Área do associado

Área do associado

Clipping do dia 08 de julho

8.8.2012

 

CLIPPING

08 de agosto de 2012

 

MÍDIAS DE SANTA CATARINA

 

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Visor

Assuntos: Greve da Polícia Federal

                    Multas das viaturas

 

SEM LENÇO NEM DOCUMENTO

 No primeiro dia de greve da Polícia Federal, os agentes entregaram as carteiras funcionais e armas como forma de protesto na Capital.

Ontem, dos 138 agendamentos para passaporte na Superintendência da PF, apenas 42 foram atendidos. A paralisação deve durar até amanhã.

 

SACOLINHA NA POLÍCIA

Os policiais da Central de Operações Policiais (COP), a tropa de elite da PC catarinense, decidiram, por conta própria, fazer um rateio para regularizar as multas das viaturas da sua frota. Na proporção de metade para os dois delegados e a outra parte dividida entre os 15 agentes, foram pagos R$ 1,6 mil nos últimos oito meses. Só no 13º, a “vaquinha” recolheu R$ 416.

___________________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Geral

Assunto: Plano de metas sai da pauta

 

Plano de metas sai da pauta

Foi adiada, por falta de quórum, a votação da alteração na Lei Orgânica que cria o plano de metas do município. A alteração determina ao novo prefeito que divulgue na internet um plano de administração da cidade e seu desempenho.

O vereador Cesar Farias (PSD), que encaminhou o projeto para a Câmara de Vereadores, explicou que a alteração deve ser retirada da pauta de hoje também para que seja melhor discutida. A nova previsão é que seja votada no dia 20 de agosto.

– Eu pedi ao presidente mais um tempo para que eu e os membros do Floripa Te Quero Bem possamos conversar com os vereadores e explicar possíveis dúvidas no documento. – disse Farias.

O plenário foi esvaziado em sua maioria depois que o vereador Márcio de Souza (PT) afirmou que seu partido não iria votar a proposta. Em seu discurso, Márcio disse que considera a ideia boa, mas acredita que tanto a população quanto a Câmara deveriam ter participado mais da elaboração do documento.

– Para não atrapalhar, vou me ausentar desta votação junto com a minha bancada – disse Souza.

O vereador Cesar Farias disse discordar da opinião de Souza, uma vez que o documento foi elaborado pela sociedade civil organizada.

– O projeto não é meu, fui apenas o mecanismo que o levou até a Câmara. Acredito que a sociedade já tenha discutido, e muito, essa questão – replicou Farias.

 

Meio para acompanhar a administração

O plano de metas está entre as mais importantes propostas do movimento Floripa Te Quero Bem, criado em novembro de 2011 para sugerir maneiras de melhorar a qualidade de vida de Florianópolis.

A ideia é que o plano seja entregue 90 dias após a posse do novo prefeito. O desempenho do novo administrado seria avaliado a cada seis meses e disponibilizado na internet.

Independente do aprovação do plano, no dia 15 de agosto um documento será entregue aos candidatos à prefeitura da Capital contendo todos os subsídios necessários para que aquele que for eleito possa fixar suas metas ou superar aquilo que o comitê identificou como desafios.

___________________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Geral

Assunto: Gerais

 

Gato-do-mato é recolhido

Uma fêmea de gato-do-mato foi encontrada em uma propriedade rural na localidade de Rio Novo Alto, em Corupá, Norte de SC, nesta segunda-feira.

A fêmea, que chegou a ser confundida com uma jaguatirica, está desnutrida e cega do olho direito. Segundo os bombeiros, há suspeita que ela tenha sido atacada por cachorros.

Como os bombeiros não conseguiam controlar o pequeno animal, o veterinário Thiago Ferreira foi chamado para anestesiá-la.

– Fiquei com pena e trouxe para a clínica. Demos soro, vermífugo e cuidamos de alguns carrapatos. Examinei o olho direito, mas ela perdeu toda a visão, por causa de um problema na córnea, chamado uveíte – explicou Thiago.

A Polícia Ambiental de Joinville vai encaminhar o animal para uma clínica veterinária especializada. Dentro de alguns dias ela deve ser novamente liberada ou levada para o Centro de Tratamento de Animais Silvestres, de Florianópolis, por causa da cegueira.

De acordo com o biólogo Ulises Sebastian Spernheim, o Leopardos tigrinus é conhecido como gato-do-mato pequeno, mas é de fato semelhante a uma jaguatirica ou gato-maracajá.

 

UFSC não abre semestre

O Conselho Universitário da UFSC decidiu manter suspenso o início do segundo semestre de 2012 nas áreas da graduação, pós-graduação e ensino básico (Colégio de Aplicação e Núcleo de Desenvolvimento Infantil) enquanto durar a greve dos docentes e servidores técnico administrativos federais.

A maioria dos conselheiros decidiu por adiar o retorno das aulas. Por 30 votos a três, o grupo considerou que com parte da estrutura da UFSC paralisada seria inviável retomar as atividades administrativas. Restaurante Universitário (RU), a Biblioteca Universitária (BU) e outros setores essenciais – como o almoxarifado – estão fechados em razão da greve. Na reunião, a pró-reitora de Graduação, Roselane Campos, afirmou que 10% das notas do primeiro semestre ainda não foram digitadas. Além disso, faltam professores e há dificuldade em abastecer os laboratórios, salas de aula e até as instalações sanitárias. Roselane disse ainda que há cursos que não tiveram as disciplinas concluídas.

– Orientamos os coordenadores de cursos a não dar faltas antes da regularização total das matrículas – afirmou a pró-reitora da UFSC.

A próxima sessão do conselho está agendada para o dia 28 de agosto. Se houver alguma mudança a respeito da greve, o grupo pode se reunir antes disso. A assembleia geral dos professores da Universidade Federal de Santa Catarina foi prejudicada pela falta de quórum.

A informação foi divulgada pelo site do sindicato da categoria. No encontro das 14h, no hall do CTC, só compareceram 91 professores associados à Apufsc-Sindical e 13 não associados. O estatuto exige, pelo menos, 123 filiados.

A pouca adesão pode ter acontecido porque o encontro não previa a definição dos rumos da greve. A pauta incluía definição das reivindicações dos professores para o momento em que a greve se encontra; reconstituição do comitê local e eleição de delegados para o comando nacional. ___________________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Geral

Assunto: PF para e atende só casos de emergência

 

 

PF para e atende só casos de emergência

População deverá enfrentar dificuldades na hora de fazer passaportes

A paralisação de agentes da Polícia Federal, que começou ontem em todo o país, afetou o atendimento ao público na delegacia de Itajaí. Somente casos de emergência são encaminhados aos agentes que estão trabalhando. Os grevistas mantêm 30% do efetivo em operação.

Os principais serviços afetados são a emissão de passaportes, certidões de uso de produtos químicos controlados, fiscalização de empresas de segurança privada, registro de armas, concessão de porte de armas e atendimento a estrangeiros. A expectativa é de que a paralisação possa, também, impactar os trabalhos nos portos da região, já que cabe à Polícia Federal autorizar a entrada de estrangeiros e liberar a saída de navios. Para o representante de Itajaí do Sindicato dos Policiais Federais de Santa Catarina, Rafael Firpo, a greve é por tempo indeterminado.

– Até lá, quem procurar a Polícia Federal e tiver urgência comprovada, será atendido. Para casos como passaporte de urgência, registro de estrangeiros ou cadastro de empresas de segurança privada, vamos atender.

Os agentes querem a reestruturação de salários e de carreiras. O Brasil tem 6,5 mil agentes, 2 mil escrivães e 700 papiloscopistas, conforme dados da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef). O salário-base de agente é de R$ 7.514 e delegado varia entre R$ 13.368 e R$ 19,7 mil.

Em Itajaí, as greves de outras outras categorias afetam as operações no porto. A paralisação dos servidores a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Receita Federal e Ministério da Agricultura prejudica a liberação de cargas.

Ontem, a Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) obteve liminar da Justiça Federal, para garantir que os auditores da Receita realizem o desembaraço aduaneiro. ___________________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Política

Assunto: 45 candidatos não sabem se poderão concorrer em SC

 

45 candidatos não sabem se poderão concorrer em SC

O número, parcial, ainda pode aumentar, já que nem todos os dados de julgamentos foram publicados no site do TSE

As campanhas já estão nas ruas, mas 45 candidatos a prefeito em Santa Catarina ainda não sabem se poderão concorrer.

As candidaturas foram indeferidas pelos juízes e 22 já apresentaram recurso ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SC). Além destes, outros 26 candidatos ainda têm motivos de preocupação, pois apesar de seus registros terem sido aceitos em primeiro grau, a candidatura continua sendo contestada pelo Ministério Público ou por adversários.

O levantamento é parcial e foi feito pelo Diário Catarinense com base nas informações divulgadas no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O número ainda pode aumentar, já que nem todos os dados de julgamentos foram publicados no site. O fato é que a partir de agora as atenções se voltam para o TRE-SC, onde serão analisados os recursos. Hoje se encerra o último prazo para apresentação de recursos, mas esta data vale apenas para os registros julgados no domingo.

 

Mais polêmica com a Lei da Ficha Limpa

Entre as candidaturas barradas, a polêmica deve ficar por conta da Ficha Limpa. Tanto a presidente do TSE, ministra Cármen Lúcia, como o presidente do TRE-SC, Luiz César Medeiros, vêm defendendo a aplicação da lei, destacando que o texto é bastante claro. No entanto, a falta de uma jurisprudência consolidada traz insegurança para juízes e advogados.

– Como não temos uma base jurisdicional do TSE, com casos concretos, não temos um norte. Na prática, temos juízes em caso idêntico, julgando de forma diferente – diz o advogado Alessandro Abreu.

 

Julgamentos conflitantes

O advogado Péricles Prade acredita em uma eleição mais complicada. Para ele, haverá julgamentos conflitantes até que se consolide uma jurisprudência. Prade é responsável pela defesa do prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro (PSDB), que também teve a candidatura enquadrada na Ficha Limpa. Prade já apresentou recurso. Salvaro foi condenado por abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação social em atos ocorridos em 2009.

– O prefeito foi condenado, mas não houve cassação do registro. Foi declarado abuso de poder econômico e o TRE declarou a ilegibilidade por três anos. Sabendo que após cumprir os três anos ele teria a condição de elegibilidade reconhecida, não recorreu da decisão e agora foi surpreendido com a retroação para atingir fatos anteriores.

Outro caso de repercussão foi o indeferimento da candidatura do deputado estadual Ciro Roza (PSD), em Brusque. Ele foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa por ter tido três contas rejeitadas na época em que administrou o município – 2002, 2007 e 2008. Para o juiz Edemar Schlosser, houve dolo por ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal. O advogado de Roza, Marlon Bertol, afirma que a lei é clara ao determinar que a inelegibilidade ocorre quando as contas públicas são rejeitadas por “irregularidade insanável que configure ato doloso de improbidade”.

.____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Reportagem Especial

Assunto: Controle aéreo

 

Pousos seguros por mais 10 anos

A atualização começou em 2008 e está sendo concluída agora, com a substituição do ILS, equipamento que deixa de ser analógico para, agora, entrar na era digital

Quem olha a bancada da torre de controle do aeroporto de Florianópolis pode pensar que está faltando alguma coisa, tamanho o espaço sobrando nas mesas dispostas em U. Mero engano. Depois do investimento de R$ 2,5 milhões, até a cortina é automática. Mas a maior diferença são os computadores que fazem a função de várias máquinas e que economizaram espaço. Este é o reflexo de uma das etapas de modernização do controle do espaço aéreo da Capital.

A atualização começou em 2008 e consumiu R$ 19 milhões. A última fase é a substituição do ILS, equipamento usado em pousos feitos por instrumentos. Ontem, uma equipe vinda do Rio de Janeiro terminou o serviço de inspeção do aparelho. Com um avião especial, oficiais da Aeronáutica voaram por 8 horas e 35 minutos sobre Florianópolis para saber se as ondas de rádio emitidas estavam dentro dos padrões.

Responsável pelos serviços, o presidente da comissão de controle aéreo da Aeronáutica, major brigadeiro Carlos Vuyk de Aquino, disse que parte deles está concluída e só falta a instalação de um sensor na cabeceira da pista. A expectativa é de que a última etapa da atualização do sistema passe a operar a partir da próxima semana.

O ILS servirá somente para aterrisagens pela cabeceira Oeste – com aproximação por São José. Um estudo sobre as condições de operação do aeroporto mostra que a maioria dos voos chega por esta rota. O Destacamento de Controle do Espaço Aéreo informa que, em 2011, o ILS tinha a mesma capacidade do que o novo equipamento e que, no período, o aeroporto ficou fechado 15 horas e 17 minutos.

Aquino ressalta que as mudanças não farão o aeroporto se tornar mais seguro, já que os padrões de segurança não mudam. Ele conta que a modernização foi feita para aumentar a confiabilidade do sistema, ou seja, para que a possibilidade de defeitos caia drasticamente.

Apesar do investimento de R$ 19 milhões, não houve uma melhoria nas condições de pouso do aeroporto. O ILS continua a ser de categoria 1, o que significa auxílio na aproximação até 60 metros de altitude. Se até este ponto não houver visualização da pista, o terminal é fechado.

O sistema de segurança do aeroporto pode estar igual aos dos melhores do mundo, mas a estrutura deixa a desejar. A reforma é planejada desde 2004, mas a burocracia fez a licitação ser arrastada. Os prazos foram ampliados e agora, se novos atrasos não forem anunciados pela Infraero, as obras devem ser concluídas em fevereiro de 2015.

No momento, são realizadas as etapas iniciais do primeiro e terceiro lote da obra de ampliação da estrutura do aeroporto. Elas correspondem a terraplanagem, pista de taxiamento, estacionamento e pátio de aeronaves. A segunda etapa, que corresponde ao novo terminal de passageiros, tem o leilão marcado para 30 de agosto.

Joinville também passa por problemas e há anos espera a instalação de um ILS. De acordo com Aquino, o equipamento chegará ao Brasil em novembro e será igual ao da Capital. Ele diz que, depois das obras da Infraero feitas no local, o sistema será instalado em três meses.

____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Polícia

Assunto: Condenado a 21 anos de prisão por morte da mulher

 

Condenado a 21 anos de prisão por morte da mulher

Felipe Coelho, 29 anos, não poderá entrar com recurso para responder pelo crime em liberdade

Condenação de 21 anos de reclusão em regime fechado para Felipe Coelho, 29 anos. Ele era réu pelo homicídio da companheira, Tatyane Rachadel, 24 anos e também foi considerado responsável pela tentativa de homicídio contra a ex-sogra, Lucimara Oliveira, 46 anos.

A decisão foi anunciada pelo juiz da Comarca de São José, José Otávio Minatto, que presidiu oJúri Popular. Dez horas, foi o tempo que as sete pessoas, que formaram o Júri tiveram para ouvir testemunhas e condenar Felipe.

Os crimes, cometidos às 23h20min do dia 21 de junho de 2011, na casa onde moravam no Bairro Bela Vista, em São José, foram considerados qualificados por que as duas vítimas não tiveram como fugir. O juiz chegou ao total do período de reclusão com base em 12 anos pelo assassinato de Tatyane, com mais dois anos, pelo agravante de ela não ter tido a possibilidade de se defender e o motivo ter sido considerado fútil. Para a tentativa de homicídio contra a ex-sogra o calcúlo foi de sete anos de prisão. O magistrado informou que Felipe não poderá entrar com recurso para cumprir pena em liberdade.

O advogado de defesa de Felipe, Cristian Pereira, pretende entrar com recurso junto ao Tribunal de Justiça, para tentar diminuir a pena.

– Vou tentar reduzir a pena em cinco anos. Agora não posso iludir a família, o fato dos crimes terem sido considerados praticados por motivo fútil dificulta a medida – disse.

Familiares e amigos das vítimas comemoraram o resultado. Amigas de Tatyane, assim como Lucimara Oliveira, que também ficou entre a vida e morte quando foi atingida por uma facada que perfurou o pulmão, ficaram bastante comovidas.

Felipe que passou boa parte do julgamento sem esboçar reações, e teve a conduta ressaltada pelo juiz como positiva, chorou ao receber a pena. Depois da leitura da sentença, ele foi encaminhado novamente para o Complexo Penitenciário, onde deverá cumprir a pena.

____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Polícia

Assunto: Operação Ágata

 

Exército fiscaliza as estradas de SC

Tropas do Exército estão atuando na fiscalização de veículos nas rodovias do Oeste Catarinense desde segunda-feira, dentro da Operação Ágata, que tem como objetivo intensificar a repressão a atividades ilícitas na faixa de fronteira. Ontem foi apreendida uma carga de madeira ilegal com 40 metros cúbicos, em Maravilha.

A Operação está ocorrendo nas faixas de fronteira dos três estados do Sul e Mato Grosso do Sul. Em Santa Catarina, a faixa de fronteira abrange cerca de 70 municípios do Oeste. Há postos fixos em Xanxerê, na BR-282, em São Lourenço do Oeste, na SC-468, e em Dionísio Cerqueira, na BR-163. Há também equipes volantes de fiscalização.

São 400 homens atuando em Santa Catarina. São 350 militares de unidades de São Miguel do Oeste, Tubarão, Criciúma, Blumenau, Joinville e Florianópolis, todas ligadas à 14ª Brigada de Infantaria Motorizada. Também colaboram outras 50 pessoas da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Militar, Bombeiros, Cidasc e Ibama.

Estão sendo utilizados um helicóptero e oito blindados na operação. De acordo com a capitã Beatriz Fragnan, do setor de Relações Públicas do 14º Regimento de Cavalaria Mecanizada de São Miguel do Oeste, os locais da operação foram definidos pelo setor de inteligência do Exército. Não há previsão de encerramento mas a ação deve durar cerca de duas semanas.

A operação Ágata é realizada pelo segundo ano consecutivo em Santa Catarina. Ela faz parte do Plano Estratégico de Fronteiras, ação do governo federal para coibir crimes transnacionais. O tráfico de drogas e animais estão entre os crimes que a operação pretende inibir.

____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Polícia

Assunto: Crimes e ocorrências

 

Corpo estava dentro de carro incendiado

Um corpo, com as mãos atadas, foi encontrado no porta-malas de um Corsa com placas de Araranguá que estava incendiando, por volta de 21h de segunda-feira. O veículo estava às margens da Estrada Geral de Pique do Meio, na área rural de Meleiro, no Sul do Estado. Os bombeiros foram chamados controlar o fogo.

 

Rapaz é morto com quatro tiros

Um jovem de 18 anos foi assassinado por volta das 22h30min de segunda-feira no Bairro Fazenda, em Itajaí. De acordo com a Polícia Militar, a vítima se envolveu em uma briga com dois outros rapazes. Durante a discussão, um deles disparou quatro tiros, que atingiram a vítima. Depois do crime, os envolvidos fugiram e não foram mais localizados.

 

Jovem é detido com arma de brinquedo

Um rapaz de 21 anos foi detido após assaltar um supermercado usando uma arma falsa no Bairro Iririú, em Joinville. Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito anunciou o roubo escondendo um revólver feito de madeira, encoberto por um pano. Ele levou R$ 173 em dinheiro do estabelecimento.

 

 

Maconha e crack com paraguaios

Um casal de paraguaios foi preso em flagrante com 40 quilos de maconha e seis quilos de crack na noite de segunda-feira, em Navegantes. A prisão foi realizada pela Polícia Federal de Joinville que estava monitorando os suspeitos.

A droga foi encontrada em fundos falsos do carro, um Toyota Premio com placas do Paraguai, que foi apreendido junto com a droga. Os dois suspeitos devem responder por tráfico internacional de drogas e estão no Presídio Regional de Joinville.

A mulher de 18 anos não tinha qualquer documento de identificação. O companheiro dela, de 25 anos, conseguiu se identificar. De acordo com o delegado Alex Biegas, apesar de países do Mercosul não exigirem passaporte, existe um controle imigratório por parte da Polícia Federal. O delegado acredita que a droga seria comercializada no Estado.

____________________________________________________________________________ Veículo: Notícias do Dia

Editoria: Hélio Costa

Assunto: Rua Independência, São José

 

A rua Independência, São José, está se transformando num corredor do crime

Por ali circulam foragidos, assaltantes e outros criminosos. O comércio é forte e os empresários pedem à SSP vigilância eletrônica

Corredor do crime

A rua Independência, bairro Areias, São José, está se transformando num corredor do crime. Todo mundo sabe, menos a polícia, que por ali passam criminosos e foragidos. Neste trecho o comércio é forte. Proprietários de lojas, distribuidoras e de empresas em geral solicitam à Secretaria de Segurança Pública a instalação de um sistema de videomonitoramento eletrônico. Assaltos, arrombamentos e roubos são uma constante ali. Na madrugada de segunda-feira, suspeitos que estavam em um Gol deram marcha à ré no carro e estouraram a porta de vidro de uma loja de confecção. Os ladrões não levaram nada por que o alarme disparou e os moradores começaram a gritar “pega ladrão”. A comunidade tem pressa e pretende anular o corredor do crime com o videomonitoramento.  Câmeras não impedem a ação de criminosos,  mas inibe e ajuda na identificação. Por isso é de fundamental importância ter operadores  24 horas por dia

 

 

BLOGS

 

Moacir Pereira

 

Colombo vai a Brasilia para lançamento do PAC da Defesa Civil

A inclusão do novo acesso ao Aeroporto Internacional de Florianópolis Hercílio Luz no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) será o principal tema abordado pelo governador Raimundo Colombo, nesta quarta-feira, 8, em Brasília. Às 9h, o governador se reunirá com o secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, Antônio Henrique Pinheiro Silveira, para reforçar a necessidade de articular a realização da obra.

Nota da Secom dá mais detalhes sobre a obra do aeroporto e a agenda do governador: “A ampliação do acesso ao aeroporto fará a intersecção da rodovia estadual SC-405 ao bairro Carianos e viabilizará o acesso à nova área do terminal, tratando-se de uma obra com grande impacto no sistema aeroviário e rodoviário da capital catarinense e região. A obra tem 8,73 quilômetros de extensão, o projeto executivo está concluído e as licenças ambientais liberadas. Ao todo, o valor para sua execução é de aproximadamente R$ 80 milhões. Conforme dados da Infraero, o aeroporto de Florianópolis é o 14° mais movimentado do Brasil, com alto índice de operacionalidade, sobretudo na temporada de verão. Em 2009, foi registrado um movimento de 39,7 mil aeronaves, totalizando mais de 5,5 milhões de unidades de carga aérea e 2,1 milhões de passageiros. “A série histórica mostra que esses números vêm crescendo em ritmo acelerado”, complementa Raimundo Colombo.

No Palácio do Planalto, às 10h, o governador e o secretário da Defesa Civil, Geraldo Althoff, estarão presentes na cerimônia de lançamento do Plano Nacional de Gestão de Risco e Respostas a Desastres Naturais e de inauguração do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres Naturais (Cenad). No evento, que contará com a presença da presidente Dilma Rousseff e da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, serão anunciados recursos a serem investidos em ações de prevenção a tragédias decorrentes de intempéries climáticas.

Raimundo Colombo também se reúne, às16h30min, com o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio de Oliveira Passos, e com o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Jorge Ernesto Pinto Fraxe. Eles abordarão as duplicações das BRs 470 e 280, bem como a construção das ferrovias do Frango e Translitorânea. A expectativa é que os editais de licitação para a duplicação das rodovias sejam lançados ainda em setembro. “

 

 

MÍDIAS DO BRASIL

 

 

Veículo: Portal G1

Editoria: Geral

Assunto:  Emissão de passaportes é afetada com greve da PF, diz federação

 

Emissão de passaportes é afetada com greve da PF, diz federação

Policiamento nas fronteiras e serviços nos aeroportos estão comprometidos.

Segundo Fenapef, cerca de 70% do efetivo nacional aderiu à paralisação.

Funcionários da Polícia Federal entraram em greve por melhores salários nesta terça-feira (7), e fizeram manifestações por várias cidades do país. Segundo a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), cerca de 70% da corporação aderiu à paralisação, o equivalente a aproximadamente “seis mil policiais ou agentes federais do total de nove mil”, informou a entidade. Apenas 30% do efetivo está mantido para casos emergenciais.

Ainda de acordo com a Fenapef, o serviço de emissão e entrega de passaportes, o policiamento nas fronteiras do país e o trabalho nos aeroportos brasileiros foram os mais comprometidos com a greve dos policiais federais.

Em levantamento feito pela federação, a greve já é considerada a maior já feita pelos policiais federais, com adesão de integrantes da coporação nos 26 estados e no Distrito Federal.

Os grevistas pedem reestruturação de carreira e aumento salarial, que eram consideradas como de nível médio e passou a ser reconhecida como de nível superior pelo governo federal. Desta forma, o piso salarial passaria dos atuais R$ 7,7 mil para R$ 12 mil a partir do ano que vem.

 

Policiais federais entregaram as armas e fizeram manifestação em São Paulo (Foto: Letícia Macedo/G1)

Em São Paulo

Nesta terça, os policiais federais apenas fizeram uma manifestação que começou no terminal de cargas da Infraero e seguiu para os terminais de embarque. Eles se encontraram com servidores das dez agências reguladoras federais e ainda com representantes da Receita Federal e do Ministério da Agricultura.

saiba mais

Ato marca início de greve de servidores da PF em SP

Servidores da PF de SP decidem entrar em greve a partir desta terça

Rio de Janeiro

A paralisação foi aprovada nesta terça-feira. Uma manifestação foi realizada na frente do prédio da Superintendência Regional da PF. Na quinta-feira, os policiais anunciaram que vão fazer operação padrão nos aeroportos.

Minas Gerais

Agentes, escrivães e papiloscopistas de Minas Gerais aderiram à paralisação. Durante a manhã desta terça-feira, os policiais fizeram um ato simbólico de entrega das armas e distintivos em frente à sede da PF. Durante a tarde, a categoria promoveu panfletagem na Praça Sete de Setembro, um dos pontos de maior movimento no Centro da capital mineira. Delegacias do interior aderiram ao movimento.

Rio Grande do Sul

Os policiais federais realizaram operação padrão no Aeroporto Salgado Filho. Houve adesão dos agentes das 13 delegacias do estado. Efetivo emergencial de 30% dos policiais foi mantido.

Espírito Santo

Policiais entregaram as armas, fizeram concentração e manifestação na frente da supeprintendência. A adesão é de 100% da corporação no estado.

Distrito Federal

Policiais fizeram ato público em frente ao edifício sede, operação padrão no Aeroporto Internacional e panfletagem. Adesão de 100% da corporação.

Ceará

Policiais entregaram as armas em frente ao anexo da Superintendência Regional. Delegacia de Juazeiro do Norte está paralisada. Efetivo emergencial de 30% dos policiais foi mantido.

Pernambuco

Policiais entregaram as armas em frente ao prédio da Superintendência Regional, fizeram um ato público e uma operação padrão no aeroporto.

Rio Grande do Norte

Entrega simbólica das armas, concentração em frente ao prédio da Superintendência Regional, com adesão de 100% da corporação.

Alagoas

Policiais fizeram a entrega das armas.

Rondônia

Policiais federais fizeram operação padrão no Aeroporto Jorge Teixeira.

Acre

Policiais entregaram as armas e os distintivos. As duas delegacias estão fechadas. Em Epitaciolândia (AC), policiais vão atuar em esquema de operação padrão.

Piauí

Paralisação em frente ao prédio da Superintendência Regional e da delegacia de Parnaíba e do aeroporto.

Pará

Entrega simbólica das armas. As quatro delegacias do interior estão fechadas.

 

Policiais federais fazem manifetação em Santarém (PA) (Foto: Divulgação/PF)

Paraíba

Policiais fizeram concentração em frente ao prédio da Superintendência Regional.

Santa Catarina

Adesão de 100% do efetivo. Somente os serviços essenciais foram mantidos.

Sergipe

Policiais federais em greve realizaram manifestação em frente à sede da PF no estado.

Roraima

Adesão de 100% do efetivo da capital.

Amazonas

Adesão total em Manaus e nas unidades do interior.

Goiás

Houve entrega das armas e panfletagem em Goiânia. No interior, policiais participaram da manifestação nesta terça.

Mato Grosso

Policiais ocuparam o prédio da superintendência em Cuiabá. Nas delegacias do interior houve protestos e paralisação.

Mato Grosso do Sul

Delegacias de Dourados e de Ponta Porã estão fechadas. Na capital policiais fizeram manifestação.

Maranhão

Serviços essenciais foram mantidos.

 

Amapá

Serviços essenciais foram mantidos.

Bahia

Policiais federais pararam atividades em Salvador e nas delegacias do interior.

Tocantins

Serviços essenciais foram mantidos.