Área do associado

Área do associado

Clipping do dia 09 de março

9.3.2011
CLIPPING
09 Março 2011
 
MÍDIAS DE SANTA CATARINA
 
Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Geral
Assunto: Acidente no mar em Balneário Camboriú
 
Piloto da lancha diz que não teve tempo de desviar
Capitania dos Portos tem 90 dias para concluir inquérito sobre o atropelamento de banana boat
O acidente entre uma lancha de passeio e um banana boat na Praia Central, em Balneário Camboriú, deixou, além da menina Tamara Dallafavera, de 11 anos, internada e sob risco de perder uma das perdas, um mar de interrogações quanto às circunstâncias do acidente.
Ontem, o juiz aposentado Disney Oliver Sivieri, 64 anos, piloto da lancha que atropelou o banana boat ,prestou depoimento na Delegacia da Capitania dos Portos de Itajaí. Ele afirmou que o piloto que rebocava a boia deixou o brinquedo atravessado na frente da sua embarcação e ele não teria tido tempo de desviar.
A versão apresentada pelo juiz seria diferente dos relatos de passageiros do brinquedo e de testemunhas. Em entrevista à reporter Kíria Meurer, da RBS TV, o piloto que puxava o banana boat, Carlos Barcellos, disse que o juiz desviou da lancha:
– Não sei se ele não viu ou estava fazendo outra coisa. Quando se aproximou da minha lancha, desviou e foi para cima do banana boat. Ele vinha numa velocidade considerável.
 
Juiz afirma que não consumiu bebida acoólica
Em entrevista à RBS TV, o juiz ainda afirmou não ter consumido bebidas alcoólicas e negou que teria se recusado a fazer o teste do bafômetro, que, segundo ele, sequer teria sido solicitado.
Já o delegado titular da Capitania dos Portos, Alexandre Malízia Alves, garante que, logo após o acidente, as embarcações foram inspecionadas, e as documentações, verificadas. O exame com bafômetro teria sido solicitado a Sivieri, pois na lancha haveria garrafas de bebidas alcoólicas.
– A equipe de resgate procurou fazer um primeiro teste do índice de alcoolimetria, mas ele se recusou – relata Alves, que ainda diz que, em princípio, a preferência para passar seria da embarcação com o reboque.
 
Sivieri depôs antes dos outros envolvidos depois que alegou ter que voltar para Curitiba, onde mora, por problemas de saúde. O piloto que puxava o banana boat deve prestar depoimento amanhã.
A Capitania tem 90 dias para concluir o inquérito. Testemunhas do acidente devem ser convocadas para depor. Ainda ontem, a Delegacia de Polícia Civil da Balneário Camboriú também abriu inquérito para investigar o acidente.
Algumas pessoas foram convocadas para depor ontem e outras devem ser ouvidas hoje.
 
BALNEÁRIO CAMBORIÚ
Quem é
Tamara Dallafavera é aluna da 6ª série da Escola Amador Nunes da Rocha, de Viamão, RS, onde vive há quatro anos com os pais e quatro irmãos, em um sítio.
O pai, Adelar Dallafavera, é serralheiro. Ele diz que a filha gosta muito de andar a cavalo com as amigas. Segundo ele, ela se inscreveu recentemente em curso para modelos. Dona de um cão da raça yorkshire chamado Bobby, Tamara toca fanfarra na banda da escola.
Dallafavera deve ir hoje a Balneário Camboriú.
Longe da filha, ficou muito feliz ao falar com ela pela primeira vez depois do acidente, na tarde de ontem.
– Ela está melhorzinha. Ela ouviu o cachorro latindo e ficou mais contente. Queira Deus que ela se recupere bem – contou.
 
Tamara passará por nova avaliação
A menina Tamara Dallafavera permanece internada no Hospital Santa Inês, em Balneário Camboriú. Conforme familiares, o quadro da menina é estável.
Submetida a um enxerto de pele, Tamara será examinada amanhã, quando será avaliada a possibilidade de amputação da perna direita. A menina passará ainda por outra cirurgia para reconstituição dos ossos.
A menina foi à praia com a mãe e três irmãos. Acompanhada pela irmã mais velha, de 22 anos, e um irmão de 15 anos, ela estava sentada bem no meio da boia. Quando estavam retornando à Barra Norte – de onde haviam saído em direção à ilha na Praia Central –, o banana boat foi atingido por uma lancha de 11 metros.
De acordo com a irmã, Carolina Dallafavera, os passageiros do brinquedo gritaram para alertar o condutor da lancha, que não desviou:
– Não tinha como não ver aquela baita boia amarela. Eu achei que ele fosse desviar. Foi horrível – contou.
 
Menina teria sido puxada pela hélice
Em seguida, todas as oito pessoas que estavam no briquedo caíram na água, mas apenas Tamara sofreu lesões graves. A menina teria sido puxada pela hélice, ficando com ferimentos nas pernas e nos braços.
– Ela gritou meu nome. Tinha sangue na água, mas eu não conseguia me mexer, estava presa. Um rapaz pegou minha irmã. Ela ficou acordada, perguntando o que tinha acontecido. Quando me disse que ia morrer, entrei em choque – acrescentou.
____________________________________________________________________________
Veículo: Diário Catarinense
Editoria: Polícia
Assunto: Crimes e ocorrências
 
300kg de maconha em carro abandonado
A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) de Minas Gerais encontrou cerca de 300 quilos de maconha em um carro abandonado em uma estrada. A apreensão ocorreu em Campina Verde, no Triângulo Mineiro, na noite de segunda-feira. Ninguém foi preso. Segundo a polícia, uma caminhonete estava parada na altura do km 144 da BR-364, com vidros quebrados, um pneu estourado e danos na parte da frente. Quando os policiais foram verificar o veículo, encontraram a droga. Além da maconha, também foram encontrados galões e sacolas de empresas do Mato Grosso e do Paraguai. Próximo à caminhonete, havia marcas de derrapagem na pista. A suspeita é de que o veículo tenha se envolvido em um acidente e os responsáveis pela droga tenham fugido, com medo da apreensão. A polícia ainda vai verificar a quem pertence a caminhonete.
 
Dupla presa tentando furtar sex shop
Dois homens foram presos em flagrante tentando arrombar a Sex Shop Delírio, na Avenida Mauro Ramos, Centro de Florianópolis, na noite de segunda-feira. Policiais militares do 4º BPM, que faziam ronda pelo local, prenderam os dois antes que eles conseguissem arrombar a loja com uma chave de rodas. Com os dois, os policiais militares ainda apreenderam uma mochila com pedras de crack. De acordo com informações da polícia, os dois queriam furtar roupas para depois participar da festa de Carnaval Pop Gay, na Praça Tancredo Neves, também na Capital. Os dois foram levados para a 1ª Delegacia de Polícia da Capital, onde foram autuados por tentativa de furto qualificado. Em seguida, a dupla foi encaminhada à Central de Triagem, no Bairro Estreito.
 
Jovem é degolada dentro de escola
Uma jovem foi encontrada morta na tarde de segunda-feira, dentro de uma escola na zona Oeste do Rio de Janeiro. Mariana Gonçalves de Souza, 21 anos, foi achada degolada dentro do Centro Educacional Gonçalo Dorneles, em Campo Grande. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios. Segundo informações da polícia, o suspeito do assassinato, que fugiu após o crime, era porteiro de um condomínio vizinho ao centro educacional, que pertence à família de Mariana. Familiares contaram à polícia que o suspeito costumava assediar a jovem. De acordo com a polícia, o porteiro teria aproveitado para atacar a garota quando ela entrou na escola para receber o pai de um aluno. O suspeito mora nas imediações do centro educacional.
 
 
Detento que escapou na maior fuga registrada em SC é preso tentando arrombar casa na Capital
Mais um dos 78 detentos que fugiram da Central de Triagem do Complexo Prisional de Florianópolis, em fevereiro, foi recapturado na noite de terça-feira, quando tentava arrombar uma casa no bairro Cachoeira do Bom Jesus, no Norte da Ilha de Santa Catarina. Nei Gabriel Ferreira Herter, de 23 anos, estava com um pistola 380 ao ser preso pela Polícia Militar.
Os policiais também prenderam um comparsa do arrombador. No momento em que a guarnição chegou ao local, Nei encontrava-se dentro do imóvel e o companheiro dava cobertura na frente. Não havia ninguém na residência.
Ao perceber a aproximação dos policiais, o foragido tentou sair pelos fundos, mas foi detido na rua portando a pistola. Os dois foram encaminhados para Delegacia de Polícia.
 
A fuga em fevereiro
No dia 7 de fevereiro, 78 presos escaparam da Central de Triagem no Complexo Penitenciário de Florianópolis, no bairro Agronômica. Essa foi a maior fuga já registrada em Santa Catarina. O recorde anterior era de 48 presos. Após a fuga em massa, mais de 50 detentos foram recapturados.
 
BLOGS
 
Cláudio Prisco
 
 
Inovação
A criação da Comissão de Defesa Civil, na Assembleia, surgiu da necessidade de ações programadas e não apenas isoladas e circunstanciais, diante de manifestações climáticas, que castigam o Estado.
A iniciativa partiu do deputado Kennedy Nunes (PP), que acabou escolhido presidente, sustentando a importância de preparar agentes nas comunidades, com cursos especializados, que possam atender às emergências que surgirem em cada cidade.
Para Kennedy, a nova comissão será um instrumento capaz de agilizar recursos junto às esferas de governo.
 
 
MÍDIAS DO BRASIL
 
Veículo: Último Segundo
Editoria: Geral
Assunto: Mortes nas rodovias no carnaval
 
Chega a 189 o número de mortos nas rodovias no carnaval
Polícia Rodoviária federal registrou 3.563 acidentes nas estradas do País em cinco dias. Número de mortos supera 2010 e 2009
O último boletim divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), nesta quarta-feira, indica que 189 pessoas morreram nas estradas federais do País durante o feriado de carnaval. Em cinco dias, entre sexta-feira (4) e terça-feira (8), ocorreram 3.563 acidentes, que deixaram 2.150 pessoas feridas. A operação vai até o final desta quarta-feira de cinzas e o número aind apode aumentar.
Somente entre 0h e 23h59 de terça-feria, a PRF contabilizou 23 vítimas fatais nas rodovias. Apesar do alto número, este foi o dia menos violento desde o início do feriado. No sábado (5), o número de mortos chegou a 58. Na sexta-feira e na segunda-feira o saldo ficou igual, com 37.
O carnaval de 2011 já se mostra como mais violento que os anteriores. Em 2010, da meia-noite de sexta-feira até a meia-noite da quarta-feira de cinzas aconteceram 3.233 acidentes, com 143 mortes nos 66 mil quilômetros de estradas federais. Em 2009, foram computados 2.865 acidentes, 127 mortes e 1.784 feridos.
A PRF afirma que foram realizados ainda 28.646 testes de alcoolemia, sendo que 972 deram positivo para embriaguez. Pela última contagem, 145 pessoas foram presas pelos mais diversos crimes.
Entre as ocorrências de relevância, a PRF cita a apreensão de 935 kg de cocaína pura na BR 364, em Várzea Grande (MT). A droga foi encontrada no fundo falso de um caminhão Ford Cargo com
placas de Santa Catarina. O motorista de 52 anos, segundo a PRF, confessou que receberia R$ 10 mil pelo transporte do entorpecente até São Paulo.
 
____________________________________________________________________________
Veículo: Agência Estado
Editoria: Geral
Assunto: Polícia do Rio detém mais de 600 foliões
 
Polícia do Rio de Janeiro detém mais de 600 foliões
No Rio de Janeiro, 622 pessoas já foram encaminhadas à delegacia por agentes da Secretaria Especial da Ordem Pública (Seop) por urinar na rua até esta terça-feira, 8. A operação Choque de Ordem está sendo realizada desde as comemorações pré-carnaval na cidade.
O secretário de Ordem Pública, Alex Costa, afirmou: “Não vamos dar trégua ao xixi na rua durante os desfiles de blocos de rua que seguem até o domingo. É inaceitável a complacência com aqueles que praticam um ato tão desrespeitoso à cidade e ao cidadão, um verdadeiro desserviço ao Rio”.
As fiscalizações também apreendem veículos em estacionamento irregular nos locais onde acontecem desfile dos blocos de rua, além de produtos vendidos por ambulantes não autorizados.
 
Lixo
Após a segunda noite de desfiles das Escolas de Samba do Grupo Especial, na Marquês de Sapucaí, foram recolhidas 52,8 toneladas de lixo apenas da área interna do Sambódromo durante a manhã desta terça-feira. Catadores cooperativados coletaram ainda 21 toneladas de lixo reciclável.