naufrágios, pilares de pontes e rochas. É um solitário.

Para retirar o mero da água, a Polícia Militar Ambiental contou com apoio da Comcap (Companhia de Melhoramentos da Capital): cinco homens, retroescavadeira e caminhão. Histórias de “pescador” foram inevitáveis.

“Eu nunca vi um peixe tão grande, cara”, exclamava Rogério do Nascimento, 34, funcionário da Comcap. Enquanto o colega Reinaldo Cacciatore o amarrava impressionado: “dá para imaginar que um peixe assim vivia aqui?”. Marco Espíndola, 44, rebateu prontamente: “A estaca da ponte Hercílio Luz que sumiu deve estar dentro da barriga dele”. Todos riram, a multidão foi chegando para admirar o gigante, dentes caninos a mostra – devoradores de crustáceos, lagostas e caranguejos.

Posto no caminhão foi encaminhado para o 1° Pelotão da Polícia Militar Ambiental, em Coqueiros. Lá, aguardava a equipe do Projeto Meros do Brasil: o professor da Universidade Federal do Espírito Santo Maurício Hostim, o oceanógrafo Áthila Bertoncini e o biólogo Fabiano Grecco.

Os profissionais monitoram as águas da Bahia, Pernambuco, São Paulo e Santa Catarina desde 2002 – quando foi instituída a lei federal que protege o peixe e multa agressores em até R$ 100 mil – mas, surpreenderam-se com o tamanho do mero, considerado a maior garoupa do Atlântico Sul.

Na avaliação do professor, o animal é uma fêmea, com mais de 20 anos, que aguardava a lua cheia para desovar. A causa da morte será estudada. Não há marca de redes ou ferimentos.

_____________________________________________________________________________

Veículo: Notícias do Dia

Editoria: Geral

Assunto: Lei Seca prende 48 motoristas em rodovias federais do Estado

 

 

Lei Seca prende 48 motoristas em rodovias federais do Estado

Na maioria dos casos, os próprios policiais serviram como testemunhas

Desde sexta-feira, quando a lei seca mais rígida entrou em vi­gor, a Polícia Rodoviária Federal já flagrou 61 pessoas dirigindo sob efeito de álcool nas estradas cata­rinenses. Entre quem soprou ou não o bafômetro, 48 foram presos e responderão criminalmente na Justiça, além de arcarem com a multa de trânsito R$ 1.915,30. Na maioria dos casos, os próprios po­liciais serviram como testemunhas ou recrutaram terceiros para que prestassem depoimentos sobre os casos. Mas valem provas como o auto de embriaguez, filmagens, fo­tografias e outros.

 

Policiais rodoviários intensificaram a fiscalização no feriado

 Segundo a nova lei, quem apre­sentar perda de reflexos e falta de coordenação, mesmo sem soprar o bafômetro será encaminhado para as delegacias. Fica a cargo da auto­ridade do delegado autuar o mo­torista em flagrante por crime ou firmar Termo Circunstanciado.

Quem for parado com sinais de ingestão de bebida alcoólica, mas conseguir manter coordenação motora e reflexos aceitáveis, pode escapar de um processo criminal, mas dificilmente se livrará da infra­ção de trânsito. A menos que sopre o bafômetro e prove que consumiu abaixo do nível aceitável.

 

Falta homologação

Segundo o inspetor Luiz Graziano, a PRF ainda aguarda o Contran homologar quais os sinais que indicam alteração da capacidade psicomotora, mas garante que a lei já está sendo cumprida. “Temos uma lista de elementos que verificarmos a condição psicomotora do condutor, se ele estiver alterado, encaminhamos para a delegacia”, explicou.

Nos próximos meses, o Contran deverá regulamentar a nova lei e esclarecer critérios como até que ponto alguém que bebeu teve ou não sua capacidade de reflexo alterada a ponto de não poder voltar para casa. A resolução também deverá arbitrar o valor da fiança, que deverá ficará em 25% do valor do veículo conduzido pelo motorista flagrado. Além de oficializar os tipos de provas aceitas no direito que poderão ser usadas por policiais, vítimas ou testemunhas contra motoristas embriagados.

_____________________________________________________________________________

Veículo: Notícias do Dia

Editoria: Hélio Costa

Assuntos: Arcanjo 1 completou duas mil missões

 

 

Arcanjo 1 completou duas mil missões

Aeronave veio para o Corpo de Bombeiros no dia 20 de dezembro de 2010 e não parou de resgatar pessoas no meio da morte para retornar à vida.

Duas mil missões

O helicóptero do Corpo de Bombeiros, o Arcanjo 1, completou neste  Natal duas mil missões, desde o dia que veio para ficar, 20 de janeiro de 2010.   Neste período, o Arcanjo 1 e a tripulação, chamada carinhosamente de “Anjos da Guarda”, realizaram 1.414,9 horas de vôo, socorrendo 323 pessoas com fraturas, vítimas de  quedas, pessoas mordidas por animais venenosos, acidentados presos entre as ferragens de veículos e tantos outros atendimentos. Os Anjos da Guarda seguem o princípio de doar sua vida, voluntariamente, para salvar a vida do seu próximo, que está necessitado de salvação. Mas não é somente pessoas que o Arcanjo 1 salva.  A aeronave também foi usada para debelar incêndios em vegetação e em casas. Conheço bem esta equipe do Arcanjo e sei que eles se emocionam quando ouvem um “obrigado” da pessoa que foi  resgatada do meio da morte, para retornar à vida.

 

 

BLOGS

 

Cláudio Prisco

 

Protesto

Presidente da Associação dos Praças de Santa Catarina, Elisandro Lotin de Souza aproveitou a passagem dos festejos natalinos para denunciar “a situação de abandono da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. O governo tem fechado as portas para a valorização dos nossos profissionais”.

Segundo e, “os cursos e as promoções prometidas não aconteceram devido à alegada falta de verbas. O ‘grupo gestor’ tem tratado com extremo rigor (beirando à perseguição) as instituições militares, apertando o cinto, cortando verbas até mesmo para as necessidades mais essenciais das corporações”.

Os praças têm atuado na “Operação Veraneio” amargando diárias que não são reajustadas há mais de uma década (222,38% de defasagem) e condições de trabalho aviltantes, com escalas de até 10 horas por dia, adverte Lotin.