Área do associado

Área do associado

Blog do Moacir Pereira publica o relato do Presidente da ACORS sobre a situação salarial dos militares.

11.11.2011
Policiais Militares são à luta por melhores salários
11 de novembro de 2011
A Associação dos Oficiais Miltares Estaduais está, também, decepcionada com o encaminhamento das negociações salariais pelo governo do Estado. Seu presidente, coronel Fred Harry Schauffert, envia relato sobre a situação e anuncia a disposição dos militares de iniciarem uma nova luta por melhoria salarial.
Confirma sua manifestação:
“Prezado Jornalista MOACIR PEREIRA,
Na condição de Presidente da Associação dos Oficiais Militares Estaduais da Polícia e do Corpo de Bombeiros Militar (ACORS), gostaria de informá-lo acerca de algumas ações que estamos tomando, em razão da discriminação que estamos sofrendo nos últimos dias com relação às negociações salariais das categorias da Segurança Pública.
Estamos encetando uma campanha de distribuição de outdoors, primeiramente na Capital do Estado e posteriormente espalharemos pelos mais distantes rincões do território Barriga-verde.
Iniciamos também reuniões conjuntas entre as diretorias da ACORS e da Associação dos Praças de Santa Catarina (APRASC), objetivando o fortalecimento da categoria dos Praças e Oficiais, lutando por interesses comuns, a começar pelo salário. Na atualidade, o salário de um Soldado é vergonhoso e famélico. Jamais o Estado prestará uma Segurança Pública de qualidade com um salário de miséria. No dia 14 nov 11, 2ª feira pela manhã, às 09:00h, na Sede da ACORS, sito à rua Lauro Linhares, n° 1250, Trindade, realizaremos a segunda reunião entre as diretorias das duas associações classistas, visando traçar estratégias para reparar a discriminação que estamos sofrendo.
Registro que solicitamos uma audiência com o Vice-Governador mas não recebemos sinal de positivo. Esta desfeita nos ofende profundamente e nos leva a buscar outras saídas menos ortodoxas para tratar da delicada questão. Na atualidade, tanto os Oficiais quanto os Praças das Corporações Militares Estaduais estão desmotivados, o que na prática repercute profundamente na proteção do cidadão. Você só pode proteger, se estiver motivado.
Outro aspecto que nos surpreende é que em audiência com o Governador do Estado, este nos afirmou que iria montar um grupo de trabalho para estudar as questões salariais dos Funcionários Públicos Civis e dos Militares Estaduais. Registrou ainda, que as associações seriam chamadas a colaborar no processo, o que até hoje não ocorreu.
Misteriosamente, o Vice-Governador é designado para gerenciar o processo de aumento salarial da Polícia Civil em detrimento dos Militares Estaduais (PM e BM), que fazem parte do mesmo sistema de Segurança Pública.
As primeiras medidas que estamos tomando estão elencadas acima e no decorrer do período, deliberaremos sobre outras posturas necessárias para reparar esta desconsideração com os Policiais e Bombeiros Militares Barrigas-Verdes.
Meu prezado jornalista, depois de 32 anos de efetivo serviço, atuando na atividade operacional, tendo chegado por mérito, ao último posto da Corporação, só nos resta arregaçar as mangas e lutar com denodo pelo bem estar da classe dos Militares Estaduais. Oficiais e Praças, unidos seremos muito mais fortes.
Respeitosamente,
FRED HARRY SCHAUFFERT-Cel PM Presidente da ACORS.”
 
Fonte: http://wp.clicrbs.com.br/moacirpereira/?topo=67,2,18,,,67