Área do associado

Área do associado

Clipping do dia 15 de abril

15.4.2011
CLIPPING
15 Abril 2011
 
MÍDIAS DE SANTA CATARINA
 
Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Visor
Assunto: PM de São Paulo visita escolas
 
FICA A DICA
Iniciativa simples, mas que vale ser copiada. A PM de São Paulo está visitando as escolas e propõe aos estudantes trocar uma arma de brinquedo por um livro infantil. O resultado positivo tem sido surpreendente.
 
____________________________________________________________________________
Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Geral
Assunto: Policial morre em acidente
 
Policial morre em acidente
Um policial rodoviário federal aposentado morreu em um acidente na noite de ontem, na BR-116, em Correia Pinto, na Serra Catarinense. Às 19h15min,
Enio Luiz Schwarz, 54 anos, colidiu seu Celta em um Siena da Secretaria da Saúde de Lebon Régis, no km 234 da rodovia, em frente à chácara da Klabin Papeis.
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Lages, que atendeu a ocorrência, disse que a hipótese mais provável é de que um dos veículos tenha rodado e invadido a pista contrária.
Os cinco passageiros do Siena foram levados ao Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages. Schwarz viajava sozinho e morreu na hora. Ele trabalhou nos postos da PRF na Serra Catarinense e estava aposentado havia seis anos. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Lages.
 
____________________________________________________________________________
Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Geral
Assunto: Garoto cai no mar e some
 
Garoto cai no mar e some
Um adolescente de 15 anos desapareceu no mar por volta das 16h de ontem, próximo à Baia Sul, em Florianópolis.
Ele participava de uma aula de remo quando o barco em que estava com outro jovem, virou.
 
O vento forte que fazia na hora pode ter afastado e virado o barco. Eles estariam a cerca de 100 metros da margem, perto da Ponte Pedro Ivo Campos, quando aconteceu o acidente. O instrutor Lucas Marin, que acompanhava os adolescentes, disse que acionou os Bombeiros assim que eles ultrapassaram o limite estabelecido para as aulas. As buscas foram encerradas por volta das 19h por não haver visibiliadade.
O garoto não usava colete salva-vidas. Segundo o instrutor, o equipamento de segurança atrapalha os movimentos do remo.
 
____________________________________________________________________________
Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Geral
Assunto: Rodovia começa a ser sinalizada
 
Rodovia começa a ser sinalizada
Placas entre os trevos de Jurerê e de Ingleses serão colocadas a partir de segunda-feira, mas as obras começarão no dia 25
As obras de fundação do viaduto da Vargem Pequena, primeira etapa da duplicação da SC-401, na Capital, só começam em 25 de abril, após a Páscoa. Mas o trecho entre os trevos de Jurerê e Ingleses será sinalizado já nesta segunda-feira.
A sinalização será feita antes para que os motoristas se acostumem com a mudança. Mas as sinaleiras só funcionarão quando começar a obra.
No km 16, onde ficará o viaduto, serão instalados semáforos e lombadas, para reduzir a velocidade de 80km/h para 40km/h.
O major Fábio Martins, da Polícia Militar Rodoviária (PMRv), gostou da decisão de antecipar a sinalização.
– Esta semana de adaptação deve fazer com que os motoristas se acostumem a diminuir a velocidade e a prestar atenção na área, que tem muitos pedestres – explica.
A duplicação só causará desvios no sentido Centro-praias para quem precisar entrar ou sair do Bairro Vargem Pequena. A nova rota será pela Rua Virgílio Várzea.
Na região, há uma passarela para pedestres. Ela deve ser desativada até maio, quando a travessia da rodovia passará a ser feita nas faixas de segurança, onde ficarão os semáforos.
O presidente do Departamento de Estadual de Infraestrutura (Deinfra), Paulo Meller, crê que a redução da velocidade vai causar filas. Nos primeiros dias, a PMRv manterá equipes no local para tirar dúvidas dos motoristas e controlar o trânsito.
A previsão de término do viaduto e da duplicação é novembro. A pavimentação, que começa na metade do ano, deve durar quatro meses. A ideia é construir as duas faixas antes da temporada. A rodovia será usada durante o verão e, em seguida, a pista atual será fechada para recuperação.
Esta é a primeira parte da duplicação da SC-401, que vai custar R$ 15,8 milhões, mais R$ 10 milhões para a desapropriação de 32 imóveis.
 
____________________________________________________________________________
Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Geral
Assunto: Quatro morrem em acidente
 
Quatro morrem em acidente
Quatro pessoas morreram em um acidente, ocorrido por volta das 19h30min de ontem, na Avenida Irineu Bornhausen, em Chapecó. José Teles Godinho, 54 anos; Silvânia Maria Teles Godinho, 33; Jefferson Godinho Kechiner, 14; e Terezinha Godinho, 50, estavam em um Fusca que bateu de frente em um caminhão Ford Cargo. José, que dirigia o Fusca, Silvânia e Jefferson morreram na hora. Terezinha foi levada pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Regional do Oeste, em Chapecó, mas não resistiu aos ferimentos e morreu pouco tempo depois. O motorista do caminhão, Jair Luiz Barninski, não ficou ferido na batida. As causas do acidente ainda não foram apuradas.
 
___________________________________________________________________________
Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Geral
Assunto: Capitania conclui o inquérito
 
Capitania conclui o inquérito
A Delegacia da Capitania dos Portos concluiu o inquérito sobre o acidente envolvendo uma lancha e um banana boat em Balneário Camboriú, que deixou gravemente ferida Tamara Dallafavera, 11 anos.
O caso ocorreu dia 5 março, as vésperas do feriado de Carnaval. A turista de Viamão (RS), que estava a bordo do brinquedo, ficou 21 dias internada no Hospital Santa Inês e correu risco de perder uma das pernas. A menina se recupera junto aos parentes no Litoral catarinense e ainda aguarda autorização médica para voltar ao Rio Grande do Sul.
O delegado da Capitania dos Portos em Itajaí, capitão Alexandre Malizia Alves, informou ontem que já reuniu todos os depoimentos de que precisava e agora está processando os dados. Alves diz que o responsável pelo acidente já foi identificado pela Marinha, mas, por enquanto, prefere não revelar quem é. Ele deverá divulgar o resultado do inquérito semana que vem.
– Também vamos notificar quem for responsabilizado – afirma.
O prazo para que isso aconteça é de 15 dias. A Polícia Civil também apura o caso por meio um inquérito, instaurado no início do mês. A delegada responsável pela investigação, Maria de Fátima Ignácio, diz que colheu apenas o depoimento da irmã de Tamara, que estava com ela no momento do acidente:
– Vou oficializar um pedido à Capitania para que possamos ter acesso ao que foi apurado por eles.
 
___________________________________________________________________________ Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Geral
Assunto: Secretaria propõe ações para escolas
 
Secretaria propõe ações para escolas
Comunicação direta do colégio com a Polícia Militar e maior monitoramento com câmeras de vigilância são algumas ações, ainda sem prazo definido, que a Secretaria de Estado da Educação (SED) quer fazer nas escolas estaduais para combater a violência. Uma reunião, ontem, entre o secretário de Estado da Educação, Marco Tebaldi, representantes da Secretaria de Segurança Pública, Polícia Militar, Ministério Público Estadual, empresários e especialistas discutiram formas de prevenir a violência nas escolas catarinenses.
 
____________________________________________________________________________
Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Política
Assunto: Informe Político
 
Transparência?
Pavan disse que a Operação Transparência, da Polícia Federal, que lhe rendeu um indiciamento e uma denúncia pelo MP, não o impede de dirigir o PSDB.
O ex-governador refuta futuros percalços com a afirmação de que o assunto nem sequer virou processo, pois a Justiça ainda tem que dizer se aceita ou não a denúncia.
 
____________________________________________________________________________
Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Polícia
Assunto: Trio preso com R$ 50 mil falsos e 20 kg de maconha
 
Trio preso com R$ 50 mil falsos e 20 kg de maconha
Dois vendiam a droga que advogado guardava em apartamento em área nobre de Florianópolis
Três homens, incluindo um advogado que mora em área nobre do Centro de Florianópolis, foram presos na noite de quarta-feira por suspeita de envolvimento com tráfico de drogas e falsificação de dinheiro. Agentes da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) apreenderam 20 quilos de maconha, uma balança de precisão e mais de mil cédulas falsas de R$ 50.
A operação da Deic começou há cerca de 20 dias, quando os policiais começaram a investigar os criminosos por tráfico de drogas. Na quarta-feira, Anderson Bento Honório embarcou em um ônibus na cidade de Guaíra, interior do Paraná, com destino a Florianópolis.
Os agentes da Deic acompanharam a viagem e presenciaram quando Vanir José dos Santos Junior, conhecido como Sebinho, foi buscar Anderson no Terminal Rita Maria, na Capital. No fundo falso da bagagem do suspeito, a polícia descobriu as mais de mil notas falsas.
– Ainda não se sabe a procedência das notas, se elas vieram do exterior ou do Paraná mesmo. São todas notas frias, com aparência de serem verdadeiras, que poderiam rapidamente se espalhar por toda a cidade – explica o delegado Cláudio Monteiro.
Dupla levou policiais à casa do comparsa
Em seguida, a polícia descobriu que a dupla seguiria para o apartamento de Lucas Coelho Remor, advogado de Laguna que trabalha em Florianópolis. Dentro dos armários, foram descobertos vários pacotes de maconha e uma balança de precisão.
De acordo com a polícia, o advogado era responsável por guardar a droga, enquanto os outros dois envolvidos comercializavam, no que o delegado Monteiro classificou como “sociedade criminosa”.
Os três suspeitos presos não quiseram se manifestar sobre o caso.
 
___________________________________________________________________________
Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Polícia
Assunto: 205 kg de drogas incinerados
 
205 kg de drogas incinerados
Na tarde de ontem, a Polícia Civil de Lages incinerou 205 quilos de drogas apreendidos nos últimos dois anos. A queima foi realizada em uma laminadora às margens da BR-116. Foram destruídos 140 quilos de maconha, 60 quilos de crack e cinco quilos de cocaína.
_________________________________________________________________________
Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Polícia
Assunto: Polícia de SC prende “Sucuri” no Paraná
 
Polícia de SC prende “Sucuri” no Paraná
Joelson José Schmitz, o Sucuri, 23 anos, foi preso ontem em Dois Vizinhos (PR) por policiais civis de Palhoça e do município paranaense. Sucuri tinha mandado de prisão preventiva por homicídio. Ele confessou à polícia ter matado três pessoas. Em 2004, Sucuri teria matado Joarez Pereira, 31 anos. Os outros dois homicídios aconteceram em 2010. Em janeiro, Sucuri teria matado um adolescente de 15 anos, no Bairro Frei Damião, em Palhoça. Em junho, ele teria assassinado José Vanderlei Alves Fernandes, conhecido como Zé Matador. Em 2005, Sucuri sofreu uma emboscada no Frei Damião e levou cinco tiros nas costas.
 
__________________________________________________________________________
Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Polícia
Assunto: Foragido do Piauí é detido em Capinzal
 
Foragido do Piauí é detido em Capinzal
Um suspeito de dois latrocínios (roubos seguidos de morte) e assaltos no Piauí foi preso na manhã de ontem pela Polícia Civil de Capinzal, no Meio-Oeste. Diego Pacelli Sucupira Rodrigues, 24 anos, tinha mandado de prisão em aberto e foi detido em casa, após denúncia anônima. A polícia revelou que Rodrigues é considerado de alta periculosidade. Em um dos roubos, ele teria matado um sargento da PM do Piauí, em 2006. A outra ocorrência envolve um taxista. Os crimes foram praticados na cidade de Campo Maior. Ele também é suspeito de liderar uma quadrilha de roubo de carros. O suspeito deve ser mandado para o Piauí.
 
__________________________________________________________________________
Veículo: A Notícia
Editoria: AN. Joinville
Assunto: Vistoria no presídio acha 11 celulares e drogas
 
Vistoria no presídio acha 11 celulares e drogas
Durante uma operação pente-fino, realizada na manhã de ontem, no Presídio Regional de Joinville, foram encontrados 11 aparelhos celulares e cerca de 20 buchas de maconha. Segundo o gerente interino do presídio, Rodrigo da Silva, a revista é feita periodicamente. A operação foi feita com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas de Joinville, polícias Civil e Militar, além dos agentes prisionais. O material foi aprendido nas celas, mas os autores não foram identificados.
 
__________________________________________________________________________
Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Polícia
Assunto: Crimes e Ocorrências
 
Ladrão estupra camareira
Após roubar um motel em Criciúma, um dos cinco bandidos que praticaram o crime estuprou uma camareira do estabelecimento. O grupo fugiu com R$ 500 em dinheiro, bebidas e objetos dos funcionários.
Os cinco chegaram por volta de 1h de ontem. Eles pularam o muro e foram direto à recepção, onde havia um funcionário. Pegaram dinheiro do caixa e foram para o corredor de acesso aos quartos.
Em um dos ambientes, eles encontraram a camareira, de 31 anos, que fazia os serviços de limpeza. Um dos bandidos, armado com uma faca, a levou para o banheiro e a estuprou.
Segundo a vítima, os outros quatro disseram ao colega apenas para não feri-la, mas não impediram o abuso. No momento, três quartos estavam ocupados por clientes, mas ninguém percebeu o que estava acontecendo.
As câmeras de vigilância do local registraram a chegada do grupo. Um não tinha o rosto coberto, o que pode ajudar a polícia a identificar os cinco. A polícia acredita que os suspeitos morem no mesmo bairro do motel.
 
Motoboy é morto a tiros em Camboriú
Um homem foi morto na Rua Monte Agulhas Negras, Bairro Monte Alegre, em Camboriú, Litoral Norte, na noite de quarta-feira. Ivan Dias, 31 anos, chegava em casa quando foi atingido por tiros. Ele morreu na hora. De acordo com a Polícia Militar (PM), o assassinato foi cometido por dois homens, que usaram uma moto para fugir. Segundo o Instituto Médico Legal (IML) de Balneário Camboriú, para onde o corpo do motoboy foi levado, Dias era nascido em São Bernardo do Campo, interior de SP, e trabalhava como motoboy em Camboriú. O motivo do homicídio ainda é desconhecido.
 
 
 
BLOGS
 
Paulo Alceu
 
Contra
Caso dependesse do deputado Mauricio Eskudlark não aconteceria o novo plebiscito sobre a proibição do comércio de armas no Brasil. Considera, inclusive, um desperdício de dinheiro público. Segundo o parlamentar do PSDB, todas as pesquisas e levantamentos indicam que praticamente 100¨% das armas utilizadas pelos criminosos são obtidas de forma ilegal, principalmente via contrabando. Considera a idéia um oportunismo político defendendo mais recursos para a segurança pública , além de investidos na vigilância de fronteiras, aquisição de equipamentos de defesa e valorização salarial dos policiais e servidores.
 
Cacau Menezes
 
Tocaia
Para botar mais lenha na fogueira, leitor relata que trafegava do Continente para a Ilha quando notou uma atitude estranha de três guardas municiais que o deixou perplexo e indignado. Exatamente no local onde há uma conversão proibida mas mesmo assim, muitos motoristas arriscam-se a fazer a manobra, na desesperada tentativa de escapar do caótico congestionamento da região , os homens da lei armaram uma cilada. Vi os guardas, cada um com um bloco na mão, de tocaia, preocupadíssimos em multar quem fizesse a referida conversão, e nenhum dos três estava posicionado para impedir que a manobra fosse feita.
A conclusão óbvia do leitor: “O fato comprova que a prioridade da guarda é multar; não é orientar ou zelar pela segurança dos motoristas, pois se a conversão é proibida, deve ser por motivos de segurança.”
 
 
 
Aconteceu na Alesc
 
Pronunciamentos:
A aprovação do projeto de minirreforma foi elogiada pelo deputado Jean Kuhlmann (DEM), que saudou a criação das secretarias de Justiça e Cidadania e de Defesa Civil. Os novos órgãos, afirmou, atenderão de forma mais eficiente as necessidades mais prementes do estado, como segurança e atendimento às tragédias causadas por desastres naturais. Aproveitando a presença da futura secretária da Justiça e Cidadania, deputada Ada Faraco de Luca (PMDB), Kuhlmann solicitou que presídio regional de Blumenau seja remodelado, tendo como modelo a unidade prisional de Joinville. ?Precisamos diminuir a superlotação vigente e criar um sistema em que os aprisionados possam ser efetivamente reeducados e reabilitados?, frisou.
 
Bancada do PT vota contra projeto de reforma administrativa que vai custar R$ 14,8 milhões ao Estado
?A reforma não contempla melhorias para quem está lá na ponta: a população”, apontou Dresch
O líder do PT na Assembleia Legislativa, deputado Dirceu Dresch, justificou a posição contrária da bancada ao projeto de lei do Executivo que altera a estrutura administrativa do Estado, apelidado de minirreforma. A bancada fez um esforço coletivo para discutir e propor emendas ao projeto da reforma. Porém, apenas uma foi incorporada ao projeto (a manutenção das 22 regionais da Fatma), todas as demais foram rejeitadas, conforme Dresch.
O deputado também criticou a criação de mais 231 cargos sem concurso que não vão atuar no atendimento à população. O projeto foi aprovado com 24 votos favoráveis e 7 contrários dos partidos de oposição ? PT, PDT e PCdoB. A reforma vai gerar um gasto adicional de R$14,8 milhões/ano ao Estado.
?Esse governo completou cem dias. A expectativa era de que a reforma administrativa apontasse para ações concretas que resolvam os problemas críticos da saúde, da educação e da segurança pública no estado, especialmente a falta de pessoal e de estrutura. Mas a reforma não apontou para isso. No fundo, não contempla melhorias para quem está lá na ponta: a população. Além disso, o governo cria cargos, mas não define funções. O que essas pessoas irão fazer? O projeto não define isso?, apontou Dresch.
O líder petista reconhece que uma alteração na estrutura administrativa era algo admissível, para que o governador Raimundo Colombo pudesse adaptar a máquina pública ao seu projeto de governo. O parlamentar viu avanços na proposta, como a criação de diretorias voltadas à agricultura familiar, à microempresa e à igualdade racial. ?Essas estruturas sempre foram defendidas pelo PT, mas o governo não quis negociar, não quis melhorar outros pontos cruciais do projeto, o que poderia ser feito acatando emendas importantes para corrigir os graves erros que ele contém, como a criação de cargos sem função definida e sem concurso público e a perda de licenças-prêmios não utilizadas pelos servidores públicos. Por todos esses motivos, votamos contra a reforma?, esclarece Dresch.
 
 
 
MÍDIAS DO BRASIL
 
 
Veículo: Portal G1
Editoria: Brasil
Assunto: Ministério da Justiça aprova envio da Força Nacional para entorno do DF
 
Ministério da Justiça aprova envio da Força Nacional para entorno do DF
Agentes começam a atuar na segunda; 20 cidades terão reforço na segurança.
Cidades próximas à divisa com o DF estão entre as mais violentas do país
O Ministério da Justiça aprovou nesta quinta-feira (15) o envio de agentes da Força Nacional para 20 cidades do entorno do Distrito Federal. O pedido de auxílio da Força Nacional foi feito pelo governador de Goiás, Marconi Perillo.
Os homens da corporação ficarão por tempo indeterminado nesses municípios, segundo o ministério.
A região do entorno do DF reúne algumas das cidades mais violentas do país. Segundo as polícias Civil e Militar de Goiás, a média nacional de assassinatos é de 24 casos para cada 100 mil habitantes. Nas cidades do entorno do Distrito Federal, esse índice é de 75 para cada grupo de 100 mil.
As cidades que vão receber o reforço na segurança ainda serão definidas pelo governo de Goiás, mas o município que mais necessita auxílio, segundo o ministério da Justiça, é Água Lindas de Goiás, a cerca de 40 quilômetros de Brasília. Nos três primeiros meses deste ano, foi registrado um aumento de 43% nos homicídios na cidade. Lá, a Força Nacional passa a atuar a partir da próxima segunda-feira (18).
Agentes da Polícia Rodoviária Federal também vão atuar na segurança das cidades, no patrulhamento das rodovias, segundo o ministério. A Força Nacional é um programa de cooperação de segurança pública que reúne diferentes políciais, e está diretamente ligado ao Ministério da Justiça.
 
____________________________________________________________________________
Veículo: Agência Estado
Editoria: Brasil
Assunto: Polícia faz operação contra milícia e detêm policiais na BA
 
Polícia faz operação contra milícia e detêm policiais na BA
Foram detidos um soldado da PM, um delegado 5 agentes da 2ª Vara da Infância e da Juventude e um ex-carcereiro
O delegado de Gandu, na Bahia, município a 295 quilômetros ao sul de Salvador, Madson Santos Barros, foi preso, na manhã desta quinta-feira, 14, acusado de liderar um grupo de extermínio que teria atuação tanto no interior quanto na capital e na região metropolitana.
A operação que resultou em sua prisão foi feita pela Polícia Civil, com o apoio da Polícia Militar (PM) e do Ministério Público (MP), que expediu 11 mandados de prisão e 13 de busca e apreensão. Também foram detidos um soldado da PM, cinco agentes da 2ª Vara da Infância e da Juventude e de um ex-carcereiro. Três acusados ainda são considerados foragidos.
Além disso, os policiais apreenderam nove pistolas, uma espingarda calibre 12, munição de diversos calibres, quatro algemas, dois coletes balísticos, dois uniformes da Polícia Civil e um distintivo da corporação.
As investigações sobre a quadrilha foram iniciadas em maio de 2009, após o assassinato de Marcos José dos Santos Barbosa, morto em casa, no município de Gandu, enquanto dormia. As apurações chegaram até o grupo liderado por Barros, que teria ordenado o homicídio, além de outros ocorridos em circunstâncias semelhantes.
Os detidos também são acusados de extorsão e usurpação de função pública. O delegado já havia sido detido em flagrante, duas vezes, por crimes como porte ilegal de armas e desacato, em 2008 e 2009.