Área do associado

Área do associado

Associação de oficias da PM da Bahia decide não aderir à greve

10.2.2012

A Associação dos Oficiais da Polícia Militar da Bahia (AOPMBA) decidiu, após assembleia extraordinária realizada na noite desta quinta-feira, não suspender as atividades. De acordo com nota oficial divulgada pela entidade, membros da associação decidiram continuar trabalhando “em respeito ao povo”.

O evento que começou às 19h, contou com a presença do presidente da Federação Nacional de Entidades de Oficiais Militares Estaduais (Feneme), o coronel da Polícia Militar de Santa Catarina Marlon Jorge Teza, do Diretor de Relações Institucionais e Advogado da Feneme , coronel da PM de São Paulo Elias Miller da Silva e do Comandante Geral, coronel Alfredo Castro.

Durante a reunião, o coronel Miller levantou discussões sobre aspectos jurídicos e técnicos do que tem acontecido na greve dos PMs, de direitos e prerrogativas, e também das obrigações e vedações constitucionais.

Segundo comunicado oficial, a associação ainda considera a proposta salarial apresentada pelo governo do Estado abaixo do que é reivindicado pelo movimento, mas garante que só vai atuar em mesas de negociação com a participação de representantes do governo, da Polícia Militar e das Associações de Oficiais e Praças.

A AOPMBA ainda ressaltou que o movimento deflagrado no Estado não teve a participação da entidade e que, desde o início, a associação tem trabalhado para mediar as negociações, visando o fim dos conflitos existentes.

Fonte: www.terra.com.br