Área do associado

Área do associado

Clipping do dia 11 de junho

11.6.2012

CLIPPING

11 de junho de 2012

 

MÍDIAS DE SANTA CATARINA

 

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Visor

Assunto: Gerais

 

Casa e lavação pegam fogo em Joinville

Bombeiros usaram 12 mil litros de água para apagar um incêndio em uma casa no Bairro Nova Brasília, em Joinville, na tarde de sábado. Não havia pessoas na casa. Outro incêndio atingiu uma lavação na esquina das ruas Max Colin com Orestes Guimarães, no Centro, também na tarde de sábado. Foram usados 1,5 mil litros de águas para apagar as chamas.

 

Lobos-marinhos na Capital

Dois animais chegaram a praias do Sul da Ilha e um foi levado ao centro de triagem para tratamento

Um lobo-marinho subantártico foi encontrado na tarde de ontem na Praia do Morro das Pedras, Sul da Ilha de Santa Catarina. Segundo a Polícia Ambiental, o animal está magro, abatido e com cortes. Ele foi encaminhado para o Centro de Triagem de Animais Silvestres de Santa Catarina (Cetas), em Florianópolis, onde permanecerá até se recuperar.

De acordo com o policial ambiental soldado Adriano Duarte, o lobo-marinho não poderá ser devolvido ao mar. Após a recuperação, ele pode ser levado a outro centro maior, onde passará pela reabilitação. O mais comum é o Centro de Reabilitação de Animais Marinhos (Cram), no Rio Grande do Sul.

– Por ter entrado em contato com outros animais terrestres e de outros continentes, este lobo-marinho pode ter doenças e contaminar o restante da colônia na Antártida. Por isso, não pode voltar para o mar logo após a recuperação – explica Duarte.

Segundo a médica veterinária da organização não governamental R3 Animal Cristiane Kolesnikovas, a medida faz parte de um tratado internacional entre Brasil, África do Sul, Austrália, Nova Zelândia e Argentina, que proíbe devolver ao oceano mamíferos da Antártida encontrados debilitados na costa. De acordo com a veterinária, o lobo-marinho resgatado no Morro das Pedras é da espécie subantártica e é reconhecida pelo peito branco.

No ano passado, foram encontrados 105 pinguins

Nesta época do ano, começa a vinda de lobos-marinhos e pinguins, que viajam da Antártida e do Uruguai. Muitos param na costa para descansar. Um outro lobo-marinho foi localizado na Praia do Pântano do Sul, também no Sul da Ilha. Ele não estava machucado, por isso, não foi recolhido. Segundo a veterinária, no ano passado a Polícia Ambiental encontrou 105 pinguins na região de Florianópolis.

 

Chegou, descansou e foi embora

Depois de passar um dia descansando, o lobo-marinho que apareceu na manhã da última sexta-feira na Praia de Itaguaçu, em São Francisco do Sul, foi embora. Segundo a bióloga e gerente da Secretaria de Meio Ambiente do município, Fernanda Volrath, o animal retornou ao mar às 12h28min de sábado. Desde então, a secretaria faz um monitoramento nas praias da região para checar se ele poderia retornar à terra firme.

– Estamos procurando nas praias do entorno. Se ele arriscou ir, mas ainda estava cansado, é possível que ele acabe voltando. Mas, por enquanto, acredito que deu tudo certo.

Como o bicho não estava ferido, não foi necessário removê-lo ou fazer algum tratamento. Apenas isolar a área para que as pessoas não se aproximem. Apesar de aparentemente dócil, o lobo-marinho pode ser agressivo com quem chega muito perto e até transmitir doenças.

A veterinária Caroline Barkemeyer explica que os casos de animais marinhos na praia de São Francisco são comuns nesta época do ano. Ela não tem nenhuma estatística que possa dar noção de quantos visitam a cidade a cada inverno.

____________________________________________________________________________Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Diário do Leitor

Assunto: Segurança pública

                  Multas de trânsito

 

Segurança pública

Estava caminhando em frente à Guarda Municipal de São José, quando deparei com mais uma entrada ou saída de carros sendo construída e com cones na calçada, obrigando o pedestre a andar pela rua, correndo assim sérios riscos. Atravessei a rua e resolvi entrar e perguntar se haviam liberado estas construções e recebi como resposta “Que não era de sua responsabilidade e nem um assunto de seu interesse”. Com certeza, essa obra irá provocar um acidente grave, devido à velocidade dos carros que circulam naquela região.

Paulo César Rocha

São José

 

Multas de trânsito

Neste feriado, vindo de Balneário Camboriú para Florianópolis, em Biguaçu, deparei com um visual inédito: um agente da PRF se esgueirava sobre a mureta divisória de pistas com um radar móvel na mão, em ação de risco. O trânsito estava calmo, poucos veículos trafegando, em local onde não havia perigo de acidentes. Sei que inibir excessos de velocidade é necessário, mas é preciso chegar a tanto? A PRF parece que está ultrapassando os limites do aceitável. Necessitamos saber: para onde vão os recursos provenientes das multas?

Paulo Jaime Silva Machado

Florianópolis

____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Moacir Pereira

Assunto: Eleições em SC

 

Eleições: a largada em SC

Com a realização de convenções em três municípios do Estado, envolvendo três partidos diferentes, foi deflagrado o processo de oficialização dos candidatos às prefeituras e câmaras de vereadores.

A reunião mais festiva e movimentada aconteceu em Chapecó, com a homologação do prefeito José Caramori (PSD), candidato à reeleição, liderando a maior coligação já montada no Oeste. Terá como adversário o deputado Pedro Uczai, que faz articulações para ter o PDT de vice.

Chapecó tem importância política estratégica. É a capital de todo o grande Oeste e base eleitoral do deputado Gelson Merisio, presidente da Assembleia e do diretório do PSD. É um dos principais consultores políticos de Raimundo Colombo. Vai comandar as eleições pelo PSD.

A segunda convenção de expressão política aconteceu em Tubarão. Foi realizada pelo PT, que ali concorrerá à prefeitura em chapa pura. Homologado o nome do empresário João Olavio Falchetti como candidato a prefeito e Akilson Machado de vice. Falchetti disputou a prefeitura em 2008 e ficou em terceiro lugar, com 11.357 votos. Perdeu para Genésio Goulart, do PMDB, que obteve 17.331 sufrágios, e para o médico Manoel Bertoncini, do PSDB, eleito com 30.128 votos.

Procurado por líderes de outros partidos, Olavo Falchetti rejeitou qualquer proposta de coligação. Comunicou ao diretório estadual do PT que só seria candidato em chapa pura. Sustenta que as alianças prostituem o processo político. E que as anteriores não mudaram nada. Terá como adversários o deputado federal Edinho Bez, pelo PMDB, e o respaldo do PP, que indicará Deca May como vice, mais o DEM. O atual prefeito, Manoel Bertoncini, está fechado com o ex-prefeito Carlos Stüpp, do PSDB.

 

 

ITAJAÍ

O PP realizou sua primeira convenção em Capivari de Baixo, também no Sul do Estado. Foi homologado o nome do ex-prefeito Moacir Rabelo, que derrotou com diferença de apenas 10 votos o concorrente, Nilton Fernandes, o Bilico.

O presidente do diretório estadual do PP, Joares Ponticelli, confirmou para o dia 22 de junho a convenção que selará a candidatura à reeleição do prefeito de Itajaí, Jandir Bellini. Vai concorrer, agora, em condições mais favoráveis do que em 2008. Contará com a atual vice Dalva Rhenius e uma ampla aliança com o PMDB, o PSD, o PDT, o PPS, o PSD e o PR. Enfrentará o PT, que participará da eleição com o vereador Nikolas Reis. O deputado Volnei Morastoni, que já foi prefeito e teve o nome lançado no ano passado, está fora da disputa. Nikolas Reis lançou recentemente o livro A Ousaria É Peixeira.

Em Criciúma, o atual vice Márcio Búrigo, do PP, permanecerá na chapa do prefeito Clésio Salvaro, do PSDB, um dos tucanos em posição mais confortável nas eleições deste ano. Também no Sul está definida a candidatura de Eduardo Ghizzo (Dao) a prefeito pelo PP.

____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Reportagem Especial

Assunto: Ladrões explodem cofre de pedágio

 

Acidente põe fim à vida de ex-miss

Empresária e ex-modelo Elisa Mara Santana, 46 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no sábado. Ela estava em frente à casa da mãe e foi atingida por um carro em alta velocidade, que subiu na calçada e a prensou contra a grade do muro. O motorista, um trabalhador da construçaõ civil de 27 anos, está preso sob suspeita de estar dirigindo embriagado

Foi no portão da casa da mãe e na rua que recebeu o nome do pai, Osvaldo Minella, no Bairro Cedro, em Camboriú, que a ex-miss Balneário Camboriú Elisa Mara Santana foi atropelada na calçada por um carro sexta-feira à tarde. Ela chegou a passar por uma cirurgia, mas morreu no sábado.

O motorista, o trabalhador da construção civil Claudinei Macedo, 27 anos, está preso sob suspeita de dirigir embriagado. Ele se negou a fazer o teste de bafômetro, mas foi preso em flagrante por apresentar sinais de embriaguez. Sábado à tarde, o motorista foi levado para Presídio da Canhanduba, em Itajaí, onde permanecia ontem à noite.

O acidente ocorreu por volta das 15h. A ex-miss estava na calçada e chamou a mãe para abrir o portão. Assim que Rosa Dalmolin Minella apareceu no pátio, o Logus com placas de Foz do Jordão (PR) se chocou contra a empresária.

O veículo atingiu a ex-modelo pelas costas. Parte da perna direita foi prensada pelo carro. A esquerda ficou esfacelada. A mãe de Elisa assistiu todo o acidente. O filho, João Pedro, ouviu o estrondo da batida e foi ver o que era:

– Eu estava perto. Quando ouvi o barulho saí correndo e vi a minha mãe caída na calçada.

Elisa foi atendida pelo Samu e levada às pressas ao Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, onde passou por cirurgia emergencial. As duas pernas foram amputadas na altura do joelho. Depois disso, Elisa chegou a acordar e conversar com os parentes, mas acabou morrendo mais tarde, vítima de embolia pulmonar e parada cardíaca.

 

João Pedro conta que a morte da mãe foi um grande choque.

– Depois do acidente, ela estava consciente. Foi levada ao hospital conversando e acordou bem após a cirurgia. A notícia da morte foi um choque. Ela era tudo para mim, minha melhor amiga.

O enterro ocorreu sábado, no Cemitério Municipal de Camboriú. Ontem à tarde, sobre o túmulo, coroas de flores e arranjos revelavam o quanto a ex-modelo era querida. Os amigos e familiares a definiam como uma grande mulher, guerreira e sorridente:

– A Elisa foi uma irmã para mim. Ela era muito alegre e carinhosa. Ainda semana passada veio aqui em casa. Nós conversamos, tomamos café e no fim ela me mandou um beijo, dizendo que me amava – conta, emocionado, Túlio Cordeiro, amigo e padrinho de João Pedro.

 

Motorista estaria em alta velocidade

O jovem que atropelou a ex-miss de Balneário Camboriú será indiciado por homicídio doloso. De acordo com a delegada de Camboriú que estava de plantão no dia do acidente, Gisele Cristiane Costa Lima, Claudinei Macedo assumiu riscos ao dirigir depois de consumir bebida alcóolica e por estar em alta velocidade para a via.

 

Os laudos da perícia ainda não estão prontos, mas segundo a delegada, testemunhas disseram que viram que o condutor estava em alta velocidade. Embora ele tenha se negado a fazer o teste do bafômetro, a delegada afirmou que o condutor havia ingerido álcool.

– As duas pessoas que estavam com ele confirmaram que todos beberam. Latas de cerveja foram encontradas dentro do veículo e o condutor apresentava sinais de embriaguez, segundo os policiais que atenderam à ocorrência. Tanto que eles lavraram um auto de constatação de embriaguez no momento.

Segundo policiais que trabalharam na ocorrência, o jovem estava resignado e disse estar arrependido. Ele não tinha passagem pela polícia.

De acordo com a delegada, a morte da ex-miss seria informada ao juiz para que a tipificação do crime cometido pelo condutor fosse mudada de tentativa de homicídio para homicídio, sempre com o dolo eventual. Nestes casos de crimes contra a vida não cabe fiança.

Ainda segundo a delegada, o juiz poderá determinar que Macedo responda em liberdade.

 

18

pessoas morreram nas estradas do Estado durante o feriado de Corpus Christi, até o final da tarde de ontem

 

15

óbitos foram em rodovias federais e estaduais, uma a menos do que as registradas no feriado de 2011

 

4

pessoas perderam a vida num mesmo acidente, ocorrido na quarta-feira à noite em Nova Erechim, no Oeste

 

Contraponto

A Polícia Civil não informou à reportagem o nome do advogado do motorista Claudinei Macedo.

No Presídio da Canhanduba, em Itajaí, a reportagem não foi autorizada a falar com o condutor.

 

 

O lado mais frágil das ruas

Elisa não foi a única pedestre morta ao ser atingida por um veículo, neste feriado. Outras duas mulheres morreram atropeladas. Uma foi atingida por uma caminhonete na BR-470, em Blumenau, e a outra, por um caminhão, na BR-101, em Penha. Além delas, um ciclista de 45 anos morreu após ser atropelado por um carro, na BR-101, em Itapema, na madrugada de ontem.

Os quatro casos expõem o lado mais frágil do trânsito. Para Wilson Pacheco, professor do Núcleo Multidisciplinar de Estudos sobre Acidentes de Tráfego, da Universidade Federal de Santa Catarina, a própria legislação deixa claro que o pedestre é o lado mais fraco do trânsito e qualquer condutor que estiver diante dele, precisa saber que ele é prioritário.

Por isso, o motorista precisa estar sempre atento às pessoas que estão a pé, mesmo em locais onde há sinal de trânsito específicos para elas.

 

Por outro lado, o pedestre também precisa ter cautela. Além de atravessar apenas em locais próprios para isso, como a faixa, ele deve iniciar a travessia somente depois do carro parar e não esperar que o veículo pare depois de já ter começado a atravessar. Pacheco acredita que a educação continua sendo o mais importante para a segurança.

 

 

Dicas para o pedestre

COMO ATRAVESSAR QUANDO…

– Não há faixa – O pedestre deve escolher um ponto seguro de travessia, longe de rótulas e cruzamentos. O motorista deve dar preferência ao pedestre

– Não há semáforo para pedestres, mas há o de veículos – O pedestre deve esperar o sinal fechar para fazer a travessia

– Não há semáforo para pedestres e quem está a pé quer atravessar na transversal – A preferência é do pedestre, especialmente se já iniciou a travessia

– Há faixa, mas não há semáforo – O motorista deve dar preferência ao pedestre, que deve atravessar na faixa

 

ALERTAS

Se você quer atravessar de forma segura, siga esses quatro passos:

1) Ao achar uma faixa ou ponto de travessia sem faixa, pare em cima da calçada, atrás do meio-fio Pisar no asfalto não vai fazer você atravessar mais rápido. E lembre-se que alguns motoristas passam muito rentes à calçada, podendo lhe atingir

2) Olhe para os dois lados Mesmo que a rua seja de mão dupla, repare os dois sentidos. Alguém pode vir na contramão

3) Seja paciente É preciso esperar que todos os veículos parem. Caso o local não tenha faixa, espere que todos os carros passem.

4) Ande em linha reta Andar na diagonal aumenta o percurso da travessia. Cruze a via em linha reta, o mais rápido possível. Se você estiver com uma criança, não a pegue pela mão, que pode estar suada ou escorregadia. Segure-a pelo pulso

Fonte: Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio de Janeiro (CETRio)

 

Feriadão violento em SC

Até o final da tarde de ontem, pelo menos 18 pessoas haviam morrido no trânsito durante o feriadão de Corpus Christi, sendo três em perímetro urbano.

Em rodovias federais e estaduais foram 15 mortes, uma a menos do que as 16 registradas no ano passado, no mesmo feriado. A Polícia Rodoviária Federal e a Militar Rodoviária devem divulgar, hoje, o levantamento final. Os dois órgãos intensificaram a fiscalização entre quinta-feira e ontem.

Os acidentes com morte nas rodovias federais duplicaram em relação ao ano passado, quando cinco pessoas morreram. Neste ano, foram 11, sendo que quatro pessoas perderam a vida num único acidente, na BR-282, em Nova Erechim, na quarta-feira à noite. Das quatro vítimas, três morreram no local, após o carro em que estavam bater contra uma árvore. Uma das vítimas chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

 

Choque fatal na Capital

Já as rodovias estaduais apresentaram redução no número de mortes em comparação a 2011, quando 11 pessoas morreram em SCs. Neste ano, foram quatro vítimas fatais. A última registrada foi em Florianópolis, na SC-401, que leva ao Norte da Ilha. Luiz Augusto da Silva, de 31 anos, morreu após a batida do carro que dirigia contra o guard-rail da rodovia. A proteção metálica entrou na lataria e lançou o motorista para o banco de trás.

____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Polícia

Assunto: Família protesta

 

Família protesta e pede justiça

Dois anos após o assassinato de Rodrigo da Luz, parentes e amigos da vítima fazem manifestação na Avenida Beira-Mar Norte

Pela primeira vez depois do assassinato do filho Rodrigo da Luz Silva, o Digão, 34 anos, Luzia da Luz Silva participou de uma manifestação pelo filho e falou com a imprensa. Nos primeiros meses após o crime, em 10 de junho de 2010, Luzia dormiu à base de remédios e chorou sem parar. Não tinha condições de participar de nada.

Ontem, exatamente dois anos depois de Rodrigo ser morto a tiros pelo assessor de comunicação do Ministério Público Federal, Rogério Postai, a mãe foi às ruas pedir justiça.

– A dor não tem palavras. Hoje (ontem) tive coragem de encarar a realidade. Ainda estamos sem prazer de viver, sem esperança, mas a soltura do assassino foi um baque para a família e, por isso, nos manifestamos para que o julgamento seja realizado o mais rápido possível. Queremos que o marginal que matou meu filho apodreça na cadeia – desabafou Luzia, depois da manifestação na Avenida Beira-Mar Norte, ao meio-dia.

Parentes e amigos distribuíram panfletos e rezaram o Pai Nosso. Depois, saíram em caminhada pela avenida protestando contra a soltura do acusado. Postai foi detido em flagrante e ficou um ano e 11 meses no Presídio de Florianópolis. Ele ganhou liberdade condicional no último dia 17 de maio, graças a um habeas-corpus concedido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

– Esse é o país que a gente vive. É um absurdo este homem destruir uma família e ser solto – disse Luzia.

O crime aconteceu em frente ao condomínio onde moravam a vítima e o autor, no Campeche, no Sul da Ilha. Vizinhos disseram, na época, que Postai teria ameaçado Rodrigo, que havia sido síndico do condomínio por cinco anos e deixado o cargo dois meses antes de morrer.

Em recente entrevista ao DC, Postai alegou ter divergências pessoais com Rodrigo, da época em que a vítima era o síndico. Postai também afirmou que reagiu a ofensas e foi ameaçado.

____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Polícia

Assunto: Caixas eletrônicos

 

Fim de semana com cinco ataques

A Polícia Civil registrou o arrombamento de cinco caixas eletrônicos em três cidades do Estado – Florianópolis, Palhoça e São Francisco do Sul – no final de semana. Em todos os ataques foram usados maçaricos para arrombar os equipamentos.

 

Na madrugada de sábado, três caixas eletrônicos de uma agência do banco Santander no Bairro Pedra Branca, em Palhoça, na Grande Florianópolis, foram arrombados. Segundo o agente Carlos Alberto Claudino, da DP de Palhoça, pelo menos cinco homens participaram da ação. Dois deles teriam rendido os vigias do banco, localizado no campus da Unisul. Outros três teriam utilizado maçaricos para efetuar o arrombamento. Os caixas estavam totalmente destruídos e algumas notas, queimadas, ficaram espalhadas pelo chão.

Os vigias foram mantidos amarrados em um local próximo, mas nenhum ficou ferido. Um deles conseguiu desamarrar-se e acionou a polícia. As imagens das câmeras de vigilância serão usadas na tentativa de identificar os assaltantes.

Na manhã de ontem, um caixa do Branco do Brasil na Praia da Enseada, em São Francisco do Sul, no Norte do Estado, também foi arrombado com maçarico. Funcionários do banco não informaram quanto em dinheiro foi roubado. O alarme chegou a disparar, mas não a tempo de pegar algum envolvido no momento do crime. Até agora ninguém foi preso e não há suspeitos.

Também ontem, um caixa da agência do Banco do Brasil no Office Park, na SC-401, na Capital, foi arrombado por ladrões que usaram um maçarico. Até o fechamento desta edição, ninguém havia sido preso.

____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Polícia

Assunto: Crimes e ocorrências

 

Cinco julgamentos agendados este mês

Joinville tem, hoje, o primeiro de cinco julgamentos por homicídio e tentativa de homicídio agendados até o fim do mês na cidade.

Carlos Eduardo Leite, que responde em liberdade por um assassinato cometido em 2000, será julgado. O Ministério Público afirma que ele atirou várias vezes em Liziomar Albano, na oficina da vítima. O motivo seria vingança. Conforme o MP, Carlos ficou contrariado ao ser acusado por Liziomar de roubar uma pistola. Ele alega ter agido em legítima defesa. O julgamento começa às 13h.

Na quinta-feira, o júri terá em pauta uma tentativa de homicídio que aconteceu no antigo Centro de Internamento Provisório (CIP) de Joinville. Um interno, que segue preso, tentou enforcar outro dentro do quarto, mas foi impedido por monitores.

Outro réu preso ainda será julgado duas vezes até o fim do mês: Jean Augusto Ramos, que teria matado Claudemir dos Santos a facadas, em novembro de 2010, por uma dívida de drogas. Ele será julgado por esse crime no próximo dia 21. No dia 28, ele volta ao Tribunal do Júri com outros quatro réus para o julgamento do assassinato de Altair Fernandes, morto a tiros em janeiro do ano passado.

Antes, no dia 25, Jovani Dias será julgado por tentar matar Fabiano Gastaldi a facadas, em maio de 2001, numa festa. Ele alega legítima defesa.

 

Dois são detidos com notas falsas de R$ 100

Dois homens foram presos com seis notas falsas de R$ 100, na noite de sexta-feira, em uma casa noturna de Jaraguá do Sul. A Polícia Militar da cidade recebeu uma denúncia, por volta das 23h, de que os homens tinham acabado de trocar uma nota falsa do mesmo valor em um bar do Bairro Czerniewicz. Quando chegaram ao local, os policiais descobriram que os rapazes haviam saído para uma festa. Eles foram encontrados no estacionamento, dentro de um carro com placa de Joinville, com as seis notas falsas.

 

Sogro mata o genro com uma facada

Adelar Fortunato da Silva, 34 anos, foi morto com uma facada no pescoço, às 23h de sábado, em Caçador, no Meio-Oeste. O sogro da vítima foi preso na manhã de ontem e confessou o crime. Hermínio Fragoso dos Anjos, 55 anos, disse à polícia que tentou defender o filho de 35 anos. Segundo ele, a vítima teria tentado esganar o rapaz durante um encontro familiar, na Linha Cerro Branco. Anjos disse que não conseguiu apartar a briga e teria pegado uma faca para tentar intimidar a vítima, mas acabou matando o genro.