Área do associado

Área do associado

NOTA PARA A IMPRENSA DIFUNDIDA PELA ASOFBM – ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS DA BRIGA MI

29.5.2006

NATA PARA A IMPRENSA DIFUNDIDA PELA ASOFBM – ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS DA BRIGA MILITAR DO RIO GRANDE DO SUL

 

Nota para Imprensa



 

        Prezado Associado

 

        Encaminho abaixo cópia da nota enviada a Imprensa, referente as ações de Pol Ost realizadas pela Polícia Civil.

 

       

         Altair de Freitas Cunha 

        Ten Cel- Pres   AsofBM 

        

 

 


    As Associações de Classe da Brigada Militar abaixo nominadas, vêm a público esclarecer à população gaúcha sua posição em relação as manifestações de alguns integrantes da polícia civil, que vêm exercitando constantes atividades regularmente atribuídas a Brigada Militar. Estas ações demonstram que o ciclo completo de polícia, com todas as corporações policiais desenvolvendo na plenitude as ações de prevenção, investigação e repressão ao crime, é a melhor estratégia de administração de segurança pública para desafogar o imenso números de procedimentos adormecidos nas delegacias de polícia do Estado (só na 17ª DP, são mais de 50 mil ocorrências sem solução) e diminuir a cifra obscura de delitos não registrados e não investigados, aumentando a celeridade policial e aplacando o elevado sentimento de desproteção estatal do cidadão vitimado, que não vê ação policial efetiva na descoberta e penalização do seu agressor.


    A ação ostensiva da polícia civil nas ruas é uma colaboração, embora ao atropelo do vigente modelo policial, que reforça a posição dos integrantes das Polícias Militares do Brasil pela adoção do ciclo completo de polícia, e sua decantada eficácia mostra e avaliza o acerto do encaminhamento da Proposta de Emenda Constitucional nº 181, em tramitação no  Congresso Nacional, que dá redação exatamente neste sentido. 


    Nos parece, no entanto, que para não gerar mais um ônus ao contribuinte gaúcho, que pode estar pagando a superposição de meios, é obrigatório, imediatamente, uma ação de planejamento de ações, para que não se desperdice os já tão precários recursos (materiais e humanos) das Corporações Policiais do RS.


    A Brigada Militar, com sua expertise em Policiamento Ostensivo, poderia planejar o emprego simbiótico das Intituições, para potencializar o serviço e auxiliar na melhor proteção aos gaúchos.


 

    AsofBM – Associação dos Oficiais da Brigada Militar