Área do associado

Área do associado

Ministério da Justiça recebe diagnóstico da Polícia Civil

8.9.2005

Ministério da Justiça recebe diagnóstico da Polícia Civil


Brasília, 02/08/2005 (MJ) – O secretário Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça, Luiz Fernando Corrêa, recebeu hoje de policiais civis um diagnóstico da instituição em todo o País. No documento, são sugeridas mudanças, como a redução da carreira em três cargos: delegados, agentes e peritos.


Segundo o secretário, é preciso articular as polícias civis para gerar uma maior interação da instituição em todo o País. “O diagnóstico servirá de parâmetro e estímulo para apresentação de projetos estaduais de modernização das polícias civis”, afirmou o secretário Luiz Fernando Corrêa. “A idéia é priorizar a atividade investigativa e não o mero atendimento no balcão de registro de ocorrência”.


A análise foi feita após seis meses de discussões e encontros regionais entre um grupo de trabalho composto por policias civis do Distrito Federal, São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba e representantes da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).


O grupo de trabalho propõe também a criação do cargo de agente administrativo para apoiar as investigações, liberando os policiais para a execução de suas funções típicas, e a criação de delegacias distritais no policiamento comunitário. “A repressão tem seu papel, mas isoladamente não resolve o problema. Aproximar as instituições policiais da sociedade é uma importante estratégia de prevenção”, avaliou Luiz Fernando Corrêa.