Área do associado

Área do associado

Clipping do dia 24 de abril

24.4.2012

CLIPPING

24 de abril 2012

 

MÍDIAS DE SANTA CATARINA

 

 

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Geral

Assunto: Promoção para coronel

                 Conselhos dos comandantes-gerais

                  

FICHA LIMPA

Ano passado, o nome do tenente-coronel PM Ed’oner Paes Sá constava entre os indicados a Raimundo Colombo como um dos candidatos à promoção para coronel. Não levou porque respondia processo por suspeita de envolvimento com a jogatina em Balneário Camboriú.

Semana passada, ele assumiu o comando da 6ª Região Militar, em Criciúma. Ontem, aparecia em terceiro lugar na lista apresentada ao governador para alcançar a patente de coronel.

São… três vagas. Na caserna, há quem entenda que ele sequer poderia disputar a função.

 

 

COMANDO NACIONAL

Coronel Nazareno Marcineiro, comandante-geral da PM em SC, viajou ontem à noite para São Paulo. Foi participar da reunião do conselho dos comandantes-gerais da Polícia Militar.

Nazareno foi sondado para concorrer a presidente da entidade. Só aceita se for por aclamação, pois não gostaria de disputar eleição.

____________________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Geral

Assunto: Mulher cai de uma altura de 70 metros e sobrevive

 

Mulher cai de uma altura de 70 metros e sobrevive

Fotógrafa teria perdido controle de carro em um mirante da Grande Florianópolis e passa dois dias de agonia até ser resgatadaUma queda de 70 de metros de altura, equivalente a um edifício de 24 andares, 47 horas e 30 minutos de agonia dentro de um carro no meio da mata fechada. Um acidente que impressionou a equipe de Bombeiros que resgatou, ilesa, a dentista e fotógrafa Berenice Beltrame, 35 anos.

A história, que remete a um enredo de filme de aventura, começou ao meio-dia de sábado. Berenice seguia em um Clio prata para Alfredo Wagner, a 45 quilômetros de Rancho Queimado, na Grande Florianópolis, quando parou para tirar fotos da paisagem no Mirante do Morro do Alto Boa Vista. Ao sair do local a fotógrafa, por um motivo ainda desconhecido, perdeu o controle do veículo e despencou no barranco.

Depois de capotar várias vezes, o carro caiu de lado no solo em mata fechada. Sozinha e presa pelo pescoço ao cinto de segurança, Berenice precisou contar com a sorte para conseguir ser resgatada.

Sem se alimentar, sem dormir, sem beber um gole de água, ela conseguiu mandar a primeira mensagem de socorro por celular às 17h40min do domingo, 29 horas e 40 minuntos depois do acidente, para a amiga Isadora Cruz. “Sofri um acidente, estou no meio da mata, no Alto da Boa Vista. Grito e ninguém me escuta. Estou com muita sede. Pede ajuda e não avisa meus pais até eu sair daqui para eles não se preocuparem”, dizia a primeira mensagem.

E foi assim que Isadora fez. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Rancho Queimado iniciou a busca às 18h.

– Como as informações eram imprecisas, a equipe percorreu a BR-282, entre Rancho Queimado e Alfredo Wagner. Como já era noite, não dava para sobrevoar a área – afirmou um dos policiais da PRF de Rancho Queimado que preferiu não se identificar.

Às 8h de ontem, a equipe retomou a busca, desta vez, de helicóptero. O carro foi avistado no final da manhã.

– Ela estava com uma fratura no pé o que impediu que ela se movimentasse. Não imaginávamos encontrá-la bem, falando e tudo – contou o socorrista Wilsom Antônio da Costa, que desceu de rapel até o veículo retirando a motorista.

 

Vítima é irmã de remadora catarinense

Berenice é irmã da atleta Fabiana Beltrame, 30 anos, terceira melhor remadora do mundo. Ela soube do acidente ontem, no início da tarde.

– Ela já fez rapel, saltou de paraquedas, viajou o mundo todo e foi acidentar desta maneira. Não temos ideia do que pode ter ocorrido, o importante é que ela está bem – disse a irmã, que mora no Rio de Janeiro integrando a equipe do Clube de Regatas do Flamengo.

Os pais da fotógrafa, que nasceu e mora em Florianópolis, Neusa e Diomicio Beltrame, souberam do acidente na manhã de ontem. Eles sabiam apenas que a filha tinha sofrido um acidente e que estava bem.

– Ela viaja muito para fotografar e já foi para lugares ainda mais perigosos. Desta vez, vivenciou um milagre e agora só queremos vê-la bem – contou Diomicio.

Até a noite de ontem, Berenice permanecia em observação na emergência do Hospital Regional de São José.

 

 

Árvores aliviaram a queda

As árvores podem ter amortecido a queda de Berenice.

– A mata fechada, o carro e o cinto de segurança salvaram a vida dela. De qualquer outra maneira, se não houvesse vegetação ou se ela não estivesse dentro do veículo o acidente seria fatal. Se não fosse amortecida pelas árvores, a velocidade da queda de Berenice chegaria a 100 km/h – explica Ialo Bonilla, pós-doutor em Física da Universidade do Vale do Itajaí (Univali).

Esta não é a primeira vez que uma queda impressiona socorristas. No ano passado, a doméstica Daiane Manoel, 25 anos, grávida de dois meses, caiu do 10º andar de um edifício em Florianópolis. Daiane estava sentada em cima de galhos de árvore no chão, apenas com arranhões. A velocidade estimada da queda da doméstica foi de 84 km/h e durou 25 segundos.

 

____________________________________________________________________________Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Geral

Assunto: Gerais

 

Interpol é chamada para a investigação

Polícia Federal pede apoio internacional para descobrir verdadeira históriaA Organização Internacional de Polícia Criminal, conhecida como Interpol, deve ajudar a Polícia Federal em Santa Catarina a esclarecer a suspeita de exploração sexual envolvendo uma criança. O caso é acompanhado pela Vara da Infância e Juventude de Florianópolis e tem como vítima uma menina de 14 anos internada no Hospital Infantil Joana de Gusmão, na Capital.

Em um primeiro momento, conta o delegado Ildo Rosa, foi pedida ajuda da polícia de Estocolmo, já que a menor conta ter sido levada para lá, a princípio, pelo que se chama adoção à brasileira. Pelo que foi narrado pela menina, pode ter ocorrido facilitação no processo de adoção dela e de uma irmã levadas para a capital sueca e onde ela teria sido internada por problemas de saúde. Mais velha, a irmã estaria em Curitiba.

– Como não tivemos êxito devido à rigidez das normas internacionais de proteção à criança na Suécia, decidimos, em 28 de março, acionar a Interpol – conta o policial responsável pela Delegacia Institucional, especializada em crimes como pedofilia, tráfico de pessoas, tráfico de mulheres.

Além do inquérito policial da PF, um outro foi aberto na 6ª Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente para investigar os relatos da adolescente, que teria também sido prostituída em Florianópolis.

 

Adolescente segue na UTI

A menina permanece internada no Hospital Infantil, onde chegou em 25 de novembro. Encontra-se na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), depois de apresentar arritmia cardíaca. Os médicos diagnosticaram que o problema estava sendo causado por baixa concentração de potássio no sangue. A adolescente já teve quadro de depressão e anorexia. Ela deve ficar mais dois dias na UTI, até voltar para o quarto. Em caso de alta, deverá ser encaminhada para um abrigo.No inquérito policial consta que a menina chegou sozinha à emergência do hospital. Queixava-se de dores e urinava sangue. Também reclamou de dores no abdômen, o que resultou em uma cirurgia.Um conselheiro tutelar acompanha o caso. Alguns relatos indicam a possibilidade de agravamento de um quadro psiquiátrico, confidenciou um profissional especializado na área:

– Ela não chega a ser agressiva, mas, às vezes, é rebelde – conta um servidor do hospital.

Para um policial que conhece o caso e prefere não se manifestar, apesar das informações da adolescente não terem uma sequência cronológica, é importante que as autoridades responsáveis investiguem o caso.

 

Dono de caminhão deixa criança dirigir

PRF flagrou menino de 12 anos em boleia do veículo, domingo, na BR-101O proprietário de um caminhão de médio porte superou os limites de irresponsabilidade e desafiou a sorte ao colocar um primo de 12 anos para dirigir o veículo em um trecho da BR-101 entre Jaguaruna e Tubarão. A façanha, descoberta na noite de domingo, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Tubarão, durante uma abordagem de rotina, terminou com o dono do veículo e o pai do menor dando explicações na Delegacia de Polícia e liberados após a assinatura de um termo circunstanciado.

O dono do veículo levou duas multas que somam quase R$ 2 mil por infringir os artigos 163 (entregar a direção do veículo a pessoa sem Carteira Nacional de Habilitação) e 167 (deixar o condutor ou passageiro de usar o cinto de segurança).

O flagrante aconteceu quase que por acaso, e dois quilômetros antes da perigosa subida do Morro do Formigão, onde acidentes são frequentes. A equipe de plantão fazia abordagens de rotina em frente ao posto PRF em Tubarão quando deu a ordem de parada ao motorista do caminhão-baú com placas do município vizinho de Treze de Maio. Para a surpresa do policial, em vez de um adulto, quem surgiu na janela foi um garoto loiro de 12 anos.

O dono do caminhão estava em um veículo que seguia logo em frente e parou no mesmo instante ao perceber a abordagem policial.

Uma policial da equipe de plantão ficou surpresa, pois o menino era alto e forte e aparentava ter bem mais que 12 anos – informou o delegado da PRF, Eduardo Lugo Samudio.

Enquanto o caminhão era apreendido, o garoto e o dono do caminhão foram encaminhados a Delegacia de Proteção a Mulher e ao Menor.

O pai do menino foi chamado e admitiu que essa não seria a primeira vez que o filho assumia o volante do caminhão ajudar ao primo, dono de uma empresa de produtos agrícolas.

– Uma tremenda irresponsabilidade somente pelo histórico perigoso desse trecho da BR-101 – disse o delegado Leonardo Valente, que lavrou um termo circunstanciado contra o proprietário do caminhão por entregar o veículo a uma pessoa sem habilitação.

Os motivos da viagem não ficaram esclarecidos na delegacia, mas como a documentação do caminhão estava em ordem e não houve registro de acidente ou manobra perigosa, todos os envolvidos foram liberados. A PRF não informou se havia alguma carga no baú.

Até ser parado no posto da PRF, o garoto dirigiu cerca de 20 quilômetros, a partir de Treze de Maio, passando por trechos bem perigosos. Foram cerca de 15 quilômetros na sinuosa e estreita SC-441 até chegar ao viaduto da BR-101, e depois mais cinco quilômetros pela rodovia federal já duplicada, mas que nas noites de domingo costuma ter um intenso movimento de veículos.

A direção hidráulica do caminhão e o fato de não estar com a carga máxima pode ter facilitado a condução do menino mas, segundo a polícia rodoviária uma criança não saberia o que fazer ao deparar com uma situação real de perigo, como um acidente, nem interpretaria corretamente a sinalização da rodovia.

 

_________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Cacau Menezes

Assunto: Criança dirige caminhão

 

 

Uma criança

Esse é bom na boleia. Um menino de 12 anos foi flagrado, às 11h da noite de domingo, dirigindo um caminhão pela Polícia Rodoviária de Tubarão, no Bairro São Cristóvão. E acreditem se quiser. O proprietário do caminhão seguia à frente do veículo. O pai da criança disse ter conhecimento do fato. Todo mundo foi para a delegacia e, depois, todos foram liberados.

Em breve, esse garoto vai estar dirigindo a vida dos pais.

____________________________________________________________________________Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Política

Assunto: CCJ discutirá a PEC dos bombeiros

 

CCJ discutirá a PEC dos bombeiros

Hoje pode ser um dia decisivo para a atuação dos Bombeiros Voluntários em Santa Catarina.

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa irá discutir e votar a proposta de emenda à Constituição (PEC) do Estado que permite aos municípios aprovar convênios com os Voluntários para verificação de normas de incêndios em construções.

Se aprovada, ela deve seguir à votação no plenário durante a tarde, informou o presidente da Alesc, Gelson Merisio (PSD). Um grupo de empresários, representantes da comunidade e políticos de Joinville seguem para Florianópolis para pressionar pela aprovação da proposta.

Em uma reunião na última sexta-feira entre MP, Voluntários e Militares, a promotora Walkyria Danielski apresentou uma proposta que beneficiasse as duas instituições, mas nenhum acordo foi definido. Ela deve apresentar uma nova proposta nos próximos dias. No entanto, de acordo com um dos autores da PEC, deputado Darci de Matos (PSD), independentemente de uma nova proposta ou não, a PEC poderá ser votada na Assembleia.

____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Polícia

Assuntos: Ataques a bancos

            

SSP cobra e polícias afinam o discurso

Os comandos das polícias Civil e Militar em Santa Catarina afinaram o discurso após uma reunião com o secretário da Segurança Pública, César Grubba, na tarde de ontem, em Florianópolis. Grubba convocou a cúpula para uma conversa em razão de nova divergência entre policiais civis e militares, desta vez em Rio dos Cedros, no Vale do Itajaí, no fim de semana, onde dois caixas eletrônicos foram explodidos por bandidos.

A reunião foi à tarde no gabinete de Grubba, em Florianópolis, com o delegado-geral da Polícia Civil, Aldo Pinheiro D’Ávila, e o comandante-geral da PM, coronel Nazareno Marcineiro. Motivo: tentar saber por que policiais civis da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic), de Florianópolis, e policiais militares da região de Blumenau não conseguiram evitar o ataque ao Banco do Brasil de Rio dos Cedros, na madrugada de sábado.

Os policiais estavam na cidade, se falaram antes da investida ao banco, mas não atuaram em conjunto. Indignado, o comandante do 10º Batalhão da PM, tenente-coronel Cláudio Roberto Koglin, disse que a Deic pediu que os PMs se afastassem da área central, onde fica a agência atacada, pois os agentes civis fariam uma operação para prender os bandidos.

Essa versão foi negada no domingo pelo diretor da Deic, delegado Laurito Akira Sato, que participou da ação policial na cidade. Os ladrões, além de conseguirem estourar os caixas eletrônicos, escaparam do forte cerco policial que havia na região.

O secretário disse, por meio da assessoria de imprensa, que ouviu as versões e, ao final, traçou novas parcerias para conter a onda de ataques a bancos com explosivos que vem sendo registrada no Estado desde 2011. O DC apurou que o principal receio é de que o desentendimento tenha gerado vazamento de informações e prejudicado futuras operações.

 

Após o encontro, integração e união

No começo da noite, ouvidos por telefone pelo DC, Aldo e Nazareno estavam com o discurso em sintonia, de que é necessário integração e união de esforços contra os criminosos. Na avaliação deles, não houve irregularidades, e sim falta de diálogo.

– Foi uma reunião para atuarmos de forma integrada, melhorar essa situação e evitar desinformação. Temos que trabalhar juntos porque queremos prender essas quadrilhas – sintetizou o coronel Nazareno.

O delegado Aldo disse que a Deic não avisou à PM que faria a operação naquela região por causa da “dinâmica do desdobramento da investigação”. Ele afirmou que não tinha a informação de que a Deic pediu para que os PMs se afastassem do banco e considerou como uma “infelicidade” o fato de os assaltantes não terem sido presos.

– O propósito da delegacia-geral é manter intacta a parceria entre as instituições, independentemente de declarações ou comentários – afirmou, referindo-se às declarações do tenente-coronel Koglin.

____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Polícia

Assunto: Mais profissionais e viaturas para o IGP

 

Mais profissionais e viaturas para o IGP

O Instituto Geral de Perícias (IGP) ganhará mais 44 profissionais – 29 peritos criminais e 15 auxiliares criminalísticos. A solenidade de formatura está marcada para sexta-feira, às 10h, em Florianópolis. Os servidores são de concurso público feito em 2008. Ainda na sexta-feira, o IGP receberá 63 novas viaturas. O investimento é de R$ 2,5 milhões. Também será entregue o aparelho Cromatografia Gasosa (CGMS) ao Instituto de Análises Forenses (IAF), que possibilita a identificação precisa de uma determinada droga encontrada no corpo humano.

____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Polícia

Assunto: Crimes e ocorrências

 

Homem assassinado com golpes na cabeça

A Delegacia de Homicídios de Florianópolis investiga o assassinato de Elcio da Silva Teixeira, 31 anos, encontrado morto num casarão em reformas no Ribeirão da Ilha, na manhã do último sábado. A vítima é de Giruá (RS), mas morava no Bairro Campeche, Sul da Ilha de SC. Investigadores disseram que Elcio foi morto com golpes na cabeça, provavelmente desferidos por uma barra de ferro achada com sangue no local do crime. A polícia suspeita de latrocínio (roubo seguido de morte), pois o rapaz teve um Uno furtado.

 

Maconha, cocaína e crack na fronteira

Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 16 quilos de crack, 11 de cocaína e 29 de maconha, na madrugada de ontem, no km 120 da BR-163 em Dionísio Cerqueira, Extremo-Oeste do Estado. A cocaína e o crack estavam escondidos no painel de um veículo com placas de Foz do Iguaçu, dirigido por um homem de 28 anos que ia para Rio Grande. A maconha foi apreendida com um adolescente paraguaio, num ônibus que viajava de Aripuanã (MT) a Porto Alegre. O adolescente disse que receberia R$ 2 mil pelo transporte da droga até o RS.

 

 

Jovem deve depor ainda esta semana

O rapaz de 18 anos que teve a mão decepada na noite de quinta-feira deve prestar depoimento esta semana. Ele se recupera da cirurgia, que ligou os tecidos do braço, no Hospital Municipal São José. O inquérito para investigar o caso foi instaurado na delegacia de Polícia Civil do bairro Costa e Silva, na sexta-feira. Testemunhas disseram à polícia que cerca de 10 homens encapuzados pegaram a vítima à força antes de cortarem a mão. Os moradores disseram ainda que a vítima seria responsável por furtos recentes na região.

 

 

Corpo é encontrado na beira de riacho

Está no Instituto Médico Legal (IML) de Florianópolis o corpo de um homem encontrado num riacho, ontem à tarde, na Rua Desembargador Alcebíades Silveira de Souza, no Bairro João Paulo, perto do Cemitério Jardim da Paz. O cadáver está em avançado estado de decomposição. Ainda não há informações sobre a identidade do homem nem se houve crime. Pela posição em que foi achado, a polícia suspeita de que ele pode ter morrido ao cair e bater a cabeça numa pedra, pois não havia marcas de tiros

____________________________________________________________________________ Veículo: Notícias do Dia

Editoria: Hélio Costa

Assunto: Ronda escolar

 

A Polícia Militar dever olhar com atenção redobrada para a ronda escolar

Alunos estão sendo assaltados no caminho da escola para casa. Os ataques ocorrem com mais frequência na rua Almirante Lamego, Centro

Ronda escolar

Como acontecem todos os inícios de anos, os assaltos a estudantes depois da aula no caminho para casa vêm atormentando a vida de pais e de mães, que,  de acordo com os filhos, dizem que os assaltantes são adolescentes entre 16 e 17 anos. Os ataques ocorrem a duas ou a três quadras do colégio.  Os depoimentos dos pais são praticamente os mesmos: “mandaram o meu filho entregar, celular, corrente de ouro,  relógio e não olhar para trás”. Nas DPs da Capital há várias mães reclamando da falta de segurança na saída de colégios. Márcia, por exemplo, diz que trombadinhas armados de canivete levaram a mochila do filho na rua Almirante Lamego. Ali perto, na transversal da Duarte Schutel, também ocorrem ataques. Não se pode dizer que os assaltos estão aumentando a cada dia, mas a PM deve olhar com atenção redobrada para ronda a escolar, como sempre fez, evitando que estas ocorrências se alastrem pelo centro

 

 

BLOGS

 

Moacir Pereira

 

O primeiro dia de greve

Dirigentes do Sinte informam que hoje foram realizadas assembleias regionais em 30 municipios do Estado. Na quarta haverá a primeira reunião do comando de greve. O Sindicato não tem dados sobre os índices de adesão à greve decretada a partir de hoje em todo o Estado.

A Secretaria da Educação informou que apenas cerca de 1.100 professores participaram da greve no primeiro dia. E que em 56 escolas houve reunião do Conselho de Classe.

 

Resolução 72: Luiz Henrique tanta emenda da gradualidade23 de abril de 2012

 O senador Luiz Henrique (PMDB-SC) apresenta Emenda nesta terça, na sessão do plenário criando um “período de transição” de quatro anos (até 2016) para que Estados como Santa Catarina, Espírito Santo e Goiás tenham tempo para se adequar à aplicação da alíquota única de 4% do ICMS sobre os produtos importados. O substitutivo ao Projeto de Resolução 72/2010 prevê a entrada em vigor do imposto já em janeiro do próximo ano.

A emenda do senador catarinense escalona a alíquota até 2016, com a seguinte graduação:

10% no exercício de 2013; 8% em 2014; 6% em 2015, e só atingir em 2016 os 4% aprovados na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado.

O senador catarinense acredita que a flexibilização – gradual e decrescente da alíquota nas operações interestaduais e intermunicipais do ICMS sobre importados causará menos impacto na economia dos Estados afetados. Ele explicou que sua intenção é evitar o colapso dos portos brasileiros e o conseqüente aumento do desemprego.

E advertiu que se persistir a aprovação abrupta do projeto também na sessão do Senado, a medida provocará “inevitável e intransponível desequilíbrio” nas receitas de Estados portuários – com conseqüências imprevisíveis para o Palácio do Planalto.

Para ser apresenada a emenda precisa de 27 assinaturas. E este é o maior problema hoje