Área do associado

Área do associado

Clipping do dia 19 de fevereiro

19.2.2011
CLIPPING
19 Fev 2011
 
MÍDIAS DE SANTA CATARINA
 
Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Política
Assunto: Semana termina sem os nomes dos secretários regionais
 
Semana termina sem os regionais
Dificuldade de resolver impasses localizados na base aliada frustra plano para anúncio conjunto de todos os 36 secretários
O governo estadual não consegue fechar a lista dos 36 secretários regionais por falta de consenso entre os partidos da base. Numa tentativa de acelerar o processo e pressionar um acordo entre os aliados, Raimundo Colombo (DEM) começa, hoje, a oficializar os convites para 24 nomes.
Colombo fará uma ligação para cada indicado e, depois, deve confirmar a convocação pelo Twitter, durante o final de semana. Na segunda-feira, o secretário da Casa Civil, Antônio Ceron, retoma a rodada de reuniões entre aliados para bater o martelo nas 12 secretarias ainda sem consenso.
O governo havia confirmado o anúncio conjunto dos 36 secretários para o dia 15, depois prorrogou para o dia 18 e ontem voltou a afirmar que as regionais pendentes serão negociadas na próxima semana.
O ponto central do impasse está nas indicações das secretarias de Braço do Norte, Laguna, Ibirama e Caçador. Dependendo de como o governo encaminhar as nomeações nessas regiões, as negociações entre os aliados nas oito restantes ficará mais fácil. As quatro são alvo de disputa entre peemedebistas, tucanos e demistas.
O PMDB quer o cargo nas regiões onde elegeu deputados. Nesse caso, estão Ibirama, reivindicada pelos parlamentares Aldo Schneider (estadual) e Rogério Peninha Mendonça (federal) e Caçador, pleiteada pelo deputado estadual Valdir Cobalchini, secretário da Infraestrutura.
O presidente do PMDB, João Matos, fará uma conversa com os deputados, no final de semana, para acertar os encaminhamentos do partido na guerra por cargos.
Os tucanos reclamam que o partido foi desprestigiado nas nomeações do primeiro escalão e querem a compensação nas indicações das regionais, entre elas a de Caçador, onde o prefeito é o tucano Saulo Sperotto.
No Sul, o entrave está nas regionais de Braço do Norte e de Laguna, que engloba o município de Imbituba, cujo prefeito é Beto Martins (PSDB), integrante da executiva do partido.
– O comando das regionais será um gesto dos aliados para prestigiar o prefeito Beto, que foi um grande interlocutor dessa coligação. O partido também entende que os tucanos precisam estar à frente de secretarias que tem maior visibilidade, entre elas, Caçador, Xanxerê e Laguna. Estamos com sete e falta três para fechar as 10 que vão ficar com o partido – disse o deputado estadual Dado Cherem (PSDB), interlocutor do partido nas negociações com o Executivo.
O critério para a divisão é o da “geografia das urnas”, ou seja, a votação dos partidos para a Assembleia Legislativa em 2010.
____________________________________________________________________________
 
Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Polícia
Assunto: Crimes e ocorrências
 
Um quilo de cocaína dentro do estômago
Policial monitorou mulher no ônibus. Prisão aconteceu no Mercado Público
Depois de tirar do sistema digestivo 64 cápsulas de cocaína do tamanho de rolhas de vinho, Deise Alvarenga da Silva, 36 anos, transportou a droga de São Paulo para Florianópolis.
Ela era monitorada pela Diretoria Estadual de Investigações Criminais, que recebeu uma denúncia. A traficante foi presa na manhã de ontem, quando entregava a encomenda – cerca de um quilo – a Jardel Nascimento Mateus, 29 anos.
Deise foi seguida por policiais civis. Um agente da Deic entrou no ônibus na primeira parada em Santa Catarina e viajou até a rodoviária. Junto com companheiros que aguardavam na Capital, ele viu a traficante caminhar até o banheiro do Mercado Público, que fica perto. A traficante tirou um pacote da mochila e entregou para Jardel Nascimento Mateus, 29 anos. Neste momento, ambos foram presos.
O diretor da Deic, delegado Cláudio Monteiro, acredita que Deise viajou ao Paraguai para pegar a cocaína, por isso usou as cápsulas. Ela não revelou a cidade de origem. A passagem mostra que o ônibus partiu de São Paulo às 23h15min. A rota mais conhecida de transporte de drogas é do Paraguai direto para SC atravessando o Paraná e entrando no Estado pelo Oeste, via BR-282. Monteiro afirmou que o trajeto feito não é novidade.
O delegado explicou que as cápsulas são feitas com os dedos de luvas cirúrgicas. O látex é coberto com várias camadas de fita adesiva e, em muitos casos, como o de Deise, há um banho de cera. Os traficantes embalaram muito bem a droga, porque o rompimento das cápsulas causa a morte do transportador. A Polícia Civil informou que o preço médio é de R$ 500.
Jardel e Deise prestaram depoimento e permanecem detidos na carceragem da Deic. Jardel já foi preso por tráfico de drogas no Morro do Mocotó, região central da Capital. Faltava a resposta da polícia paulista para saber se ela já foi presa alguma vez. Ambos vão responder inquérito por tráfico de drogas. Se forem condenados podem pegar de cinco a 15 anos de cadeia. Nenhum deles quis conversar com a imprensa.
 
11 mandados são cumpridos
Em operação na manhã de ontem, no Morro do Mocotó, Centro de Florianópolis, a Polícia Militar (PM) cumpriu 11 mandados de busca e apreensão. Foram apreendidos 300 gramas de pasta de cocaína, 60 gramas de maconha, 10 gramas de crack, uma balança de precisão e uma pistola .40 com carregador e munição. Carlos Alexandre Padilha, 18 anos, e Gilberto Guimarães, 57 anos, foram presos.
De acordo com o 4° Batalhão da Polícia Militar, a operação de combate ao tráfico de drogas foi uma tentativa de acalmar os ânimos dos moradores e garantir a ordem na comunidade.
– Foi uma operação rápida e tranquila. Apreendemos drogas e armas que pertenciam ao tráfico de drogas – explica o major Marcos Valença, chefe de operações do 4° Batalhão.
Na segunda-feira, moradores protestaram contra a morte de Guilherme dos Santos da Silva, morto pela polícia na semana passada.
 
Um homem é baleado e outro acaba morto
Dois homens foram baleados, e um deles acabou morto, na madrugada de ontem, em frente a uma creche na comunidade Vila Cachoeira, no Bairro Saco Grande, Norte da Ilha. Ao lado de uma motocicleta, foi encontrado o corpo de um rapaz já sem vida. De acordo com o Instituto Médico Legal (IML), era um adolescente de 17 anos, já identificado. Segundo informações da polícia, o outro homem baleado com tiros no pé é menor de idade e foi encaminhado ao Hospital Celso Ramos. A moto Yamaha foi furtada em Canasvieiras. A polícia trabalha com a hipótese de que os dois estariam envolvidos com tráfico de drogas.
 
Assassinado com um tiro no rosto
Por volta das 6h de ontem, Everton Amorim Carlos, 18 anos, foi assassinado com um tiro no rosto no Bairro Caminho Novo, em Palhoça. O rapaz, natural do Rio Grande do Sul, era morador da região. Ele foi assassinado em uma área residencial, mas, apesar disso, não há testemunhas. De acordo com moradores da região, o rapaz era viciado em crack e praticava pequenos furtos.
 
Sede deverá ser erguida na SC-401
A Secretaria de Segurança Pública recebeu do Estado um terreno de 100 mil m². Localizado na esquina entre a rodovia SC-401 e a rodovia João Paulo, o espaço deverá ser utilizado para a construção de um Complexo de Segurança Pública. Se aprovado o projeto, Santa Catarina poderá economizar R$ 600 mil por mês em aluguel. A previsão é que até o fim do ano estejam prontos o projeto e a licitação.
 
Suspeito é identificado
Um dos 78 fugitivos do Complexo Penitenciário de Florianópolis é o principal suspeito de fazer parte de uma dupla de sequestradores que vem agindo desde o dia 9 de fevereiro na Grande Florianópolis.
Vítimas já teriam reconhecido o homem e ele é procurado pela polícia. Fabiano Marçal seria responsável, junto com uma mulher ainda não identificada, por quatro sequestros em menos de uma semana. A primeira vítima foi uma agente de viagens, que foi abordada pelo casal quando entrava na garagem do prédio onde mora, na Avenida Beira-Mar Norte, área nobre da Capital..
Quatro dias depois, um casal também foi rendido pela dupla quando saía de um restaurante na mesma avenida. No dia seguinte, um homem teve o carro roubado pelos mesmos bandidos.
 
Novo centro no terreno
Um novo prédio ocupará o lugar onde hoje está o Centro Educacional São Lucas, em São José, na Grande Florianópolis.
O Centro de Atendimento Socioeducativo da Grande Florianópolis (Case) deve ser erguido no mesmo terreno, e terá capacidade para atender 70 adolescentes para internação e 20 em internação provisória.
O secretário executivo de Justiça e Cidadania, coronel Luiz Botelho, explica que o plano inicial, acordado com a Secretaria Nacional de Direitos Humanos, era de construir o Case em um terreno no município de Biguaçu. Como teria havido resistência por parte da prefeitura da cidade, a ideia agora é adaptar o projeto para o terreno às margens da BR-101, em São José. Na próxima semana, o governador deve ir a Brasília para discutir a alteração do projeto.
O projeto do novo prédio passou pela aprovação do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo e tem a missão de mudar a imagem deixada pelo antigo São Lucas, que foi interditado em dezembro de 2010 por causa das condições insalubres e das denúncias de maus-tratos aos adolescentes. A construção do novo prédio está orçada em R$ 12 milhões.
 
 
Mídias do Brasil
 
 
Martha Rocha anuncia mais nomes de sua equipe
Chefe da Polícia Civil escolhe titular da Core, equipe de elite da instituição
A delegada Martha Rocha, chefe da Polícia Civil do Rio, anunciou neste sábado novos nomes de sua equipe. O delegado Marcos Maia vai chefiar a Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), a equipe de elite da instituição.
Entre os outros nomes que irão compor o segundo escalão da corporação estão: Flávio Porto que vai chefiar o Núcleo de Combate à Lavagem de Dinheiro e Sílvia Araújo que será a nova diretora do Hospital da Polícia Civil.
Martha Rocha informou, ainda, que na terça-feira irá anunciar as mudanças de titularidade das delegacias distritais.