Área do associado

Área do associado

Clipping do dia 02 de outubro

2.10.2012

 

Clipping do dia 01 de outubro

 

 

MÍDIAS DE SANTA CATARINA

 

 

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Visor

Assuntos: Carandiru

                   Vídeo gravado pela Polícia Civil em Tubarão

                    Assaltos a postos de combustíveis

 

 

ISTO É BRASIL

Neste 2 de outubro, completam-se 20 anos do maior massacre de presos do país, o do Carandiru, que resultou na morte de 111 detentos em São Paulo. Ninguém foi condenado pela barbárie até hoje.

 

CENAS FORTES

Um vídeo gravado pela Polícia Civil em Tubarão mostra cenas fortes dos maus-tratos de Hellen Souza da Cunha contra um bebê em uma creche do município. Ela foi detida ontem depois que a Justiça decretou sua prisão, com base nas provas da PC. Acesse www.diario.com.br/visor e assista.

 

DESABAFO

Oficial da PM reclama que só no último mês foram seis assaltos a postos de combustíveis em Palhoça. O problema, diz ele, é que a maioria dos bandidos tem passagem pelo sistema prisional, mas acaba solta pouco tempo depois da detenção. Ou seja, a Polícia Militar está apenas enxugando gelo

_____________________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Geral

Assunto: Gerais

 

Corpo de baleia continua no local

A baleia da espécie Jubarte, que foi encontrada na manhã de domingo, morta na Praia de Itajuba, em Barra Velha, continua no local. De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Barra Velha, Elton Cunha, a baleia, de quase quatro toneladas, encalhou em um local de difícil acesso e as máquinas não conseguiram chegar próximo do animal.

 

Homem cai de uma altura de 12 metros

Um homem de 40 anos ficou gravemente ferido após sofrer um acidente de trabalho no final da manhã de ontem, em Joinville. De acordo com os Bombeiros, o trabalhador caiu de cerca de 12 metros de altura. Ele teve fraturas na coluna, no abdômen e no braço. A queda ocorreu na obra de um prédio, na Rua Jacob Forbice, no Bairro Aventureiro. A vítima foi encaminhada em estado grave para o Hospital Municipal São José.

_____________________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Política

Assunto: Ideli evita comentar sobre veto

 

Ideli evita comentar sobre veto

Segundo a ministra das Relações Institucionais, Dilma lançou mão de um direito constitucional

A ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti (PT), evitou comentar, ontem, o veto da presidente Dilma Rousseff (PT) à emenda que incluía os agricultores do Sul na chamada MP da Seca. De acordo com a ministra, a presidente tem o direito constitucional ao veto.

Na última semana, a presidente rejeitou a emenda que incluía os três estados do Sul na lei que estabelece a liberação de linhas de crédito e condições de renegociação de dívidas para os atingidos pela estiagem no Nordeste e pelas enchentes na região Norte. Segundo o Planalto, o veto foi recomendado porque a abertura de linhas de crédito para os agricultores da região Sul já havia sido autorizada pelo Conselho Monetário Nacional (CNM) no início de setembro.

Em passagem pelo estado na segunda-feira, para o relançamento do edital do Morro do Formigão, em Tubarão, Ideli não quis se manifestar sobre a decisão da presidente. A ministra disse apenas que, além da ajuda emergencial autorizada para os agricultores, o governo federal vem investindo na prevenção em Santa Catarina. A avaliação é que a seca no Estado já se tornou um evento praticamente anual e com impacto econômico, atingindo rebanhos e lavouras.

Por isso, segundo Ideli, o governo federal, em conjunto com o Estado e a Defesa Civil, anunciou, na última semana, a liberação de R$ 30 milhões, sendo R$ 10 milhões para a compra de 118 máquinas, R$ 10 milhões para a construção de poços artesianos e R$ 10 milhões para linhas de crédito.

_____________________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Segurança

Assunto: Professora é presa após vídeo flagrar maus-tratos

 

Professora é presa após vídeo flagrar maus-tratos

Polícia classifica de tortura a violência cometida contra menino de um ano e meio em creche de Tubarão

Uma professora de uma creche municipal de Tubarão, no Sul do Estado, foi presa ontem. Um vídeo flagrou a mulher agredindo uma criança de um ano e meio. Hellen de Souza Cunha, 29 anos, aparece nas imagens gravadas pela Polícia Civil com uma câmera escondida dentro de um ambiente da creche, diante de várias outras crianças.

Segundo o delegado Rubem Antônio Teston da Silva, o caso foi descoberto há duas semanas, depois que um grupo de pais registrou queixa na polícia e no Conselho Tutelar. Segundo eles, a professora era violenta com as crianças ao aplicar castigos truculentos e até agressão física.

– Passamos a investigar a denúncia e conseguimos o flagrante através de um vídeo. Inicialmente, o caso era tratado como agressão, mas, depois do que vi, não tive dúvidas em ver que era o caso de tortura – afirma o responsável pela Delegacia de Proteção à Mulher, ao Menor e ao Idoso.

No vídeo de 1m52s, a suspeita aparece sentada em uma cadeira ao lado da vítima. Ela grita com o menino e o coloca de forma violenta sobre uma mesa e depois em uma cadeirinha. Assustada, a criança não para de chorar, o que irrita ainda mais a professora.

 

Suspeita recebe voz de prisão calmamente

Na última sexta-feira, o delegado obteve um mandado de prisão preventiva da suspeita. No vídeo feito pelos investigadores que foram cumprir a ordem judicial na creche onde ocorreu o crime, a professora se mostra bastante tranquila e só pediu alguns instantes para pegar objetos pessoais e documentos.

O delegado não revelou o nome da mulher nem o local onde as agressões denunciadas aconteciam, mas o assunto veio à tona na tarde de ontem, no Blog do Visor, do colunista Rafael Martini, que descobriu que a professora em questão é Hellen de Souza Cunha.

A prisão preventiva, segundo o delegado, era necessária porque a investigação constatou que Hellen oferecia risco à segurança dos alunos. Ela também trabalhava em outra creche, no município de Capivari de Baixo, vizinho a Tubarão. Hellen é professora há 11 anos e não tem filhos.

 

Detenção surpreende moradores

A notícia da prisão de uma professora na creche surpreendeu vários moradores do bairro, que sequer sabiam da ação policial durante a tarde. A discrição fez com que o fato só começasse a ser comentado na região durante a noite.

Um dos mais espantados era a aposentada Aparecida de Fátima. Segundo ela, a ótima qualidade dos serviços da creche sempre foi algo que mereceu destaque.

– Meus filhos que têm hoje 17 e 19 anos ficaram nessa creche quando crianças. Hoje tenho três netos que também ficam ali o dia todo e jamais aconteceu algo de negativo – comentou a aposentada.

Com a notícia da prisão de uma professora da creche onde estão os netos, dona Aparecida de Fátima afirma que irá ao local hoje para se informar melhor do que aconteceu.

Uma das circunstâncias que deixaram a vizinhança inconformada é o fato de a suspeita ser professora há 11 anos e ter uma boa experiência na área da educação.

A reportagem do DC não conseguiu acesso ao presídio regional para obter uma versão dela sobre o episódio que gerou uma ampla discussão nas redes sociais já no início da noite.

Este é segundo caso de agressão em creche na região nos últimos meses. No ano passado, uma professora também foi detida e teve problemas com a Justiça ao atingir uma criança com uma régua em uma instituição em Capivari de Baixo.

_____________________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Segurança

Assunto: Armas desaparecidas

 

Militares impedidos de deixar o 62º BI

Onze das 47 armas que desapareceram do 62o Batalhão de Infantaria de Joinville foram encontradas. As investigações sobre o caso continuam, mas, enquanto os trabalhos seguem, os 805 militares que atuam no batalhão não podem deixar o local. A previsão é de que eles sejam liberados apenas nos próximos dias.

_____________________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Segurança

Assunto: Crimes e ocorrências

 

Suspeito detido em Joinville

Um homem suspeito de liderar uma quadrilha especializada em arrombamento de caixa eletrônico foi preso ontem de manhã em Joinville, em operação da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic). Ele atua há cerca de 10 anos neste tipo de crime, e já teria cometido mais de 20 ataques em SC, PR e MS.

O criminoso foi preso às 9h30min, em casa, em Joinville, e transferido para a carceragem da Deic, na Capital. O delegado Diego Azevedo, da Divisão de Furtos e Roubos da Deic, preferiu não divulgar o nome do preso para não atrapalhar a investigação.

A quadrilha é formada por pelo menos cinco homens: o líder, dois comparsas que estão foragidos e com mandados de prisão preventiva e dois ainda sem identificação. São especializados em arrombar caixas com uso de furadeira tipo “serra copo”.

Os caixeiros usam a furadeira para fazer o corte atrás do terminal e ter acesso ao dinheiro. Há alguns anos, a ferramenta era usada em ataques a banco em SC, PR, RS, GO e MS.

Em Florianópolis, a quadrilha teria atacado, em junho, um caixa do Santander no Centro e um do Bando do Brasil da Trindade, além de outro do Santander no Centro, em agosto.

Os integrantes do grupo têm condenações por furto a caixa eletrônico, tráfico de drogas e roubo. Atuam em SC, PR e MS. O líder havia sido preso pela Polícia Federal em 2007 por arrombamento a caixa na Capital. Policiais da Deic continuavam em diligência, ontem, em busca de mais dois integrantes.

 

Fuga e acidente

Três acidentes no Morro dos Cavalos deixaram o trânsito lento na BR-101. Segundo a PRF, um Audi envolvido em um dos acidentes estaria fugindo após um assalto a um posto de combustíveis na Praia do Sonho. Dos três ocupantes, dois conseguiram fugir. O motorista foi preso e levado à DP de Palhoça. Um inquérito será instaurado para apurar o assalto e a suposta participação do motorista, que foi solto por falta de provas. Ele alegou conhecer os dois homens, mas disse que só deu carona e que não sabia sobre o assalto. Segundo a polícia, os ladrões teriam saído do posto de moto. O pneu da moto teria furado e eles teriam pedido carona ao Audi.

_____________________________________________________________________________

Veículo: Notícias do Dia

Editoria: Geral

Assunto: Governo do Estado apresenta orçamento para 2013

 

Governo do Estado apresenta a proposta do Orçamento 2013

O secretário da Fazenda, Nelson Serpa, apresentou os números do orçamento para o ano que vem

Concebido dentro de uma  nova uma realidade tributária – que subtrai R$ 300 milhões da receita por conta da resolução do Senado nº 13, que unificou a alíquota do ICMS interestadual para os importados em 4% e passa a valer a partir de 1º de janeiro do ano que vem – o orçamento geral do Estado para 2013 estima a receita em  R$ 19,3 bilhões. Os números foram apresentados  na tarde desta segunda-feira (1º) pelo secretário da Fazenda, Nelson Serpa, antes remeter à Assembleia Legislativa conforme previsão constitucional.

 

Nelson Serpa durante a apresentação do Orçamento 2013

 Com a queda do movimento econômico, a previsão de receita precisou ser reestimada. Este ano a receita está com quase R$ 700 milhões abaixo do orçado. Para 2012, a previsão não se confirmou e acusou queda de R$ 10,3 bilhões para R$ 9,9 bilhões. “O novo cenário obrigou a fazer reestimativa porque não queremos correr o risco de prever receita que não venham a se confirmar”, disse Serpa.

O aperto no orçamento vai obrigar o governo a evitar ainda mais o desperdício, a melhorar a gestão  e a apostar na eficiência da máquina pública. “Algumas áreas terão muito trabalho para fazer a gestão da folha  de pessoal, o componente principal da Administração”, avaliou Nelson Serpa. A folha de pessoal do funcionalismo público estadual compromete  55% do total da receita. 

 

Compensação

Para compensar o prejuízo que o Estado vai ter com a resolução 13, que visa combater a Guerra dos Portos, o governo federal acenou com um financiamento de R$ 3 bilhões do BNDES. Esse dinheiro será investido  principalmente em recuperação de rodovias. A maior parte dos investimentos previstos em2013  são de financiamento do  BNDEs.

Segundo Serpa, a Lei Orçamentária Anual  2013 foi elaborada tomando como base o crescimento do PIB  em 2%, projeção feita pelas principais agências,inflação de5,6% e esforço fiscal em 0,5%. “É um orçamento ajustado a realidade”, disse Serpa.  Segundo o secretário, os efeitos da resolução 13, baixada pelo governo federal mas com pressão da grande indústria paulista que queria reduzir as importações de mercadorias,  poderá ser mitigada pela eficiência dos portos catarinenses. “Isso vai ser um ponto de equilibrio”.  Assim que o governo aprovou a emenda13no Senado, o governo estadual colocou em ação uma estratégia  segurar os investimentos no Estado pelas empresas de importação.

 

Economia catarinense

Sobre o cenário para a economia catarinense em 2013, Serpa pondera que Santa Catarina vive em regime de empregabilidade, embora o PIB regional em contraposição ao nacional tenha crescido menos. O esforço da Fazenda para melhorar a arrecadação não vislumbra grandes nichos de evasão fiscal que possa, se debelados, elevar a receita. “Não verificamos nichos de  evasão que possam elevarem muito a receita”, disse Serpa.

Desde o inicio do governo Raimundo Colombo, em 2011, foram tomadas medidas para reduzir as despesas de custeio para sobrar dinheiro para investimentos. O orçamento apresentado hoje é o segundo elaborado por esse governo – a Lei Orçamentária Anual de 2011 foi herdada do governo anterior.

 



 

Orçamento 2013

 

RECEITA

O  orçamento geral do governo para o ano que vem estima receita de R$ 19.351 bilhões – crescimento de 12,9% em relação a 2012.

O montante inclui as operações de crédito do BNDEs. Sem esse valor, o percentual de incremento cairia para 7,8%

O orçamento de 2012 previa um incremento de 14% em relação a 2011, sendo que a receita apresentou até 27 de setembro crescimento de 6,09%.

 

DESPESA

FOLHA

O orçamento prevê o comprometimento  de R$ 8,958 bilhões como pagamento do funcionalismo público de todos os poderes em 2013, o que significa 55,6% do total da receita.

 

DÍVIDA

Para honrar o pagamento da dívida em 2013,o Estado planeja desembolsar R$  1.750 bilhão – o que significa 14% do total da receita liquida disponível

Até dezembro de2012 serão aproximadamente R4 1,8 bilhão de dívida.

 

REPASSE AOSPODERES

R$ 1,152 bilhão Tribunal de Justiça – 3,7% maior que o orçado em 2012

R$ 422milhões Assembleia Legislativa – 3,7% maior do que o orçado em2012

R$ 160,3 milhões Ministério Público – 3,7% maior que o orçado em 2012

 

INVESTIMENTOS

Em 2013, o governo do Estado planeja investir R$ 2,56 bilhões, um crescimento de 57,2% em relação ao orçado para o ano de 2012.

R$ 233,9  milhões Saúde – 51,5% mais do que 2012

R$ 516,1 milhões  Educação , 36,2% mais que em 2012

R$ 163,5 milhões Segurança  – 58,1% mais que em2012

 R$ 51,7 milhões Assistência Social – 238% mais que em 2012

 R$ 127,1  milhão Justiça e Cidadania – 47% mais que em 2012

R$ 885,2 milhões Infraestrutura – 134% mais do que em 2012

 

Composição do Investimento

R$ 1.213 BNDES

R$ 800 milhões receitas próprias

R$ 560 milhões outras operações de crédito