Área do associado

Área do associado

Clipping do dia 29 de dezembro

29.12.2011

 

Clipping do dia 29 de dezembro

 

 

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Visor

Assunto:  Posto da PM em Coqueiros

 

SER OU NÃO SER – Morador de Coqueiros, bairro na região Continental de Floripa, questiona o que vale mais para a comunidade: um posto da PM novinho em folha há pelo menos dois meses, mas que permanece fechado (foto), ou uma casinha caindo aos pedaços, mas pelo menos com policial dentro (como era antes da reforma que iniciou-se no meio do ano). Sei não, mas aposto que a maioria ainda cravaria na segunda opção.

____________________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Geral

Assunto: Trânsito violento

 

Acidente com ônibus de SC mata quatro e fere 15

Veículo com 43 passageiros saiu na noite de terça da rodoviária de São Paulo, e vinha para Florianópolis

Quatro pessoas morreram e 15 ficaram feridas após um acidente na rodovia Régis Bittencourt (BR-116) em Barra do Turvo, no Sul de São Paulo, na madrugada de ontem. O ônibus da Autoviação Catarinense, com placas MEZ-4045, saiu às 23h15min da Rodoviária do Tietê, em São Paulo, com destino a Florianópolis.

Por volta das 4h20min, o veículo perdeu o controle em trecho de descida e tombou em uma curva, às margens da rodovia. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Registro e os feridos foram levados para quatro hospitais da região. Adriana de Fátima Nunes, 42 anos, Ana Paula Dias de Souza e Rubia Cristina Gardini, ambas com 28, morreram no local. Daiane de Souza Albuquerque, 27, chegou a ser socorrida, mas morreu a caminho do hospital. Todas eram da capital paulista.

 

Motorista disse que foi fechado por carreta

Entre os feridos está Angélica Correia da Fonseca, 25 anos, de Florianópolis. Ela foi levada ao Hospital São João, em Registro, e passaria a noite em observação.

O ônibus tinha 44 pessoas – 43 passageiros e o motorista, que saiu ileso. Em nota, a empresa afirmou que o motorista disse ter sido fechado por uma carreta numa ultrapassagem, caído numa vala ao lado do acostamento e perdido o controle do veículo.

 

Cansaço e fim da angústia

Feridos, cansados e muito abalados. Desta forma chegaram, ontem à noite, a Florianópolis, 13 passageiros que sobreviveram ao acidente. Outros voltaram de carro ou avião. O silêncio de alguns era reflexo dos momentos de dor vividos. Eles chegaram às 21h35min no terminal Rodoviário Rita Maria. Muitos desceram calados e preferiram não comentar o acidente.

O estudante Alexandre Santos de Oliveira, 28 anos, lembrou os momentos de pânico. Ele disse que não vai esquecer as imagens de pessoas desesperadas e sangue espalhado.

– A cena é horrível, as pessoas mortas, parecia um inferno.

Com escoriações nos braços, as amigas Sabrina Arakaki, 28 anos, e Adriana Ribeiro, 25, contaram que estavam sentadas na parte de cima do lado esquerdo do ônibus, local onde a maioria dos passageiros se feriu mais gravemente. Adriana também tinha machucados nos dedos. Elas iriam da rodoviária para o hospital.

– Foi horrível – comentou Sabrina.

Aflita por notícias, Silvia Fiori Sala, 24 anos, passou o dia atrás de informações sobre o namorado, Alexandre Santos de Oliveira.

– Soube do acidente às 6h. Liguei para o 0800 da empresa e ninguém sabia me informar. Só mais tarde ele conseguiu um celular para me ligar.

Silvia só ficou tranquila quando abraçou o namorado e sentir que ele estava bem, às 22h de ontem.

– Fiquei nesta angústia o dia todo, foi um susto grande – disse.

 

Miss Brasil 2010 em estado grave

A Miss Brasil 2010, Débora Lyra, 22 anos, está internada em estado grave em um hospital do ES após sofrer um acidente na tarde de terça-feira no km 341 da BR-101, em Guarapari.

Uma mulher morreu e outras quatro pessoas, além de Lyra, ficaram feridas. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista do Gol onde ela estava perdeu o controle numa curva, invadiu a contramão e colidiu o carro com outro que seguia na direção contrária.

A pista estava molhada, mas a PRF não soube dizer se chovia no momento do acidente. O corpo de Maria Auxiliadora Miguel de Souza, 55 anos, que também estava no Gol, foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Vitória. Lyra está no Hospital São Lucas, na capital capixaba, onde passou na manhã de ontem por uma cirurgia na coluna, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde.

O motorista do Gol, Hermon Souza Lopes, 22 anos, foi internado com ferimentos, mas já recebeu alta, ainda segundo a secretaria. O motorista e a passageira do outro veículo também foram levados a unidades de saúde com lesões graves, mas não correm risco de vida.

 

 

GUARAPARI, ES

As vítimas

MORTOS (Todos de SP)

Adriana de Fátima Nunes, 42 anos

Ana Paula Dias de Souza, 28

Rubia Cristina Gardini, 28

Daiane de Souza Albuquerque, 27

FERIDOS

Angélica Correia da Fonseca

Brunna Margarida Nogueira Soares

Luciano Dias Rodrigues

Ricardo Lima Malveiras

Ricardo da Silva Santos

Bruno Carlos Machado Ferreira

Daliani Márcia Ribeiro

Rivika Lopes

Anna Carolina Nunes M. Rocha

Silvana Albuquerque

Miltes Siqueira Lima

Juliana Alberico Gutierre

Fabio Luis de Paula

Brasilio Pires da Silva Junior

Gisele Aparecida Souza da Silva

____________________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Política

Assunto: Morte de vereador

 

 

Um mês sem respostas

Uma celebração ecumênica em frente à Catedral Santo Antônio, em Chapecó, marcou os 30 dias da morte do vereador Marcelino Chiarello (PT). Amigos, colegas de partido e de trabalho e familiares vestiram camisas pretas e marcaram presença.

“Passaram 30 dias e não temos nenhum avanço oficial” lamentou Deise Paludo, uma das organizadoras do ato e integrante do Fórum em Defesa da Vida, Justiça e Democracia, que reúne cerca de 40 entidades. O delegado Ronaldo Neckel Moretto informou que vai pedir a prorrogação para a conclusão do inquérito. Ele informou que já está certo que o vereador saiu sozinho da escola onde dava aula e também chegou sozinho em casa.

Moretto disse, ainda, que é provável que mais de uma pessoa tenha participado do crime.

Houve distribuição de panfleto com uma declaração da mulher de Marcelino, Dione Guarnieri Chiarello: “…A cada dia que passa aumenta nossa angústia. Já se passaram 30 dias e não temos nenhuma resposta. Quero conclamar as autoridades que cuidam da investigação que se empenhem em desvendar este assassinato. Quero pedir que a verdade seja revelada”.

____________________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Polícia

Assunto: Deic investigará se houve fraude em licitação da SSP

 

 

Deic investigará se houve fraude em licitação da SSP

Lote de sucata que deveria ser levado para reciclagem foi encontrado em ferro-velho de Joinville

Suspeitas de fraude em uma licitação da Secretaria de Segurança Pública (SSP), que previa a destruição e reciclagem de veículos apreendidos pela polícia, levaram policiais da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic), da Capital, a revistarem um ferro-velho do Bairro Iririú, em Joinville.

A Deic rastreou uma carreta que saiu do pátio do complexo administrativo da SSP, em São José. Na manhã de ontem, os investigadores desencadearam a ação e chegaram a reter um caminhão com peças automotivas que seriam vendidas.

O delegado responsável pela operação, Rodrigo Pires Green, disse que as peças faziam parte do mesmo lote vendido para reciclagem numa licitação da SSP com a empresa Gerdau. O problema, segundo Green, é que o contrato da licitação não previa a revenda do material por terceiros.

– Aquelas peças foram transportadas de alguma forma para Joinville. A venda delas não era uma finalidade prevista em contrato – disse Green.

O responsável pelas ferragens, Sidney Martins Carlos, apresentou contratos que comprovariam a compra legal do produto, por isso a investigação suspeita de fraude na licitação.

– A participação do comprador aparenta ser legal. Mas, ainda que exista esse instrumento contratual de compra das peças, a licitação não permitia um segundo contrato. Por isso, existe a possibilidade de fraude em licitação – apontou o delegado.

As cerca de 18 toneladas de motores, suspensões e outras peças vão continuar no ferro-velho, mas o responsável pelo material não terá direito de comercializar ou alterar o produto durante as investigações.

Um inquérito policial será instaurado para apurar a suposta fraude. Segundo o delegado, os responsáveis pela licitação na SSP devem ser ouvidos. Ninguém foi indiciado ainda.

Secretaria prevê arrecadar R$ 1,7 mi com a coleta

O contrato para a coleta de material ferroso e reciclável da SSP foi assinado em outubro. A previsão da secretaria é recolher 15 mil veículos – equivalente a 10 mil toneladas de ferro – e arrecadar R$ 1,7 milhão.

 

Contrapontos

O que dizem

– A SSP

A SSP está em recesso e o DC não conseguiu localizar o coronel Fernando Rodrigues de Menezes, secretário-adjunto e coordenador da comissão de gerenciamento do complexo administrativo da secretaria. O telefone celular dele estava desligado. Foi deixado recado, mas não houve retorno. O secretário de Segurança Pública, César Grubba, também não foi encontrado ontem por telefone.

– O responsável pelo ferro-velho, Sidney Martins Carlos

Sidney disse que comprou o material por licitação da Secretaria de Segurança Pública. Segundo o empresário, o material foi recolhido desde o começo deste mês em pátios usados como abrigo de veículos apreendidos em todo o Estado.

– Foi uma operação de limpeza dos pátios promovida pela própria secretaria. Tivemos autorização para fazer a limpeza e o transporte de 10 mil toneladas de veículos após a compra deles – garantiu.

A negociação, conforme ele, pode ser comprovada por documentos assinados pela secretaria.

– Se tinha material que não poderia ter sido comercializado, então acho que faltou comunicação entre a secretaria e a Deic – sugeriu o empresário.

 

____________________________________________________________________________

Veículo: Diário Catarinense

Editoria: Polícia

Assunto: Crimes e ocorrências

 

Carga apreendida com adolescente

Um carregamento de 97 quilos de maconha foi apreendido na mahã de ontem em São José. O adolescente que guardava a carga foi aconselhado por policiais a fugir porque correria risco de ser assassinado pelo dono da carga. A polícia suspeita que ele comande a venda de drogas da penitenciária de segurança máxima de São Pedro de Alcântara, onde está preso por tráfico.

Às 8h30min, policiais da 1a DP entraram na quitinete de Juliano Saldanha Júnior, 23 anos, conhecido como Caga, no Bairro Forquilhinhas. Ele está com mandado de prisão em aberto por tráfico e é apontado pela polícia como gerente de um dos principais traficantes da Grande Florianópolis. Em meio a roupas, iogurtes, restos de cigarros de maconha e remédios, os investigadores encontraram três quilos de maconha. Como a quantidade era muito abaixo da informação que tinham recebido, sentiram que a operação tinha vazado.

Os policiais ficaram aguardando Saldanha chegar, sem sucesso. Às 9h45min, viram da janela um carro entrando no prédio. O motorista desceu e chamou um adolescente, morador de uma das quitinetes. Os dois acenderam um cigarro de maconha.

– Deu um estalo na cabeça e pensei que a carga poderia estar com o adolescente – disse o investigador Ricardo Sagaz, da 1a DP.

Quando o adolescente entrou em casa, foi surpreendido pelos policiais. A carga estava embaixo da cama.

– Só fiz o favor de guardar as malas – afirmou o jovem, que não tem passagens pela polícia.

– Sai da área – aconselhou um policial ao garoto, que foi liberado após ser levado à delegacia, onde presta depoimento na segunda-feira.

A polícia contou que Saldanha soube antes da operação. Sem tempo, teria pedido ao rapaz que escondesse a carga. Segundo Sagaz, o possível vazamento será investigado.

 

Empresário feito refém por ladrões

O dono de um restaurante em São José ficou duas horas e meia com as mãos amarradas com fita adesiva, refém de três homens armados. Este foi o segundo assalto a residência com reféns em menos de 24 horas na Grande Florianópolis.

O assalto ao comerciante foi em sua casa, no Bairro Ponta de Baixo, na noite de terça-feira. Momentos antes, o vizinho viu um Fiesta branco suspeito na rua e chamou a Polícia Militar (PM), que só chegou três horas depois, acionada pela empresa que faz a segurança do restaurante.

– Me sinto impotente. Pago uma monstruosidade de impostos por mês e não tenho segurança – desabafou o dono da casa, de 49 anos.

Ele tinha acabado de levar o lixo para fora e decidiu deixar a porta da frente aberta para pegar “um arzinho”. Assistia à TV na sala quando viu três armas apontando para ele.

– Passa o dinheiro, velho – disse um dos assaltantes.

Os três estavam com capuz de moletom e pareciam ser adolescentes. Dois fizeram a limpa na casa: R$ 1,5 mil em dinheiro e eletroeletrônicos.

– O outro ficou forçando a arma na minha cabeça – contou o empresário, que agradeceu a Deus pela família estar viajando.

Ele acha que os assaltantes escolheram a casa porque a porta estava aberta. Meia hora depois de os bandidos irem embora, o empresário foi até a cozinha, pegou uma tesoura e cortou a fita das mãos.

Um morador da região contou que, há duas semanas, outro vizinho teve a casa furtada e que anteontem um usuário de drogas apertou a campainha de sua casa. Ele chamou a polícia, que não apareceu.

O assalto de ontem foi o segundo nesta semana na região. Na madrugada de segunda-feira, uma família ficou refém de quatro bandidos armados em casa, no Bairro Itacorubi, em Florianópolis.

 

Três filhotes são mortos a machadadas

Um homem foi preso por matar a machadadas três filhotes de cachorro vira-lata em Balneário Arroio do Silva, no Sul do Estado. O crime ocorreu na frente de três crianças na Avenida Santa Catarina, Zona Sul da cidade, na terça-feira.

O homem, de 47 anos, assinou um termo circunstanciado e foi liberado. Ele disse que foi atacado por uma cadela e, para se vingar, matou os três filhotes do animal. Ele responderá por crueldade contra animais.

A cadela estava no terreno da casa de uma inquilina do homem. Ela havia recolhido os animais da rua. O suspeito afirmou, em depoimento, que já havia avisado para a mulher não colocar cães no terreno da casa. Isso também teria motivado o crime.

Após o suposto ataque, o homem pegou os filhotes e os arremessou para fora do terreno, buscou uma machadinha e matou os três. Os filhos da mulher, de oito, nove e 10 anos, que pediram para ele não agredir os animais, assistiram às mortes.

 

Trio assalta casa e troca tiros com PMs

Um assalto a residência movimentou o Bairro Abraão, na região continental de Florianópolis, na noite de terça-feira. Segundo a Polícia Militar, por volta das 22h, três homens invadiram a casa. A polícia foi acionada e houve troca de tiros. Dois homens foram detidos ainda no local. Um deles teria caído do telhado. Ele foi levado para o hospital pela ambulância do Samu. O outro foi levado para a Central de Polícia, no Centro da Capital. O terceiro envolvido conseguiu escapar e continua foragido. Um helicóptero teve que ser acionado para auxiliar nas buscas.

____________________________________________________________________________

Veículo: Notícias do Dia

Editoria: Segurança

Assunto: Caixas eletrônicos

 

Dois caixas eletrônicos são arrombados em São José na madrugada de quinta-feira (29)

Os homens não tiveram tempo de retirar o dinheiro, já que a polícia chegou antes da ação ser finalizada.

Dois caixas eletrônicos do Banco do Brasil foram arrombados na rua Bento Aguido Vieira, no bairro Bela Vista, em São José, às 3h28 desta quinta-feira (29). A Polícia Militar chegou ao local enquanto os homens ainda estavam dentro do banco, mas ao perceberem a movimentação da viatura eles fugiram em um carro que estava estacionado em frente à agência. Até agora nenhum suspeito foi preso. Os ladrões não tiveram tempo suficiente para abrir os caixas e nenhuma quantia em dinheiro foi levada.

De acordo com informações da Polícia Militar, os homens saíram às pressas, deixando para trás um maçarico, uma chave de fenda e um alicate no chão da agência. A polícia ainda procura os responsáveis pela ação em São José.

____________________________________________________________________________

Veículo: Notícias do Dia

Editoria: Hélio Costa

Assunto: Polícia no Jardim Atlântico

 

Polícia no Jardim Atlântico

Moradores e comerciantes da avenida Atlântica, no Jardim Atlântico, estão aterrorizados com a onda de furtos e arrombamentos no bairro. Nos últimos cinco dias, loja de moto, academia de ginástica, salão de beleza, padaria e casas foram invadidas por criminosos. Em outubro, quando um adolescente morreu enquanto tentava assaltar um restaurante no bairro, a segurança pública prometeu reforçar o policiamento, mas os moradores dizem que, desde o episódio, nada mudou no bairro, na região continental de Florianópolis.

 

BLOGS

 

Moacir Pereira

 

Plano de contenção de cheias: obras podem começar em 2012

A audiência do governador Raimundo Colombo com a ministra Miriam Belchior teve dois momentos.  O primeiro tratou do projeto Jaica e o segundo do programa de saneamento básico de dezenas de municípios, com recursos já contratados e com financiamentos da Caixa Econômica Federal e BNDES. Dela participaram a ministra Ideli Salvati, no início; o secretário Leodegar Tiscoski, representando o Ministério das Cidades; e os secretários Geraldo Althoff e Acélio Casagrande, além do presidente da Casan, Dalirio Beber.

A ministra sinalizou com a destinação de 300 milhões de reais, valendo-se de verbas específicas do PAC.  E já agendou nova reunião para o dia  11 de janeiro.

A audiência foi marcada pela própria ministra do Planejamento. Ela se encontrava com a presidente Dilma Rousseff, quando de um telefonema de Raimundo Colombo, tratando exatamente do projeto Jaica para o Vale do Itajaí.   Foi nesta conversa que a senadora Miriam Belchior definiu a reunião. A realização durante esta semana marcada pelo recesso tem caráter prático.  Objetiva agilizar medidas administrativas nas duas esferas.

 

O governador anunciou que determinará agora as providências para a elaboração dos projetos executivos, dando prioridade para o monitoramento das águas da bacia do Itajaí.  Revelou que as obras devem começar no segundo semestre de 2012. 

O secretário Geraldo Althoff  realizou antes do Natal reunião com os órgãos que executam o monitoramento, como a Furb e a Prefeitura de Itajaí, para integrar todo o sistema em 2012.

A reunião foi classificada de “excelente”.  O tratamento revela uma sintonia republicana entre duas autoridades que  estiveram em trincheiras opostas nas eleições de 2010.

Colombo e Dilma mantém hoje um canal de comunicação direto.

 

 

Enchentes: as obras previstas no projeto Jaica

Fato inusitado em Brasilia: uma audiência de uma ministra do PT (Miriam Belchior, do Planejamento) a um governador liberal(Raimundo Colombo, ex-DEM e atual PSD) em pleno recesso da semana entre Natal e Ano Novo. Acontecimento singular: tratou-se, segundo os participantes, de uma reunião efetiva de trabalho. Duração de uma hora e meia, para minuciosa exposição sobre o Plano de Contenção de Cheias no Vale do Itajaí e sobre o ambicioso projeto de saneamento básico que a Casan pretende executar em Santa Catarina. O plano contra enchentes representa um estudo com mais de 20 anos. A proposta de um canal para liberação rápida das águas do rio Itajaí Açu na região de Piçarras vem antes do governo Kleinubing. Começou com estudos preliminares logo após a grande enchente de 1983. Por razões que até hoje ninguém explicou, o polêmico projeto do canal ficou engavetado. Volta agora com novas idéias. O projeto global envolve recursos de dois bilhões de reais. Como o canal é matéria controvertida e exige minuciosa análise para concessão das licenças ambientais, fica para o segundo tempo. O secretário da Defesa Civil, Geraldo Althoff, que coordena as atividades de contenção de cheias, confirmou que as prioridades agora são: 1. implementação de sistemas de monitoramento meteorológico; 2. construção de sete barragens de pequeno porte em rios tributários, próximas à cidade de Rio do Sul; 3. construção de uma barragem de médio porte no rio Itajaí Mirim, na região de Botuverá; 4. melhoramentos no canal do rio em Taió, Rio do Sul, Timbó, Blumenau e Ilhota; 5. melhorias nos ribeirões Garcia e Velha, em Blumenau; elevação em dois metros do muro de contenção das barragens atuais. Valor total estimado em de um bilhão e 300 milhões de reais.

 

A Casa Militar

O coronel Wolny de Souza, Chefe da Casa Militar do governador Colombo, há mais de um mês manifestou desejo de deixar a função.   Mas licenciou-se para aguardar a reforma do secretariado.  A hípótese levantada no Centro Administrativo de ocupar o comando de um Batalhão novo na Capital está descartada, segundo já informou a amigos da PM catarinense.   Ele volta a conversar com o governador em janeiro, apos o retorno de Colombo dos Estados Unidos.

 

 

Paulo Alceu

 

Tuitando 28-12-2011

#A Polícia Militar ainda não divulgou qual o contingente total de policiais que atuará nas praias de Balneário Camboriú neste período de verão. Garantiu que em janeiro a cidade contará com reforços da Cavalaria e do Batalhão de Operações Especiais, o BOPE

 

Cláudio Prisco

 

Dupla

Sobre a polêmica em torno do projeto de construção de um complexo penal em Imaruí, se faz necessário um registro: a população local não foi ouvida porque a Comissão de Legislação Participativa rejeitou requerimento da deputada Angela Albino para realização de uma audiência pública na cidade. Além dela, apenas o petista Pedro Baldissera assinou o requerimento.