Área do associado

Área do associado

Clipping do dia 02 de fevereiro

2.2.2012

 

CLIPPING

02 de fevereiro de 2012

 

MÍDIAS DE SANTA CATARINA

 

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Visor

Assuntos: Caixas eletrônicos

                   BOA do Corpo de Bombeiros

 

 

A PROPÓSITO

Quando é que a força-tarefa da Polícia Civil conseguirá prender a quadrilha responsável pela série de explosões a caixas eletrônicos que acontecem no Estado desde o ano passado? Afinal, trabalham nas investigações pelo menos quatro delegados e 10 agentes. Todos considerados da elite da corporação.

 

SALVE, ARCANJO

 O Batalhão de Operações Aéreas (BOA) do Corpo de Bombeiros Militar de SC comemora hoje dois anos de operações no Estado. Neste período, em parceria com a Secretaria de Saúde Estado, foram realizadas 1.392 missões e atendidas 1.256 pessoas durante 975 horas de voo. Para marcar a data, o BOA irá homenagear 10 pessoas. Entre elas, este colunista e o jornalista Carlos Damião. Parabéns à equipe do Arcanjo 01.

____________________________________________________________________________Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Geral

Assunto: Bebês socorridos a partir de ligações

 

Vidas salvas por um fio

Dois bebês foram socorridos ontem a partir de ligações feitas a policiais

Duas crianças – uma em Corupá, Norte de SC, e outra em Paulo Lopes, na Grande Florianópolis – foram salvas ontem por telefone.

Em Corupá, Andressa Tamara Fossile, 20, fazia dormir em seu colo, na manhã de ontem, a filha Thaene. Andressa tinha acabado de dar de mamar para a filha. Quando terminou, fez a menina arrotar. Mas o bebê teve um pouco de refluxo e a mãe achou estranho o líquido sair pelo nariz.

– Chamei a minha mãe e percebi que minha filha amoleceu. Liguei para os bombeiros (193), mas acabei discando o 190 da Polícia Militar – conta.

 

A ligação foi atendida pelo soldado Jair Moro, 33, por volta das 23h30min. Sem conseguir falar, Andressa passou o telefone para a irmã, Vanessa, 18. Moro passou as informações para Vanessa ao telefone. Ela repetia para a avó da criança, Lenir.

– Coloca o bebê de bruços, rápido. Fica comigo no telefone. Coloca o dedinho na boca dela – dizia o soldado.

Nessa hora, o bebê começou a chorar. A ação durou cerca de um minuto.

Depois do susto, o policial orientou para que fossem chamados os bombeiros para dar o atendimento no local.

Em Paulo Lopes foi um policial rodoviário federal quem recebeu um chamado inesperado ontem, por volta das 17h. Um bebê estava engasgado e sufocando. O policial Maurício Amado estava de plantão quando recebeu o pedido de socorro dos pais do bebê, Everaldo José Leite e Marli Dutra Crescêncio. Ele avisou os bombeiros sobre a emergência e correu até a casa da família, que fica a 300 metros do posto da PRF. Ao chegar lá ele encontrou Sofia Dutra Leite, uma menina com apenas 10 dias.

Ela estava desacordada e com a pele roxa, mas foi salva após os procedimento feitos pelo policial. Minutos depois, os bombeiros chegaram à residência.

____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Diário do Leitor

Assunto: Foto dos policiais- Cow Parade

 

CowParade e PM

A foto tirada por um estudante na área central de Florianópolis, flagrando um PM em atos impróprios com uma vaca da “CowParade”, até agora só noticia versões contra os militares. Todos sabem que o clique para uma foto é instantâneo, imediato em milésimos de segundos. Não estou defendendo a atitude, mas antes de ouvir o fotógrafo, não seria interessante interrogar os envolvidos e lhes dar oportunidade de dar suas versões para o ocorrido?

Jorge D. Hexsel

Florianópolis

____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Cacau Menezes

Assunto: Polícia Federal

 

Raquetada

A Polícia Federal abriu inquérito para investigar se houve desvio de recursos públicos nas contas da CBT (Confederação Brasileira de Tênis). A determinação foi feita pelo Ministério Público Federal. A entidade é suspeita de não prestar contas de dinheiro público e de fazer uma espécie caixa dois. O presidente da CBT é o catarinense Jorge Lacerda, que tenta alterar o estatuto da CBT para permanecer à frente da confederação até depois da Rio-2016.

As irregularidades foram negadas por Lacerda, que afirmou que o inquérito foi motivado por disputa política no controle da entidade, exatamente como fez para derrubar o antecessor e assumir no seu lugar e com apoio do Guga Kuerten.

____________________________________________________________________________Veículo: Notícias do Dia

Editoria: Hélio Costa

Assunto: Caso Cow Parade

                 Acadepol

 

Falsos moralistas estão querendo jogar recalques deles nos PMs da “vaquinha”

Concordo que os soldados cometeram um deslize, mas fazer deles um judas antes da Páscoa? Isto eu não concordo.

Puxão de orelha

Falsos moralistas estão querendo jogar recalques deles nos soldados da Polícia Militar,  fotografados em atos obscenos na escultura artística de uma vaca, no Largo da Alfândega, no centro de Florianópolis. Concordo que eles cometeram um deslize. Mas fazer deles um judas antes da Páscoa? Isto eu não concordo. Conheço bem os quatro PMs. São bons policiais. Estão sempre prendendo assaltantes, traficantes e entregando os presos na Central da Capital.  O que eles fizeram foi apenas uma brincadeira que acabou numa infeliz polêmica. Se o comando tirá-los do policiamento de rua,  quem vai perder é a comunidade.  Pois será uma guarnição a menos no policiamento ostensivo e preventivo na cidade. Portando, repito: Eles cometeram apenas um deslize e não merecem ser crucificados. No máximo um “puxão de orelha”.

 

Acadepol oferece curso de preservação de local de crime para agentes

O treinamento instrui agentes que interferem na cena do crime agir de maneira coordenada, cada um no âmbito de sua competência

Preservação de local de crime

A Academia da Polícia Civil está capacitando de 20 profissionais da segurança pública –  entre policiais civis, militares, rodoviários estaduais militares, bombeiros, peritos do Instituto Geral de Perícia e guarda municipal –  para o curso Local de Crime: Teoria e Prática. O treinamento instrui agentes que interferem na cena do crime agir de maneira coordenada, cada um no âmbito de sua competência, contribuindo para a formação de uma prova pericial efetiva. Os exercícios externos contam com atores contratados e simulação de lesões, de modo que os professores observem a atuação das equipes na cena de crime dentro num contexto próximo da realidade. Hoje ocorrerá simulação em um terreno que servia de depósito de material de construção, localizado na SC 401. Acho interessante este curso, porque é de fundamental importância a preservação do local de crime para o desfecho da investigação.

____________________________________________________________________________Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Geral

Assunto: Trabalhados da Comcap descartam greve

 

Trabalhadores da Comcap descartam greve em assembleia, em Florianópolis

Motivo seria erro em descontos de até R$ 344 nos salários, segundo sindicato

Cerca de mil trabalhadores da Companhia de Melhoramentos da Capital (Comcap) se reuniram em assembleia no pátio da empresa, na manhã desta quinta-feira. Em pauta, os descontos feitos em folha de pagamento de forma irregular. O encontro, que começou às 7h15min, durou cerca de uma hora.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal Rosângela Soldatelli, a reunião era necessária para que a empresa percebesse a preocupação dos trabalhadores.

— Este é o segundo erro consecutivo. Em janeiro houve descontos em quem não deveria ser punido. Agora novamente foram descontados valores entre cerca de R$ 150 até R$ 344 — explica. Diante do aviso de desconto, a empresa havia feito as correções e creditado o valor devido aos trabalhadores ainda na tarde de quarta-feira.

Embora tenha sido descartada a greve, que chegou a ser cogitada no dia anterior, os trabalhadores devem permanecer em alerta, lembra a presidente do sindicato.

— A vida financeira das pessoas está bagunçada e tememos que isto se repita em março.

De acordo com o presidente da companhia Antônio Marius Zuccarelli Bagnati, houve pagamento feito a maior na folha de pagamento em dezembro, e os descontos devem ser revistos.

A direção da Comcap verificará se havia ou não a pendência financeira. Caso se confirme, os valores devem ser descontados de forma parcelada nos próximos dois pagamentos.

 

____________________________________________________________________________Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Polícia

Assunto: Treinamento para agentes

 

Treinamento para agentes

Uma equipe da Polícia Civil carioca treinada pelo Seal Team 6 – a tropa de elite da Marinha dos Estados Unidos que matou o terrorista Osama bin Laden – vai capacitar 42 policiais civis e militares de SC.

O curso Operador Tático Multimissão, com agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), começa hoje, na Academia de Polícia Civil (Acadepol), na Capital.

O treinamento dos agentes terá técnicas de tiro embarcado em aeronave, embarque e desembarque de helicóptero em ambiente aquático, rapel de helicóptero, técnicas de conduta de patrulha em área de risco e combate em ambiente confinado.

____________________________________________________________________________Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Polícia

Assunto: Caso Goetten

 

Justiça solta suspeita de aliciamento

A defesa do ex-deputado federal catarinense Nelson Goetten (PR), 55 anos, fará um novo pedido esta semana à Justiça de Itapema para colocar o político em liberdade. Na terça-feira, o Tribunal de Justiça de SC (TJSC) mandou soltar a vendedora de lingeries Cristiane do Carmo Alves Paes, 28 anos, que estava presa suspeita de aliciar adolescentes para orgias com Goetten.

 

O advogado Roberto Brasil Fernandes, defensor de Goetten e Cristiane, disse que obteve a liberação da vendedora num habeas corpus. Segundo o advogado, com o fim da fase de instrução do processo, desembargadores do TJ entenderam que a prisão de Cristiane era ilegal e determinaram a soltura. Ela estava presa desde maio de 2011, em Itapema, acusada pelo Ministério Público de favorecimento à prostituição. Como o processo está em segredo de Justiça, o advogado não deu mais detalhes. Ele crê numa decisão favorável nos próximos dias.

Goetten está preso há oito meses. O motivo é um inquérito da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic), no qual figurou como suspeito de dois estupros de uma adolescente de 14 anos, em 2009 e 2010, e de exploração sexual de menores. Além dele, foram presos o instrutor de fanfarras Gilberto Orsi, o Beto, que segue na cadeia, e Cristiane.

Fernandes afirmou que o ex-deputado escreverá uma biografia para contar as supostas ilegalidades que considera ter sofrido desde 2011.

O advogado está confiante na absolvição de seus clientes e disse ter obtido recentemente decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) considerando ilegais as provas obtidas pela polícia no caso – escutas telefônicas e depoimentos. O DC não teve acesso à suposta decisão por causa do sigilo.

– As descobertas que tivemos são de arrepiar. Foi uma injustiça evidente a prisão de Goetten e vamos provar a sua inocência – diz o advogado.

A Deic também desconhece a suposta decisão. O delegado responsável pelo inquérito, Renato Hendges, lembrou que todas as escutas foram autorizadas pela Justiça de Itapema, e foram feitas quando Goetten não era mais parlamentar.

____________________________________________________________________________Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Polícia

Assunto: Crimes e ocorrências

 

Suspeito de crime é preso

A Polícia Civil de São José já sabe quem foi o autor do assassinato de Claudiomir Mariano, 48 anos, morto a golpes de tesoura em sua casa, no Bairro Forquilhinhas, em São José, na Grande Florianópolis, no dia 6 de janeiro. Na semana passada, a polícia chegou ao suspeito, um rapaz de 20 anos.

 

Ele confessou o homicídio na última terça-feira, em seu segundo depoimento, e alegou que cometeu o crime depois que se recusou a ter relações com Claudiomir, homossexual assumido. Mas a polícia acredita que o caso é de latrocínio e não tem relação com homofobia, pois o suspeito teria roubado um cheque no valor de R$ 200, além de um cartão de débito, utilizado para sacar dinheiro após a morte de Claudiomir.

De acordo com o investigador Sérgio Safanelli, da Delegacia de Forquilhinhas, Claudiomir e o jovem se encontraram em um posto de gasolina do bairro, às 2h do dia 6 de janeiro, e seguiram para a casa da vítima.

O suspeito alegou que eles se encontraram por acaso e começaram a conversar sobre televisão por assinatura, pois trabalha como técnico de instalação. Ele diz que aceitou ir até a casa de Claudiomir naquela madrugada para ajudar a solucionar um problema na televisão.

O corpo de Claudiomir foi encontrado cinco dias após do crime, depois que vizinhos desconfiaram do mau cheiro que vinha da casa. A polícia encontrou o local revirado e com sinais de luta.

 

Polícia Civil flagra dinamite em morro

Operação para apreender drogas na Capital acabou achando os explosivos

A Polícia Civil encontrou duas bananas de dinamite, ontem de manhã, no Morro do Caju, em Florianópolis. Em 2012 no Estado, esta foi a terceira apreensão de dinamite, material usado nos 40 ataques a caixas eletrônicos em Santa Catarina desde 2011.

A apreensão foi resultado de uma operação inicialmente montada para pegar uma carga de cocaína e maconha que chegou na madrugada ao morro. Mas uma festa de aniversário no local atrapalhou os planos da polícia, que considerou que uma eventual troca de tiros no meio da rua poderia atingir inocentes que estavam na comemoração.

Depois de suspender a operação, a equipe voltou ao morro às 6h. A festa já tinha terminado e as ruas estavam vazias. Os policiais não encontraram a droga, mas acharam duas bananas de dinamite de cerca de 400 gramas cada, o suficiente para explodir dois caixas eletrônicos.

O material estava dentro de uma caixa de papelão, num barraco usado pelo tráfico. De acordo com a polícia, o dono da dinamite é o chefe do tráfico no Morro do Caju.

As bananas foram encaminhadas à 5a DP e seriam inutilizadas pela polícia. As informações sobre a apreensão foram repassadas para a Diretoria Estadual de Investigação Criminal (Deic), que investiga, sob sigilo, os ataques a caixas eletrônicos em Santa Catarina com uso de dinamite.

 

Roubado x recuperado

MATERIAL ROUBADO OU FURTADO NO SUL DO PAÍS

2011

– 75 kg explosivos e 20 detonadores em SC

– 100 kg de explosivos no PR

2010

– 700 kg de explosivos no RS

POTÊNCIA DO EXPLOSIVO

– Para destruir um caixa eletrônico são necessários 400 gramas de dinamite

– Para detonar uma rocha de 1,5 tonelada é preciso 1,2 kg de dinamite

MATERIAL EXPLOSIVO APREENDIDO EM SC

2012

– Duas bananas de dinamite em Florianópolis

– Oito bananas, 11 detonadores e 15 metros de estopim em Itajaí

– Uma banana em Penha, Litoral Norte

2011

– Uma banana em São José

– 74 quilos de dinamite, 39 metros de estopim e 33 detonadores na Capital

– Nove quilos de dinamite em São Bento do Sul

 

Perícia pede mais prazo para laudos

O Instituto Geral de Perícias (IGP) pediu mais 30 dias para encaminhar à polícia os laudos da reconstituição do crime e de comparação de DNA do triplo homicídio de Palhoça, na Grande Florianópolis.

Os crimes ocorreram na manhã do dia 9 de janeiro, em um galpão da cidade. O mestre de obras Gelson Aparecido da Silva, 32 anos, e seus filhos Gean, de nove, e Victor, de cinco, foram assassinados.

O delegado Attilio Guaspari Filho disse que se os laudos não chegarem antes de 13 de fevereiro, ele pedirá à Justiça a prorrogação da prisão temporária dos três suspeitos, que expira neste dia. Estão presos Rogério Vas da Silva, 21 anos, Jeferson Nunes, 21, Everaldo Rosa Nunes, o Lalau, 31 anos – apontado pela polícia como mandante dos crimes – e três adolescentes.

 

 

Bebê raptado está de volta

Levado por uma mulher de um hospital de Camboriú quando tinha apenas três dias, menino foi encontrado em Navegantes

Nos braços de uma policial um bebê raptado em novembro encontrou, ontem, o caminho de casa. O menino, levado por uma mulher que se apresentou à mãe como conselheira tutelar, no Hospital de Camboriú, foi encontrado pela polícia em uma casa no Centro de Navegantes, no Litoral Norte, onde viveu nos últimos 70 dias.

A suspeita foi presa, e a criança entregue, provisoriamente, ao conselho tutelar. Sirley de Fátima Machado, 44 anos, teria admitido o crime em depoimento à polícia. Levado à delegacia, o marido dela alegou não saber do rapto e foi liberado. O casal tem dois filhos adultos.

Segundo o delegado Osnei de Oliveira, da Divisão de Investigações Criminais (DIC) de Balneário Camboriú, a mulher teria se identificado como missionária para obter informações sobre crianças carentes que estivessem para nascer.

– Ela alega que teve uma gravidez psicológica. Havia se separado do marido e pretendia reatar o casamento. Perto da data em que deveria ocorrer o parto, ela raptou a criança.

A localização do bebê foi possível com a identificação do carro que a suspeita dirigia: um Fiesta Sedan branco, repassado por Sirley a outra pessoa no decorrer das investigações.

Desde novembro, a suspeita já teria passado por três casas diferentes, entre Balneário Camboriú e Navegantes. Ela teria, ainda, falsificado uma certidão de nascimento, dando à criança o nome de Natan e uma nova data de nascimento: 24 de novembro de 2011 – a mesma data em que foi levado.

Ontem, o bebê passou de colo em colo entre os policiais. Tranquilo, não chorou e mamou à vontade. À tarde, foi levado ao hospital para uma bateria de exames. Antes, passou pela casa da avó, Vera Waltrick.

– Eu tinha tanta esperança que desocupei o quarto para pintar de azul. Tinha certeza de que ele iria voltar.

O bebê fica com o conselho tutelar até o caso ser esclarecido. A mãe dele ficou em estado de choque após o rapto e faz tratamento em Curitiba.

Sirley responderá por subtração de incapaz para colocar em lar substituto, falsificação de documento público e fraude processual, já que teria usado a suposta gravidez para obter benefícios trabalhistas. Ela está no Presídio de Balneário Camboriú.

 

70 dias de agonia

– O bebê, com apenas três dias, é levado do Hospital de Camboriú no dia 24 de novembro do ano passado. A mãe diz à polícia que a raptora havia se passado por conselheira tutelar e se oferecido para atender a criança enquanto ela passava por uma consulta médica.

– No dia 30 de novembro, a Polícia Civil divulga retrato falado da suspeita. Os policiais identificam o carro que ela dirigia, o que foi decisivo para a localização da criança.

– Em 1º de fevereiro de 2012, os policiais chegam à casa de Sirley de Fátima Machado, no Centro de Navegantes. A mulher confessa ter levado o bebê após uma suposta gravidez psicológica.

Contraponto

O que diz a suspeita de rapto, Sirley de Fátima Machado

Procurada pela reportagem, não quis comentar o caso. Sirley disse que falaria somente em juízo e não informou o nome de seu advogado.

 

 

 

 

 

ACONTECEU NA ALESC

 

Legislativo retoma atividades nesta quinta-feira, dia 2 de fevereiro 

A sessão especial para leitura da mensagem anual do governador, que ocorre nesta quinta-feira (02), às 9 horas, marca o início do segundo ano da 17ª Legislatura. A sessão estava marcada para as 15 horas, mas foi transferida para o período da manhã para compatibilizar a agenda do governador, que confirmou presença.

O ato que inaugura o ano legislativo é marcado pela exposição do Executivo aos deputados e aos cidadãos catarinenses sobre a situação do estado, conforme previsto no art. 71, X, da Constituição Estadual.

O presidente da Casa, deputado Gelson Merisio (PSD), abre os trabalhos e, em seguida, o governador Raimundo Colombo (PSD) apresenta a mensagem do Executivo. Logo após, o presidente do Legislativo fará uso da palavra e encerrará a sessão, convidando os parlamentares ou os líderes de bancadas para acompanhar o chefe do Poder Executivo até o hall do Palácio Barriga Verde. As sessões ordinárias da Casa recomeçam na terça-feira (7), às 14 horas.

 

 

Dos Gabinetes – Marcos Vieira anuncia convênio para bombeiros de Faxinal dos Guedes           

Na véspera de seu aniversário, o prefeito de Faxinal dos Guedes, Flávio Bruno Boff, ganhou um presente antecipado do deputado Marcos Vieira (PSDB).

Em visita ao gabinete do prefeito, na tarde da última sexta-feira (27/01), Marcos Vieira anunciou que vai liberar recursos na ordem R$ 100 mil para a construção do prédio do Corpo de Bombeiros da cidade, um pleito, segundo o prefeito Boff, antigo e necessário. “É realmente um presente antecipado, pois não tínhamos condições de executar esta obra com recursos próprios”, disse o prefeito.

Conforme Marcos Vieira, a intenção é a de ajudar a estruturar o Corpo de Bombeiros pois a cidade cresce e precisa ser dotada de equipamentos que possam auxiliar na segurança da população e de seus visitantes. “Não tenho dúvidas de que o Corpo de Bombeiros faz um trabalho exemplar em todas as suas bases e precisamos apoiar sempre que for necessário, por isso tenho o maior prazer em anunciar que esta obra, se depender de mim, sairá do papel”, disse o deputado.

Marcos Vieira passou pela cidade durante um roteiro de visitas que fez em 14 municípios do Oeste na última semana, reunindo lideranças do PSDB para debater as eleições municipais de 2012.

 

 

Dos Gabinetes – Reno comemora envio de PEC sobre atividade dos bombeiros   

Proposta de Emenda à Constituição – PEC, para equiparar prerrogativas dos bombeiros militares, comunitários e voluntários, foi apresentada nesta semana pelo procurador geral do Estado, João dos Passos Martins Neto, em reunião realizada na Secretaria de Estado da Fazenda. Participaram da reunião o secretário de Estado da Infraestrutura, Valdir Vital Cobalchini, os deputados Reno Caramori (PP) e Darci de Matos (PSD), a diretoria da Abvesc – Associação dos Bombeiros Voluntários no Estado de Santa Catarina e vários presidentes de associações voluntárias no estado. A PEC segue agora para a Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina e, caso aprovada, dará nova configuração à atividade bombeiril no Estado.

O procurador geral do Estado cumpre desta forma promessa feita a reivindicação dos deputados em dezembro do ano passado. “Há nove anos que viemos pedindo por esta PEC, que é a única maneira de regularizar a atividade dos voluntários em Santa Catarina. Agora, graças à sensibilidade do governador Raimundo Colombo, isso será possível”, avalia o deputado Reno Caramori. A PEC elaborada pelo governo do Estado chega à Assembleia Legislativa nos primeiros dias de fevereiro, na retomada das atividades das comissões e das reuniões plenárias.

O deputado Reno, conhecido por interceder em favor das corporações voluntárias, mais uma vez declarou-se solidário aos bombeiros militares e aos comunitários, ao defender que “o mais importante é reduzir o déficit de mais de 170 municípios catarinenses que não têm corporação bombeiril alguma para o atendimento aos seus cidadãos em caso de acidentes, sinistros e outras ações.” 

 

 

Dos Gabinetes – Viaturas para reposição: Joinville receberá 22 viaturas por destinação técnica   

Na manhã desta quarta-feira (1º), em Florianópolis, o governo do Estado de Santa Catarina fez a entrega de 531 novas viaturas, que serão distribuídas aos municípios. Desta quantidade, 22 são destinadas a Joinville, sendo dez viaturas para a Polícia Militar, seis para a Polícia Civil, uma para o Corpo de Bombeiros Militar e cinco para o Instituto Geral de Perícia. Também receberão novas viaturas as cidades de São Francisco do Sul (4) e Araquari (1).

O deputado Kennedy Nunes (PSD) observou que o número de viaturas para a cidade de Joinville não é suficiente, mas ouviu do governador Raimundo Colombo que estas unidades são destinações técnicas, ou seja, tem o objetivo de repor viaturas sem condições de uso.

Segundo Kennedy, viaturas com mais de cinco anos dá muito prejuízo, muita manutenção. Com essas novas viaturas, repõe-se as estragadas, o que é bom, mesmo não havendo um aumento efetivo de viaturas, disse.

O deputado apurou também que as viaturas que não têm mais condições de uso serão leiloadas e com os recursos, advindos do leilão, junto a novos recursos governamentais, a frota deve ser aumentada ainda este ano. 

 

 

Dos Gabinetes – Elizeu Mattos prestigia solenidade de promoção na PMSC          

Solenidade alusiva à promoção de oficiais e praças da Policia Militar e Bombeiro Militar de Santa Catarina, a exemplo de Lages, aconteceu também em outros municípios do Estado, nesta terça (31). De acordo com o comandante-geral do 6º BPM, coronel Nazareno Marcineiro, “foi um momento marcante para a Corporação por se tratar do maior número de policiais promovidos nos 176 anos de história da Polícia Militar catarinense”. Ao todo foram promovidos 1020 praças e 32 oficiais. Desses, 968 soldados, beneficiados pelo Projeto de Lei Complementar nº 559, foram elevados a cabos. O deputado Elizeu Mattos, se fez presente na solenidade realizada em Lages, no 6º BPM. Para ele o ato de promoção representa uma grande conquista de centenas de militares que ocupavam respectivas funções há anos e que pela dedicação e empenho no desempenho de suas funções, foram reconhecidos através do PLC, aprovado pela Assembleia Legislativa em dezembro de 2011. “Trata-se de um projeto que foi discutido e desenvolvido junto à liderança do Governo ouvindo reivindicações de representantes da Aprasc e levado ao conhecimento do governador Raimundo Colombo. E o governador, por sua vez, não mediu esforços para atender ao pedido do Parlamento Catarinense. Por isso nos sentimos felizes em poder compartilhar desse momento”, disse Elizeu. 

 

 

 

BLOGS

 

Moacir Pereira

 

Concursados da Policia Civil: embromação

Governador Raimundo Colombo, Secretário Cesar Grubba e Delegado Geral de Policia, Aldo Pinheiro, reiteraram hoje na entrega de viaturas policiais, que sai este mês a nomeação dos 605 policiais civis.

Promessa que, diga-se, vem de outubro do ano passado. Foi transferida em função da greve, confirmada no final do ano para acontecer em janeiro e inicio da Academia em fevereiro. E até agora…nada!

Se as nomeações não acontecerem logo o governo perde mais pontos em termos de credibilidade. Promete e não cumpre.