Área do associado

Área do associado

ACORS, ABVO e APRASC avaliam aprovação dos projetos de leis

16.12.2011

A ACORS, ABVO e APRASC, entidades que representam os militares praças e oficiais catarinenses, reuniram-se na manhã desta sexta-feira (16) para avaliar a aprovação dos projetos de leis com textos de interesse da categoria.  As PLC 48, PLC 52 E PLC 51 foram aprovadas por unanimidade em sessão da Assembleia Legislativa na última quarta-feira, dia 14. 



 Durante as tratativas com o governo, as associações atuaram juntas, somando esforços para lutar por melhores condições para a classe dos militares estaduais.  Embora considerem que foi uma importante vitória e um ano positivo, os integrantes das diretorias entenderam o esforço dispendido pelo Governo no afã de atender a todos, servidores públicos civis e militares estaduais PM e BM, ativos e inativos.

“De qualquer forma, ficou patente a discriminação existente entre as diversas categorias da Segurança Pública, o que nos desagradou sobremaneira. Na reunião ficou acertado que continuaremos em vigília buscando a igualdade entre os vários segmentos dos operadores da Segurança Pública”, afirmou o presidente da ACORS, Cel Fred Harry Schauffert.

A importância da união entre as associações foi destacada pelos presentes. O meu desejo é de que nós possamos dar continuidade, de forma conjunta, a novos rumos e encaminhamentos em 2012”, completou o Coronel.



O presidente da ABVO, Cel Rogério Martins, ressaltou o papel atuante da ACORS e a força que a parceria entre as entidades representou. “Tudo isso mantém a corporação ainda mais unida, o que facilita na busca pelos nossos objetivos de construir um futuro ainda melhor para todos nós”, declarou. 



Para o presidente da APRASC, Deputado Sargento Amauri Soares, o momento vivido é importante e que há motivos para ser comemorado, principalmente em relação à aprovação da anistia.  Mas destacou que a situação poderia ser melhor e que a luta conjunta continuará em 2012.

 

Durante a reunião, todos os integrantes das diretorias tiveram a oportunidade de se manifestarem e agradeceram a colaboração mútua entre as associações, que esqueceram as diferenças para atuarem juntas na busca pelo fortalecimento da corporação.