Área do associado

Área do associado

CARTA A ACORS DO CANDIDATO A GOV. JOSÉ FRITSCH

28.9.2006

 


Florianópolis, 26 de setembro de 2006



Exmo Sr. Presidente da Associação dos Militares de Santa Catarina- ACORS-


Tenente Coronel Marlon Jorge Teza


 


Recebi, em mãos, o ofício n° 058, sobre as reivindicações da Associação de Oficiais Militares de Santa Catarina. Considero que uma das questões mais urgentes do nosso estado é a segurança pública, seja com o aparelhamento e o treinamento de nossos efetivos, seja com a valorização profissional. Segurança é questão de honra. Segurança não deve ser tema apenas de discursos, mas de ação e projeto. Mais que um compromisso, a segurança é uma questão que deve ser tratada com respeito, pois ela preza o que temos de mais sagrado, a própria vida.


            Depois de analisar detidamente os pleitos referidos, venho através deste oficio expor as seguintes considerações sobre os pontos elencados por vossa entidade no quesito Ações de caráter institucional:


 


Concordo plenamente com os itens 1.2, 1.3, 1.4, 1.5, 1.6, 1.8 e 2.2, os quais prontamente comprometo-me em incluí-los no meu Plano de Governo, e implementar na gestão do Governo do Estado a partir de 2007.


 


– Quanto aos itens 1.1, 1.7, 2.1 e 2.3, quero ter a vossa anuência para analisá-los um a um, dentro de viabilidade econômica e política do nosso estado, tão logo assumamos o comando do Governo. Pois quero ter um amplo diagnóstico de Santa Catarina a fim de poder posicionar-me sobre os referidos pontos.


 


– Quero também assumir aqui mais três compromissos. O primeiro e garantir esteja nas mãos do Corpo de Bombeiros a coordenação da Defesa Civil, unificando as ações destas entidades. E também quero implantar o seguro de vida para todos os policiais, a fim de que essa importante categoria tenha mais um apoio e segurança para trabalhar, já que coloca diariamente a propria vida em risco. E igualmente vou garantir recursos para investir na recuperação do Hospital da Polícia, tão importante para a saúde dos nossos policiais.


            Estou também enviando a vossa senhoria, em anexo, o capítulo do meu Plano de Governo que trata das minhas propostas para a segurança pública.


            Por fim, coloco-me ao vosso inteiro dispor para que juntos possamos discutir a segurança pública, os problemas e as soluções. Com o apoio dos catarinenses e a vontade de Deus, eu tendo a alegria de ser governador do Estado de Santa Catarina, pode ter a certeza de que essa corporação, terá o meu apoio, o meu prestígio e o trabalho diário, porque uma segurança melhor, e a garantia de um estado melhor, de uma vida melhor.


 


 


                                   Cordialmente


 





                                               José Fritsch


                Candidato a Governador pela Coligação ?A Força do Povo?


 


 Anexo


 


7. Segurança para o cidadão e combate à violência


* Ampliar o número de policiais nas ruas para aumentar a segurança da população.


 


* Valorização profissional e implantação do seguro de vida para todos os policiais civis e militares.


 


* Ação articulada das inteligências da Polícia Federal, da Polícia Civil e da Polícia Militar no combate implacável ao crime organizado.


 


* Fortalecimento dos bombeiros militares, voluntários e comunitários.


 


* Centros educativos e profissionalizantes para a recuperação de jovens infratores; penitenciárias produtivas e reeducativas para autores de crimes comuns e prisão em regimes diferenciados em penitenciárias de segurança máxima para os criminosos do crime organizado.


 


* Ampliar e aperfeiçoar a rede de prevenção e atendimento às mulheres em situação de violência; promover campanhas e jornadas de combate à violência contra as mulheres.


 


* Implantar o programa Santa Catarina sem homofobia.


 


* Educação para responsabilidade no trânsito e melhoria em sinalização e controle do tráfego.


 


* Criar a Defensoria Pública.