Área do associado

Área do associado

Clipping dos dias 05 a 07 de novembro

7.11.2011
CLIPPING
05-07 de novembro 2011
 
MÍDIAS DE SANTA CATARINA
 
Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Geral
Assuntos: Gerais
 
Corpo de homem é encontrado no mar
O corpo de um homem de aproximadamente 60 anos foi encontrado boiando no mar, em frente à igreja de Santo Antônio de Lisboa, em Florianópolis, por volta das 16h de ontem.
Como não havia documento, o corpo foi encaminhado, sem ser identificado, ao Instituto Médico Legal (IML). Até o início da noite de ontem, os bombeiros não conseguiram avaliar se a pessoa foi vítima de homicídio ou se afogou.
 
Motorista é soterrado por caminhão de areia
Adilson Mendes da Silva, 31 anos, morreu soterrado em São João do Itaperiú, Norte do Estado, no sábado. Ele trabalhava em um porto de areia como motorista de caminhão. De acordo com uma testemunha, o homem saiu do veículo e foi coberto parcialmente pela areia. Quando os bombeiros chegaram, Adilson apresentava hemorragia na cabeça e fratura na nuca. Ele teve várias paradas cardíacas e morreu.
 
Cinco morrem em acidentes
O final de semana, em Santa Catarina, teve cinco acidentes de trânsito fatais, três deles na BR-101 e um na BR-470. Ao sair do trevo do município de Trombudo Central, um Gol cortou a frente de um GM Classic, com placa de Salete (SC), que cruzava a BR-470. A passageira do Gol, Ida de Freitas, 62 anos, morreu no acidente e outras seis pessoas ficaram feridas. O acidente aconteceu na tarde de ontem.
Uma criança de aproximadamente oito anos, passageira do Gol, está internada com lesões graves no Hospital Regional Alto Vale, em Rio do Sul. O condutor do carro, Ari Lima da Luz, também ficou gravemente ferido e foi levado para o mesmo hospital. No GM Classic, além do motorista Vilmar Garcia, 34 anos, que saiu ileso do acidente, estavam uma criança de cinco anos e dois adolescentes de 15 e 19 anos. Os três sofreram ferimentos leves.
Segundo o policial rodoviário Manoel Fernandes, que atendeu a ocorrência, o acidente ocorreu porque o Gol saiu do trevo e entrou na BR-470, cortando a frente do GM Classic.
Outras ocorrências
SÁBADO
– Em Barra Velha, Anderson Telles, 20 anos, morreu ao bater a motocicleta em um caminhão na BR-101. O acidente ocorreu no Km 96. O motorista do caminhão, 41 anos, não se feriu.
– Um Celta, com placa de Tijucas, na Grande Florianópolis, capotou e caiu de uma ponte no Km 161 da BR-101. O acidente ocorreu por volta das 8h de sábado, na ponte entre Porto Belo e Tijucas. O motorista do veículo morreu.
DOMINGO
– Jairton Patricio, 38 anos, condutor de uma Honda/CG Titan, com placa de Balneário Camboriú, caiu com a moto no km 138,7 da BR-101 e morreu.
– Um homem de 26 anos morreu na madrugada de domingo, em Joinville, após bater o carro em um poste e numa árvore Rua Benjamim Constant.
 
Caminhão sai da pista e pega fogo na SC-474
Um caminhão carregado de equipamentos cirúrgicos pegou fogo por volta das 17h de ontem, na SC-474, próximo ao acesso ao Distrito da Vila Itoupava, em Blumenau. De acordo com o motorista do veículo, Jonathan Samuleski, 27 anos, que não se feriu, o pneu dianteiro esquerdo estourou na curva do Km 51,2 e provocou a perda do controle do veículo. O caminhão invadiu a pista contrária e ficou suspenso entre o acostamento e a ribanceira na lateral da pista. O motorista e o passageiro do caminhão conseguiram sair da cabine antes de o veículo incendiar.
____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Cacau Menezes
Assunto: Delegado Elói
 
Delegado Elói
É delicado o estado de saúde do delegado de polícia Elói Gonçalves de Azevedo, internado em hospital de Floripa com complicações cardíacas. Seus colegas de segurança pública o definem como “um ótimo profissional, honesto, dedicado, muito trabalhador e competente”. Coube a ele a solução de três sequestros de grande repercussão neste Estado, nas décadas de 1970/80. Ficou conhecido nacionalmente por prender Gilberto Gil com um cigarro de maconha em Floripa. Era viciado em prender fumantes, especialmente surfistas.
____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Informe Político
Assunto: Mais filiados
 
Mais filiados
Em um ano, Santa Catarina aumentou 9,45% o número de filiados a partidos políticos. O número saltou de 724.447 para 792.919 pessoas. Conforme os dados do TRE, entre os maiores partidos continua o mesmo domínio. O PMDB lidera, com 182.957 filiados (23,07%), seguido por: PP, com 142.119 (17,92%); DEM, com 117.682 (14,84%); PSDB, com 96.229 (12,14%); e PT, com 57.454 (7,25%).O PT teve aumento acima da média estadual, com 17,74%. Entre os novatos o PSD tem 17.320 filiados e o PPL 128 filiados em Santa Catarina.
____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Informe Político
Assunto: Novo Código Florestal
 
LHS apresenta relatório amanhã
Proposta com mais de 30 alterações precisa ser avaliada pelas comissões do Senado antes de ir à votação em Plenário
Seis meses após assumir a relatoria do Código Florestal sob desconfiança de ambientalistas e do governo, o senador Luiz Henrique da Silveira (PMDB-SC) entrega amanhã o texto para votação nas comissões de Agricultura e Ciência e Tecnologia.
Será o primeiro passo para aprovação da nova legislação, após a polêmica provocada durante os dois anos de tramitação do projeto na Câmara. Autor de uma lei que reduziu as áreas de preservação permanente (APP’s) em Santa Catarina em 2008 – e que está sendo contestada no Supremo Tribunal Federal –, Luiz Henrique fez mais de 30 alterações no projeto original dos deputados.
– Ele avançou em pontos importantes, mas ainda falta muito – salienta Raul do Valle, um dos coordenadores do Instituto Social-Ambiental.
Entre as mudanças, estão a concessão à Polícia Federal de poder para fiscalizar a extração e o transporte de madeira, criando um cadastro nacional, e a fixação do prazo de seis meses para o governo criar um programa de incentivos financeiros para quem preservar. Além de apaziguar a relação com os ambientalistas, o senador se aproximou do governo, atendendo praticamente todos pedidos dos ministérios do Meio Ambiente e da Agricultura.
– Teve semanas em que o Luiz Henrique esteve aqui quase que diariamente – explica o secretário executivo do Ministério do Meio Ambiente, Luis Antônio Carvalho.
Em sintonia com o senador Jorge Viana (PT-AC), relator do projeto na Comissão de Meio Ambiente, Luiz Henrique tentou evitar problemas nas votações, conciliando posições de produtores rurais e ambientalistas.
– Ele estabeleceu um ambiente diferente do enfrentamento que vinha tendo na Câmara. Criamos uma engenharia política que está permitindo o entendimento – diz Viana.
As negociações são fruto de 20 audiências públicas com ambientalistas, pesquisadores, agricultores, indígenas e inúmeros outros grupos afetados pelo novo código. Em pelo menos oito reuniões com o governo, foi alterado metade do texto apresentado aos senadores no dia 25 de outubro. Caso seja aprovado amanhã, o relatório ainda precisará ser avaliado pela Comissão de Meio Ambiente para então ir à votação em plenário. Ainda assim, o texto precisa retornar à Câmara para enfim ir à sanção presidencial.
Até lá, ambientalistas ainda defendem um endurecimento na regra que define futuras atividades autorizadas em APP’s. A principal sugestão é a criação de uma lista com o que é permitido.
A preocupação é que sejam incluídas atividades como novas plantações e pastagens, práticas que degradam o solo, aumentando o risco de enchentes e deslizamentos. Outro pedido é a definição do conceito de agricultura familiar, para evitar que os grandes produtores sejam beneficiados com os itens direcionados aos pequenos.
O governo ainda aguarda mudanças pontuais nos debates que ocorrerão nas próximas semanas, mas adianta que o texto atual não deve receber nenhum veto presidencial
– Do jeito que caminham as negociações, a tendência é de que haja um acordo em torno dos relatórios. Há uma identificação entre a posição do governo e a forma como as alterações estão sendo feitas – completa Carvalho.
 
O novo projeto
O QUE MUDOU
– Incentivos: Um novo capítulo no texto determina que o governo federal terá 180 dias para criar um programa de incentivos financeiros para quem preservar. Os benefícios podem vir através de isenções fiscais e crédito a juros facilitados.
– Embargo: O texto prevê que os órgãos ambientais deverão embargar áreas desmatadas. Pela redação anterior a medida “poderia” ser adotada.
– Renavam da madeira: Dá à Polícia Federal o poder de fiscalizar a extração e o transporte de madeira, criando um cadastro nacional desse tipo de negociação. Hoje quem atua na área são os governos estaduais.
– Consolidação de APPs: foi mantido com o governo federal o poder de legislar sobre o que pode ser considerado plantio consolidado em APPS. Quando assumiu a relatoria, Luiz Henrique defendia que a responsabilidade fosse dos estados.
– Antes e depois: Dividiu o relatório em disposição permanente e transitória. A primeira, regula o direito ambiental no futuro. A segunda, o que foi feito no passado. A mudança dá mais segurança jurídica ao texto.
O QUE AINDA É CRITICADO
– Anistia: o texto garante que produtores de desmataram APPs até 22 de julho de 2008 regularizem a situação, sem o pagamento de multas.
– Novos desmatamentos: com a aplicação do conceito de pousio (tempo em que a atividade agrícola pode ficar suspensa para recuperação do solo) por até 10 anos, dá margem para o surgimento de novos desmates em área que já estão em processo de recuperação.
– Agricultura familiar: pelo texto estão dispensados de recompor a reserva legal donos de propriedades de até quatro módulos. Ambientalistas defendem que a medida deve valer apenas para agricultores familiares, evitando o beneficiamento de grandes produtores.
____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Polícia
Assunto: Operação Jogo Duplo
 
 
Detidos devem depor hoje
Os oito presos na operação Jogo Duplo devem depor a partir de hoje. Os detidos, entre eles o ex-delegado-geral da Polícia Civil Ademir Serafim estão na Diretoria de Investigações Criminais (Deic) desde sexta-feira.
Os presos são suspeitos de envolvimento em jogos ilegais de azar, investigados há nove meses pela operação. O ex-delegado-geral, atual delegado titular de Balneário Camboriú, teria sido flagrado, na sexta-feira, recebendo propina de outro policial.
O dinheiro estaria sendo pago para que ele fizesse vistas grossas às atividades na região. O Ministério Público e a Deic não quiseram se pronunciar sobre o envolvimento dos policiais e nem divulgaram valores. No fim da tarde de sexta-feira, por volta das 18h, após a chegada do delegado da Polícia Civil, em um carro prata e sem algemas, a Deic foi fechada com cadeados.
Outro policial, também envolvido nas suspeitas, chegou depois e tentou, dentro de um carro particular, acompanhado de agentes, esconder o rosto das câmeras e curiosos. O diretor da Deic, Cláudio Monteiro, não quis se pronunciar sobre o envolvimento de agentes no esquema de cassinos.
____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Polícia
Assunto: Caixa eletrônico é arrombado
 
Caixa eletrônico é arrombado
Uma semana depois de desencadeada a Operação Rastro, um caixa eletrônico do banco Bradesco foi arrombado por volta das 4h de sábado, em Garuva, no norte do Estado. Pelo menos quatro homens utilizaram dinamite para estourar o equipamento. A agência foi danificada e a câmera de segurança ficou destruída.
Quando a polícia chegou, houve troca de tiros e o grupo fugiu em direção à estrada de Palmital. Durante a fuga, o veículo dos criminosos capotou, teve nova troca de tiros, e uma mulher que passava pela rua dirigindo um Fiat Uno acabou sendo atingida, mas não corre risco de morte. Segundo a polícia, ela estava a caminho do trabalho.
 
Quadrilha pode ser de Curitiba
Os homens abandonaram o veículo Fiat Strada e roubaram um Celta prata, mas abandonaram o carro e seguiram a pé pela mata. De acordo com o tenente Daniel Henrique Rodrigues, um dos suspeitos pode estar ferido.
– Tinha marcas de sangue no carro abandonado – diz.
Nenhum dos homens foi capturado. A polícia acredita que o grupo seja de Curitiba. Na última semana, uma quadrilha, que explodia caixas eletrônicos, com base em Santa Catarina e Paraná, foi presa durante a Operação Rastro, em São Bento do Sul, também no norte do Estado.
Cerca de nove quilos de dinamite foram apreendidos. Foi a primeira vez que a polícia conseguiu interceptar o desvio de dinamite para o crime no Estado, onde ocorreram 13 explosões de caixas eletrônicos até outubro. A estimativa é de que o valor roubado ultrapasse R$ 1 milhão. A comercialização do explosivo é controlada pelo Exército.
____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Polícia
Assunto: Delegados do RS farão boicote às operações
 
Delegados farão boicote às operações
Delegados do RS resolvem fazer uma “rebelião” para exigir melhores salários e condições de trabalho. Eles anunciaram uma série de boicotes, que inclui a entrega de todos os cargos de chefia e a recusa de participar de grandes operações. Eles afirmam, também, que deixarão de aceitar convites para dar aulas nos cursos de formação da Academia de Polícia, não excederão as 40 horas de trabalho semanal e se recusarão a participar dos mutirões de investigações de homicídios.
____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Polícia
Assunto: Detentas ainda não foram recapturadas
 
Detentas ainda não foram recapturadas
Nenhuma das seis detentas que fugiram do Presídio Feminino de Florianópolis na madrugada de sábado foram recapturadas até a tarde de ontem. Conforme o Departamento de Administração Prisional (Deap), a fuga ocorreu pelo telhado do alojamento. Uma sétima presidiária teria tentado escapar, mas não teve êxito por ter caído do muro do complexo prisional. Segundo a gerente do presídio feminino, Marionice Fávero, as fugitivas estavam em regime fechado.
____________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Polícia
Assunto: Crimes e ocorrências
 
Guarda apreende armas na Capital
A Guarda Municipal da Capital prendeu Peterson Juliano de Andrade, 18 anos, e dois adolescentes de 16 e 17 anos com um Sandero roubado, uma pistola 9mm, um imbel 380 e 35 munições no começo da madrugada de sábado. Eles passavam pela Avenida Gustavo Richard quando os guardas perceberam a atitude suspeita do trio. Houve perseguição e os três foram pegos ao baterem no muro da Igreja Assembleia de Deus, próximo ao Floripa Music Hall.
 
Vândalos tentam incendiar carros
Vândalos tentaram incendiar pelo menos quatro carros que estavam na rua e até em residências no Bairro Pantanal, em Florianópolis, na noite de sexta-feira. Em um dos carros, as chamas atingiram todo o veículo, dando perda total. Os criminosos ateavam fogo em sacos de lixo e, depois, colocavam os sacos, já pegando fogo, próximo ao tanque de gasolina. A polícia esteve no local para ouvir os moradores. Ninguém foi preso.
 
Ladrões roubam dinheiro de pagamento
Dois assaltantes levaram cerca de R$ 60 mil de uma panificadora em Guaramirim, no norte de Santa Catarina. Os ladrões entraram no local por volta das 9h30min de sábado, renderam o dono com um revólver, o trancaram dentro do escritório e fugiram a pé em direção ao Centro.
Segundo a Polícia Militar, um veículo estaria esperando os assaltantes. O dinheiro da panificadora seria usado no pagamento dos funcionários do estabelecimento. Ninguém ficou ferido.
 
Homem é baleado na cabeça após discussão
Por volta das 7h de sábado, um homem de 21 anos foi baleado na cabeça na Rua Padre Francken, no Centro de Jaraguá do Sul.
O rapaz foi encaminhado para o Hospital São José e, por volta das 10h, foi submetido a uma cirurgia.
A suspeita da PM é de que a vítima e o atirador tenham discutido por causa de drogas, já que o local é um ponto de tráfico. A polícia investigará o caso.
____________________________________________________________________________ Veículo: Notícias do Dia
Editoria: Hélio Costa
Assunto: União entre segurança pública e privada é discutido no Security Show
 
 
União entre segurança pública e privada é discutido no Security Show
Evento acontece sexta-feira, no Costão do Santinho e reúne pesos pesados como Rodrigo Pimentel, do Bope, que inspirou o Capitão Nascimento
Segurança
A união entre a segurança pública e privada é o foco do debate no Security Show, a partir da próxima sexta-feira no Costão do Santinho. Além de demonstrar o que há de mais recente em tecnologia de segurança no Brasil e no mundo, o evento também trará grandes nomes da segurança nacional para debater o assunto, como Rodrigo Pimentel, capitão reformado do Bope (Batalhão de Operações Especiais) que inspirou o “Capitão Nascimento”, de Tropa de Elite; general José Carlos dos Santos, chefe do Centro de Defesa Cibernética; e José Botelho, delegado da Polícia Federal e Secretário Extraordinário de Segurança para grandes eventos. Outro tema que deve chamar atenção é o projeto Força Tur que consiste na aquisição de equipamentos e sistemas de informação no valor de R$ 7,5 milhões, para melhorar os índices de resolução de crimes em Santa Catarina.
 
 
BLOGS
 
Moacir Pereira
 
Policia Civil emite nota sobre prisão de Delegado
O Delegado Geral de Policia Civil, Aldo Pinheiro d’Ávila, divulgou há pouco a seguinte nota:
“A Delegacia Geral da Polícia Civil lamenta profundamente o ocorrido em relação aos reflexos institucionais decorrentes da prisão do Ex-Delegado Geral da PCSC.
Nossa Instituição tem compromisso com a verdade e as transgressões individuais serão apuradas rigorosamente de forma individual, respeitando-se o contraditório e a ampla defesa.
Não vamos tecer qualquer julgamento pessoal ou institucional antecipado em relação as investigações em curso, mas a Polícia Civil de Santa Catarina será rigorosa e intransigente na apuração dos fatos, tanto na esfera criminal quanto na administrativa. Não vamos hesitar em cortar a própria carne se este for o caminho para se alcançar a verdade.
Aldo Pinheiro D’Avila-Delegado-Geral da Polícia Civil.”
 
 
Bomba na segurança: delegado é preso em flagrante
A prisão do delegado de Policia Civil Ademir Serafim estourou como uma bomba na Secretaria de Segurança Pública. Ele é um profissional com 35 anos de carreira. Foi o Delegado Geral de Policia no governo Leonel Pavan, de abril a dezembro de 2010. A prisão ocorreu em Balneário Camboriú, domicilio e base eleitoral do ex-governador Pavan, presidente estadual do PSDB.
O secretário de Segurança, Cesar Grubba, encontra-se em Jaraguá do Sul, participando do Seminário Governar o Governo. Até agora não houve manifestação do secretário ou da Secretaria.
 
 
 
MÍDIAS DO BRASIL
 
 
Veículo: Último Segundo
Editoria: Brasil
Assunto: USP e estudantes assinam acordo para desocupação da reitoria
 
 
USP e estudantes assinam acordo para desocupação da reitoria
Em reunião de conciliação na Justiça, alunos assinaram compromisso de deixar o prédio da universidade até as 23h de segunda-feira
Representantes dos estudantes que ocupam a reitoria da Universidade de São Paulo (USP) e da instituição entraram em acordo sobre a desocupação do local durante audiência de conciliação realizada neste sábado, no Fórum Hely Lopes de Meirelles, no centro da cidade. Segundo a USP, os alunos assinaram um compromisso de deixar o prédio até as 23h de segunda-feira. Caso a reintegração não ocorra até o horário estabelecido, o acordo prevê o uso de força policial.
A USP se comprometeu a dialogar com os estudantes, a religar a luz, a internet e a água. Os estudantes aceitaram antecipar para segunda-feira a assembleia geral, inicialmente marcada para a próxima quarta-feira.
Os estudantes ainda se comprometeram a limpar o local da ocupação e consertar os eventuais danos causados ao imóvel, preservando o patrimônio público com o máximo respeito, sem atos de violência e qualquer outra forma de agressividade. Depois da desocupação voluntária, com a preservação do bem público, será realizada a reunião entre a USP e os representantes dos estudantes.
O acordo foi mediado pela juíza Simone Gomes Rodrigues Casoretti, da 9ª Vara da Fazenda Pública Central de São Paulo, que havia determinado a desocupação do prédio na última quinta-feira (3).Uma notificação judicial entregue no final da tarde desta sexta-feira aos estudantes determinou que os alunos que permanecem no prédio da reitoria desde a última terça-feira deixassem o local até as 17 horas de hoje. Mas com a acerto, a ação de reintegração de posse não irá ocorrer nesta tarde.
Os estudantes da universidade reivindicam a revisão do convênio entre a reitoria e a Secretaria de Segurança Pública, pedindo a saída da Polícia Militar da Cidade Universitária, e a revisão dos processos administrativos contra estudantes e funcionários da universidade.
Os alunos estão desde quinta-feira (03) sem luz e internet no prédio. Eles tentam ligar um gerador que há no local.
Segundo informações dos respresentanres dos alunos, eles pretendiam ocupar a reitoria até a próxima quarta-feira, para quando estava marcada uma nova assembleia.
Embora a juíza tenha, em sua decisão, afirmado que a reintegração devesse ser realizada “sem violência” e em “clima de paz”, o uso da força policial estava autorizado. O prédio da reitoria da USP foi ocupado após uma assembleia de estudantes decidir pelo cancelamento de outra invasão, no prédio administrativo de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), na noite de terça-feira (1). O primeiro ato ocorreu em protesto pela detenção de três estudantes que estariam fumando maconha no estacionamento na última semana.
Na tarde de quinta (3), a reitoria divulgou imagens das câmeras instaladas no prédio da reitoria que mostram o momento em que várias pessoas forçam o portão e invadem o local.
____________________________________________________________________________
Veículo: Agência Brasil
Editoria: Brasil
Assunto: Morte de cinegrafista da Band
 
Presidência e ANJ divulgam nota pela morte de cinegrafista da Band
Segundo a associação de jornais, morte mostra a ‘insegurança que atinge os brasileiros’
A Presidência da República, a Associação Nacional de Jornais (ANJ) e o governador Sérgio Cabral divulgaram notas de pesar pela morte do cinegrafista Gelson Domingos, da TV Bandeirantes.
Ele foi baleado na manhã deste domingo (6), durante uma ação do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) contra o tráfico de drogas na Favela de Antares, em Santa Cruz, na zona oeste do Rio.
A Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República manifestou pesar aos parentes, amigos e companheiros e declarou que “o trágico episódio reforça em toda a sociedade o sentimento de gratidão e de solidariedade a todos os profissionais de todas as categorias que, como Gelson, arriscam-se em suas tarefas diárias em prol dos brasileiros”.
A ANJ divulgou nota manifestando pesar, pedindo a apuração das circunstâncias em que a morte ocorreu e a investigação de onde partiu o disparo.
“Essa é mais uma demonstração da insegurança que atinge os brasileiros, cidadãos comuns ou não, como no caso do cinegrafista. A violência afeta a liberdade de imprensa e de expressão; o profissional morreu trabalhando para informar”, consta no comunicado.
O governador do Rio Sérgio Cabral enviou mensagem ao diretor da Band Rio, na qual manifesta “sentimento de pesar aos familiares e aos companheiros de trabalho do cinegrafista Gelson Domingos”. O enterro do cinegrafista será amanhã às 15h no cemitério Memorial do Carmo, no Caju.